Partilhar
Partilhar em:

Como tratar mioma intramural

Passo a Passo
 
Como tratar mioma intramural

O mioma intramural consiste em um tumor muscular benigno, situado na parede interna do útero. Ele é bastante comum entre mulheres que tenham de 30 a 50 anos de idade. Embora possam ser usados remédios no tratamento, são grandes as chances do problema voltar. Portanto, para saber como tratar mioma intramural de maneiras mais eficientes, confira as informações reunidas sobre o assunto pelo umComo.com.br.

Também lhe pode interessar: Quais são os sintomas de um mioma uterino
Instruções:
1

O mioma intramural também recebe os nomes de fibroma, leiomioma e fibromioma, sendo que a sua origem se dá a partir de uma célula muscular do útero que aumenta de tamanho de forma desproporcional. Por conta disso, é possível encontrar miomas de diferentes tamanhos. Entre os seus principais sintomas estão dor no abdômen e aumento do seu volume, maior fluxo menstrual e hemorragia.

2

No entanto, nem todas as pacientes passam pelos mesmos sintomas, uma vez que eles costumam se manifestar apenas quando o tamanho do mioma já está grande. Além de remédios, é possível tratar mioma intramural com embolização ou cirurgia. Já que o mioma pode voltar a aparecer depois que o tratamento medicamentoso terminar, dessa forma, em muitos casos, o médico recomenda os demais tratamentos.

3

No caso dos medicamentos, são usados hormônios, podendo ser eles injetáveis, orais ou administrados através de implante subcutâneo. Esse tratamento pode funcionar porque o mioma se alimenta de hormônios e, ao serem usados inibidores, a tendência é que o problema tenha a sua atividade reduzida, bem como o seu tamanho, o que é eficiente inclusive para amenizar os sintomas. Por outro lado, fazer uso de hormônios por muito tempo possui efeitos colaterais, como o desenvolvimento de câncer e outros problemas de saúde.

4

No caso do especialista optar pela cirurgia, ela pode ser realizada de três modos distintos. Um deles é a chamado embolização de mioma, uma técnica bastante moderna que não faz uso de cortes e, assim, não causa cicatrizes. O procedimento é considerado o mais eficiente, sendo que ele entope os vasos sanguíneos que irrigam os miomas, com cateteres bem finos. Desse modo, o mioma fica sem o seu suprimento, levando-o à morte. Para tanto, é preciso que a paciente passe por anestesia local. Em geral, ela fica internada apenas um dia e pode engravidar mesmo após o procedimento.

5

Outra forma de tratar o mioma é por meio da cirurgia de mioma ou miomectomia, que consiste em remover o mesmo. Portanto, o especialista deve fazer um corte na barriga ou usar a técnica de videolaparoscopia. Mesmo que o procedimento obtenha sucesso na retirada do mioma, em alguns casos, a mulher que passa pelo procedimento não pode mais engravidar. Além disso, há o risco de haver complicações, como lesões no intestino, na bexiga e no ureter.

6

Há também o procedimento chamado histerectomia, que consiste na remoção completa do útero. No entanto, nem sempre é o mais indicado, pois os demais tratamentos são melhores, pois com eles as mulheres não sofrem com as mudanças hormonais que podem acarretar a retirada do útero. Além disso, ao remover o órgão existe a impossibilidade de engravidar. Porém, no Brasil é um procedimento bastante comum, uma vez que é mais barato para o sistema público de saúde.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como tratar mioma intramural, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Comentários (0)

Escrever comentário sobre Como tratar mioma intramural

O que lhe pareceu o artigo?

Como tratar mioma intramural
1 de 2
Como tratar mioma intramural