Partilhar

O que é a celulite infecciosa

Por Vanessa Lopes. Atualizado: 20 janeiro 2017
O que é a celulite infecciosa
Imagem: naturalwaystoremovecellulite.blog.com

Deseja saber o que é a celulite infecciosa? Em umComo vamos lhe explicar tudo o que precisa saber. A celulite infecciosa ou celulite bacteriana não é a celulite na forma comum que conhecemos, que forma irregularidades na camada superficial da pele, conhecida como pele casca de laranja. Este tipo de celulite é uma doença causada por bactérias, sendo as mais comuns Staphylococcus aureus e Streptococcus phyogenes (grupos A, B, C e G). Estas bactérias entram no organismo através de espinhas, feridas, unhas encravadas, cortes ou queimaduras.

Causas

Tal como já foi mencionado, as bactérias podem entrar no organismo através de uma ferida, queimadura, espinhas, feridas, unhas encravadas ou picadas de insectos. Em casos de doenças de pele como a dermatite, a bactéria também pode entrar no organismo causando celulite infecciosa. Fatores como poliomielite, alterações, vasculares, câncer, linfedema, infecção nos ossos, diabetes, quimioterapia também podem aumentar a ocorrência de celulite infecciosa.

Sintomas

A celulite infecciosa pode ocorrer em ambos os sexos, sendo mais frequente nas pernas, apesar de também poder ocorrer no rosto. A celulite bacteriana não é contagiosa e apresenta os seguintes sintomas:

  • Vermelhidão na zona afetada;
  • Inchaço na zona afetada;
  • Dor local;
  • Febre;
  • Calafrios;
  • Mal estar;
  • Enjoos e vômitos;
  • Inflamação das ínguas próximas da área afetada.

Tratamento

O tratamento da celulite infecciosa é feito à base de antibióticos, que variam consoante o agente causador. Para a celulite infecciosa causada pela bactéria estafilococos, utiliza-se normalmente dicloxacilina, podendo também ser utilizada nafcilina ou oxacilina, em casos mais graves. Nos casos em que a celulite infecciosa é causada pela bactéria do tipo estreptococos, é comum utilizar-se penicilina por via oral ou endovenosa, em casos mais graves. Caso o paciente seja alérgico à penicilina, recomenda-se o uso de eritromicina (para os casos menos graves) e clindamicina (para os casos mais graves).

A celulite infecciosa pode causar complicações como a septicemia, que se trata de uma infecção generalizada no organismo. Para além disso, se não houver uma intervenção médica rápida, a celulite infecciosa pode se alastrar e atingir a corrente sanguínea, afetando tecidos em outras regiões do corpo, podendo levar até à morte.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que é a celulite infecciosa, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Conselhos
  • Para evitar a celulite infecciosa, o melhor é desinfetar sempre os ferimentos com água e sabão ou água oxigenada volume 10, sempre que se machucar. Se preferir, pode também aplicar uma pomada antibacteriana, que ajuda a evitar a penetração de bactérias.

Escrever comentário sobre O que é a celulite infecciosa

O que lhe pareceu o artigo?

O que é a celulite infecciosa
Imagem: naturalwaystoremovecellulite.blog.com
O que é a celulite infecciosa

Voltar ao topo da página