Partilhar

Impetigo - Causas, Sintomas e Tratamentos

Por Nídia do Carmo. Atualizado: 16 janeiro 2017
Impetigo - Causas, Sintomas e Tratamentos

O Impetigo, também conhecido como impinge, é uma infecção de pele provocada por uma bactéria que afeta especialmente crianças entre os dois e os cinco anos. No entanto, também pode afetar pessoas adultas. É uma doença contagiosa favorecida pelas temperaturas quentes de verão e é caracterizada por lesões das camadas superficiais da pele que diferem de acordo com o tipo de impetigo: impetigo comum, impetigo bolhoso e ectima. Se gostaria de saber mais sobre essa doença, continue esse artigo do umComo e descubra o Impetigo - Causas, Sintomas e Tratamentos.

Causas

Bactérias

O Impetigo é uma infecção tópica provocada por um de dois tipos de bactérias, Staphylococcus aureus ou Streptococcus pyogenes. As bactérias vivem na pele sem, geralmente, causar qualquer tipo de dano. Contudo, um pequeno corte, uma ferida ou mesmo uma picada de inseto podem ser suficientes para que penetrem a pele e alcancem suas camadas internas, causando infecção. Qualquer lesão que quebre a barreira da pele favorece a entrada de bactérias para o organismo.

As duas bactérias do Impetigo são bactérias colonizadoras temporárias, podendo ser adquiridas por outras pessoas com contato direto. Podem também causar outras doenças como furúnculos, foliculite, celulite e erisipela. O contato com as bactérias também pode ocorrer através de toalhas, roupas e brinquedos, no caso das crianças.

Dessa forma, o contágio ocorre quando alguém entra em contato com feridas de alguém infetado ou quando existe contato direto com itens compartilhados.

Fatores de risco

  • As crianças entre os cinco anos de idade possuem uma predisposição maior para desenvolver impetigo.
  • O impetigo é facilmente propagado em ambientes infantis como escolas e outros locais lotados e fechados.
  • A transmissão da bactéria é facilitada em estações quentes e clima úmido.
  • Pessoas com diabetes, sistema imunológico debilitado ou idade avançada possuem mais chances de desenvolver impetigo.
Impetigo - Causas, Sintomas e Tratamentos - Causas

Tipos de Impetigo e sintomas

Impetigo comum

A forma mais comum de Impetigo é a mais simples. A doença provoca, inicialmente, pequenas pápulas vermelhas (idênticas a picadas de mosquito) que rapidamente se transformam em pústulas (feridas com pus). As pequenas pústulas rebentam e dão lugar a crostas cor de mel ou douradas. O processo dura cerca de uma semana, atacando particularmente a zona do rosto e do crânio, podendo também aparecer nos membros inferiores e superiores.

Podem surgir nódulos linfáticos dolorosos no pescoço, mas as lesões não costumam provocar dor. Podem, no entanto, causar coceira, o que favorece a disseminação da doença quando o doente coça as feridas. As crostas desaparecem com o tempo e não deixam cicatriz.

Impetigo bolhoso

O Impetigo bolhoso produz toxinas que favorecem o aparecimento de bolhas, uma vez que provoca o descolamento da camada superficial da pele. Afeta, principalmente, membros superiores e inferiores e surge no tronco e nas nádegas com maior frequência do que o impetigo comum. Não acomete, geralmente, o rosto ou o crânio.

A primeira lesão do impetigo bolhoso é semelhante à do impetigo comum, sendo que no segundo caso as pápulas evoluem para bolhas com líquido amarelado. A pele em redor das lesões tem comichão e vermelhidão. As bolhas não provocam dor e geralmente rompem sozinhas, deixando uma crosta de tom amarelo-avermelhado maiores e mais duradouras que as do impetigo comum. Pode provocar febre e outros sintomas de infecção como perda de apetite e mal estar. As lesões não deixam cicatrizes.

Ectima

Essa é a versão mais grave do Impetigo, afetando camadas mais profundas da pele. As lesões de impetigo evoluem para úlceras que podem ou não drenar pus. As úlceras evoluem para crostas amareladas grossas que saram de forma lenta, deixando cicatrizes. O ectima não costuma apresentar febre e afeta especialmente os membros inferiores.

Impetigo - Causas, Sintomas e Tratamentos - Tipos de Impetigo e sintomas

Tratamento

Por não ser uma infecção com grande gravidade, o Impetigo pode curar sozinho. No entanto, um tratamento com antibióticos é recomendado para reduzir as probabilidades de contaminação de mais pessoas, acelerar a cura das feridas e reduzir o risco de complicações associadas.

Quando as lesões são pequenas e discretas, uma boa higiene e antibióticos tópicos podem ser suficientes. No caso de lesões grandes e amplamente disseminadas, ectima ou impetigo bolhoso, o médico pode recomendar um tratamento com antibióticos de via oral.

Em qualquer um dos casos, a consulta médica é indispensável assim que surjam os primeiros sintomas de Impetigo. Só ele pode recomendar o tratamento adequado para o seu caso.

Dica: Acesse esse artigo para conhecer alguns remédios caseiros para impetigo.

Prevenção

Para prevenir a propagação da infecção, é essencial tomar algumas medidas. Se está infetado ou está em contato com alguém infectado, garanta que segue os seguintes passos:

  • Sempre use uma esponja e uma toalha limpa. Se necessário, troque-as diariamente. Isso vai impedir a propagação das lesões.
  • Não partilhe roupas, lâminas, toalhas ou qualquer produto de uso pessoal com outras pessoas.
  • Lave as mãos sempre que possível, especialmente depois de tocar a área infectada.
  • Mantenha a pele limpa para evitar a disseminação e contágio da infecção. Cortes e escoriações devem ser bem limpos com água limpa e sabão.
Impetigo - Causas, Sintomas e Tratamentos - Prevenção

Outros artigos

Agora que já sabe tudo sobre Impetigo - Causas, Sintomas e Tratamentos, dê uma olhada nesses artigos e fique informado sobre outros problemas de pele importantes:

Como saber se uma pinta é benigna

Erisipela tratamento caseiro

O que é o bicho geográfico

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Impetigo - Causas, Sintomas e Tratamentos, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre Impetigo - Causas, Sintomas e Tratamentos

O que lhe pareceu o artigo?

Impetigo - Causas, Sintomas e Tratamentos
1 de 4
Impetigo - Causas, Sintomas e Tratamentos

Voltar ao topo da página