Partilhar

Como saber se tenho uma hérnia inguinal

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como saber se tenho uma hérnia inguinal
Imagem: uofmhealth.org

Quando aparecem buracos na parede do abdômen, o intestino delgado pode passar através deles e entrar no canal inguinal, dando lugar a uma hérnia na parte da virilha. As hérnias inguinais constituem uma das patologias mais frequentes que existem, e identificá-la o quanto antes é imprescindível para evitar que aconteça uma obstrução do fluxo sanguíneo ou infarto da parte afetada. Por isso, neste artigo de umComo queremos explicar como saber se tem uma hérnia inguinal, mostrando a você os sintomas que apresenta.

Também lhe pode interessar: Como prevenir uma hérnia inguinal
Passos a seguir:
1

Pela anatomia da área inguinal, este tipo de hérnias são mais frequentes em homens do que em mulheres. Além disso, não aparece só em adultos: de fato, 1 a cada 100 crianças sofrem de hérnia inguinal, principalmente se apresentam problemas como a fibrose cística ou outras alterações nos testículos, como hidrocele.

Como saber se tenho uma hérnia inguinal - Passo 1
Imagem: static.amarillasinternet.com
2

Podemos diferenciar dois tipos de hérnia inguinal, a indireta e a direta. Apesar de ambas as duas serem produzidas pela debilidade da parede abdominal, apresentam características diferentes:

  • Hérnia inguinal direta. É aquela que se desenvolve pela passagem do intestino delgado através de um buraco criado na parede abdominal. O mais comum é que tal orifício tenha origem na parte da virilha.
  • Hérnia inguinal indireta. Nos homens, os vasos sanguíneos dos testículos e o conduto seminal passam através de um pequeno orifício interno no canal inguinal. Quando este orifício é maior do que o normal, as vísceras abdominais podem passar para a parte da virilha ou, inclusive, para o escroto, produzindo a hérnia. Este tipo é o mais frequente entre os casos infantis.
3

O sintoma mais evidente que a hérnia inguinal apresenta é o aparecimento de um vulto na parte da virilha. Nos casos de hérnia indireta, onde as vísceras abdominais se introduzem no escroto, o vulto aparecerá nesta área. Quando realizamos esforços na parte abdominal, como tossir, o vulto aumenta de tamanho. A posição onde mais notaremos isso é de pé, pois se não for muito grande pode desaparecer quando estamos deitados.

4

É possível que a pessoa que sofre de hérnia inguinal sinta uma dor leve na parte da virilha. Tal dor não costuma ser constante e sim intermitente. Além disso, com a ingestão de analgésicos suaves e pressão na parte dolorida, a dor pode desaparecer. Quando a dor é muito intensa e constante, é provável que exista alguma complicação e é preciso ir ao médico o quanto antes.

5

Em alguns casos, outro sintoma frequente é a prisão de ventre. Acontece quando a dor é mais prolongada e intensa, já que o ato de defecar aumenta a pressão abdominal, fazendo com que os pacientes evitem ir ao banheiro.

6

Caso apareçam outros sintomas de caráter mais grave, como febre, aumento considerável do vulto ou endurecimento e dor insuportável, é imprescindível ir a um especialista imediatamente. Em muitos casos, as hérnias inguinais apresentam complicações que devem ser tratadas logo.

7

Quando o vulto da virilha é fixo, não desaparece ao deitar nem se mexe ao apalpar, e é acompanhado por uma dor intensa, costuma ser sintoma de uma das complicações mais frequentes da hérnia inguinal: a hérnia encarcerada. Nestes casos, é importante operar a hérnia para evitar um problema pior. Se não for tratada, o fluxo sanguíneo deteriora-se até ficar totalmente interrompido, impedindo que o sangue circule e se produza a hérnia estrangulada. Aqui a dor é bem mais forte e a cirurgia é mais urgente ainda, já que pode derivar em um infarto do local.

8

É importante ir ao médico assim que notar os primeiros sintomas, para ser examinado e iniciar o tratamento o quanto antes. A melhor forma de eliminar a hérnia é através de cirurgia.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como saber se tenho uma hérnia inguinal, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre Como saber se tenho uma hérnia inguinal

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
isac adelino juente
eu tive uma deminuiçao do tamanho do testiculo esquerdo primeiro e em seguida tambem o testiculo do direito e penis foi redusindo de tanho e anos seguintes passei a sentir dores em umas dores e enflamaçao em uma das veas do testiculo esquerdo...sera que isso pode ser uma hérnia???

Como saber se tenho uma hérnia inguinal
Imagem: uofmhealth.org
Imagem: static.amarillasinternet.com
1 de 2
Como saber se tenho uma hérnia inguinal

Voltar ao topo da página