menu
Partilhar

Seroquel - Indicações, uso e efeitos

Por Vanessa Lopes. Atualizado: 16 janeiro 2017
Seroquel - Indicações, uso e efeitos
Imagem: agapem.org.br

Seroquel pertence a um grupo de medicamentos chamados de antipsicóticos. A sua substância ativa é a quetiapina, que atua com receptores de neurotransmissores, bloqueando os receptores de serotonina dopamina. Seroquel, em forma de comprimido, pode ser utilizado para tratar doenças psicológicas, como esquizofrenia e transtorno bipolar. Em umComo vamos lhe explicar tudo o que precisa saber sobre o Seroquel, indicações, posologia, efeitos colaterais e outras informações.

Também lhe pode interessar: Lexapro - Indicações, uso e efeitos

Indicações

Seroquel é indicado para tratar várias doenças psicológicas, como a esquizofrenia. Além disso, este medicamento pode ser utilizado como complemento no tratamento de episódios de depressão ou de mania associados ao transtorno bipolar.

Posologia

Apenas o seu médico sabe qual a dose ideal para o tratamento da sua condição, por isso deve seguir sempre as suas orientações. Para o tratamento da esquizofrenia, a dose inicial recomendada é de 50 mg duas vezes ao dia. Nos primeiros quatro dias do tratamento, esta dose deve ser aumentada, tomando no segundo dia 100 mg, 200 mg no terceiro e 300 mg no quarto. A partir daqui, a dose de Seroquel deve ser adaptada consoante a resposta e tolerabilidade do paciente até um máximo de 450 mg/dia.

Para episódios de mania, o tratamento deve se iniciar com uma dose de 100 mg no primeiro dia, aumentando 100 mg em cada dia nos próximos 4 dias. A partir do 4º dia, a dose pode ser aumentada até um máximo de 800 mg por dia, dependendo da resposta e tolerabilidade do paciente.

Em episódios de depressão, a dose inicial recomendada é de 50 mg/dia, aumentando para 100 mg no 2º dia, 200 mg no 3º dia e 300 mg no 4º dia. Após o 4º dia, a dose de Seroquel pode ser aumentada até um máximo de 600 mg, consoante a resposta e tolerância do paciente. Para o tratamento de episódios de depressão, Seroquel deve ser administrado em dose única diária à noite.

Os comprimidos devem ser tomados com água e com ou sem alimentos.

Seroquel - Indicações, uso e efeitos - Posologia
Imagem: qualityseroquel.com

Efeitos colaterais

Como todos os medicamentos, o Seroquel também pode causar efeitos secundários. Entre os mais frequentes podemos encontrar: tonturas, dor de cabeça, boca seca, sonolência, insônia, náuseas, vômitos, diarreia, aumento de peso, tremor, rigidez muscular, sensação de irritabilidade, taquicardia, distúrbios de visão e batimento cardíaco rápido.

Na presença de algum destes sintomas, informe o seu médico.

Contra-indicações

Você não deve tomar este medicamento se tiver hipersensibilidade à quetiapina ou a qualquer outro componente da fórmula do Seroquel. Se estiver tomando medicamentos para o VIH ou medicamentos para infecções fúngicas, do tipo azol ou eritromicina, claritromicina ou nefazodona, também não deve tomar Seroquel.

Se planeja engravidar, está grávida ou em período de amamentação, não tome Seroquel sem antes consultar o seu médico.

Antes de tomar Seroquel, informe o seu médico se sofre de pressão arterial baixa, tem problemas cardíacos ou existem casos na sua família, tem diabetes, se já teve convulsões, se é idoso com demência, tem problemas no fígado ou se já sofreu de um acidente vascular cerebral.

 

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Seroquel - Indicações, uso e efeitos, recomendamos que entre na nossa categoria de Medicamentos e Suplementos.

Conselhos
  • Lembre-se que, deve seguir sempre as indicações do seu médico no que diz respeito a doses, horários e duração do tratamento com Seroquel.
  • Se tomar Seroquel mais do que deveria, dirija-se de imediato às urgências médicas e informe a quantidade tomada. Nestes casos poderá sentir sonolência, tonturas e batimento cardíaco anormal.
  • Caso se esqueça de tomar uma dose de Seroquel, deve tomá-la assim que se lembrar. No entanto, se estiver próximo do horário da próxima dose, aguarde e tome no horário normal. Nunca deve tomar uma dose a dobrar para compensar uma dose perdida.
  • Como os comprimidos podem causar um efeito de sonolência, não deve dirigir automóveis ou operar máquinas, sem antes saber o efeito do Seroquel em si.
  • Não pratique automedicação. Consulte sempre o seu médico antes de tomar qualquer medicamento.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Seroquel - Indicações, uso e efeitos
Imagem: agapem.org.br
Imagem: qualityseroquel.com
1 de 2
Seroquel - Indicações, uso e efeitos

Voltar ao topo da página