Partilhar

Ardência após relação - o que pode ser

Ardência após relação - o que pode ser

Sentir ardência ou coceira na pele é algo bem comum, entretanto, quando os sintomas chegam em áreas genitais costumam causar bastante preocupação por serem relacionados com doenças sexualmente transmissíveis. Apesar do estigma, existem diversos motivos que podem causar ardência genital após relação sexual, até mesmo a alergia ao látex da camisinha utilizada e o atrito da pele pode ser motivo do surgimento do sintoma, sendo assim, não se preocupe de imediato e, caso esteja com o sintoma, discorremos nesse artigo do umCOMO o que pode ser ardência após relação.

Ardência após relação na mulher

Vulvodínia

A ardência durante e depois da relação na região vaginal pode ser causada pela vulvodínia, condição crônica caracterizada pela hipersensibilidade da vulva. O incômodo vaginal causada pela doença pode ser sentido a qualquer momento mesmo sem grandes motivos e ser intensificado em momento de contato como durante a relação sexual ou durante o uso de roupas apertadas e de absorventes internos. A síndrome pode ser primária, quando se apresenta desde o início da vida sexual da mulher, ou secundária, quando é desenvolvida após.

A vulvodínia não tem causa específica, entretanto, pode ser causada por traumas psicológicos relacionados ao sexo, natural sensibilidade à dor ou pela frequente contaminação por doenças como a candidíase. O tratamento é realizado a partir da pesquisa em busca do gatilho causador da sensibilidade, a partir da descoberta o tratamento é feito com ajuda psicológica, da fisioterapia visando fortalecer os músculos vaginais e também com o uso de anestésicos que diminuam a sensibilidade da pele.[1]

Alterações hormonais

Sentir a vagina ardendo em caso de alterações hormonais é muito comum, além do sintoma citado é possível sentir calor e cólicas uterinas, ter perda ou ganho de peso, alteração na libido e falta de lubrificação vaginal. O mais comum é que se tenha alterações naturais como as causadas pela menopausa, entretanto, o uso de medicamentos, períodos de grande tensão e até mesmo a má alimentação podem interferir na produção hormonal do corpo feminino.

Candidíase e outras infecções

Os fungos do tipo Candida, que beiram 200 tipos, podem levar à infecções vaginais chamadas de candidíase por se adaptarem bem aos ambientes úmidos e quentes, o que explica também poderem infectar a cavidade oral.A candidíase é uma doença comum e é estimado que aproximadamente 75% das mulheres passarão por ao menos uma infecção em algum momento da vida.[2]

Os sintomas da candidíase são incômodo, coceira e ardência na vagina, além de um corrimento branco com aparência de nata de leite e odor desagradável. Em casos de ardência após relação na gravidez há grandes possibilidades de ser causada pela infecção, visto que no período de gestação o corpo da mulher fica mais disposto a adquirir patologias em razão da queda do sistema imunológico.

O tratamento da candidíase pode ser feito através do uso de pomadas aplicadas de forma intravaginal ou por meio de antibióticos específicos receitados por um profissional.

Leitura complementar: Posso fazer sexo com candidíase?

Alergia

As alergias tópicas, ou seja, aquelas que surgem quando entramos em contato com algum produto ao qual somos intolerantes, é bastante comum principalmente em regiões mais sensíveis das pele como as mucosas. No caso vaginal, é comum ter ardência na vagina após relação em casos de alergia ao látex da camisinha ou então a algum produto utilizado como o lubrificante.

Em casos mais abrangentes, que não envolvem apenas incômodo relacionado ao sexo, é possível que a ardência seja ocasionada por alergia ao produto de limpeza utilizado para lavar as roupas ou até mesmo pelo tecido da calcinha. Em caso de alergia é apenas necessário que se descubra a origem e que se pare de entrar em contato com o produto ao qual se é alérgico.

Sugestão: Como saber se sou alérgica ao sêmen

Ardência após relação no homem

Infecções

Assim como a mulher, o homem também é capaz de adquirir infecções genitais como candidíse, além disso, doenças sexualmente transmissíveis estão entre as causadoras da irritação de ardência peniana. As DTSs mais comuns são:

  • Clamídia: infecção inicialmente silenciosa que pode causar ardência ao urinar, corrimento peniano, dores e ardência ao realizar relações sexuais e dor abdominal;
  • Herpes genital: além da ardência peniana, a herpes tem como principal sintoma o surgimento de bolhas e feridas na genitália.

As infecções acabam gerando a balanite que, de forma geral, é causada por irritações comum e desaparece sem que se faça um tratamento[3], entretanto, como acabamos de observar, existem outras causas da inflamação. Caso seja observado algum outro sintoma sério como corrimento, feridas ou odor desagradável, é necessário que se consulte um médico urologista com urgência.

Balanite

A balanite é uma inflamação da glande causada por infecções fúngicas ou por má higienização peniana, ou seja, assim como a candidíase, doenças sexualmente transmissíveis, alergias etc podem causar a balanite, já que tratamos aqui de um sintoma e não de uma doença. Além da ardência, é normal também sentir coceira e apresentar vermelhidão na região do pênis em caso de inflamação, principalmente durante e após relações sexuais, visto ser esse um momento que proporciona a irritabilidade da pele.

Para tratar a balanite é necessário que se encontre a causa da inflamação, entretanto, é possível utilizar pomadas que aliviem o sintoma enquanto a causa ainda não for efetivamente tratada.

Sugestão: Posso fazer sexo com balanite?

Como aliviar ardência após relação

Como visto acima, a ardência genital pode ter diversas causas sérias que necessitam de tratamento médico, entretanto, nem sempre conseguimos correr a um profissional. Para aliviar a ardência nesse meio período, veja abaixo 2 remédios caseiros para tratar ardência após relação.

Como aliviar ardência após relação com bicarbonato de sódio

Ingredientes:

  • 1/4 litro de água potável;
  • 1 colher de bicarbonato de sódio;
  • X bolinhas de algodão (também é possível utilizar gaze).

Como aplicar:

  1. Misture a água com o bicarbonato em um recipiente limpo e molhe os algodões na mistura;
  2. Aplique suavemente o algodão embebido na região afetada quantas vezes achar necessário, apenas não retorne um algodão já utilizado na água limpa.

Remédio caseiro para ardência após relação com vinagre de maçã

Ingredientes:

  • 200mL de água potável;
  • 2 colheres de vinagre de maçã orgânico;
  • bolinhas de algodão (também é possível utilizar gaze).

Como aplicar:

  1. Misture a água com o vinagre em um recipiente limpo e molhe os algodões na mistura;
  2. Aplique suavemente o algodão embebido na região afetada quantas vezes achar necessário, apenas não retorne um algodão já utilizado na água limpa.

Leitura complementar: Por que sinto ardência quando transo?

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Ardência após relação - o que pode ser, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Referências
  1. http://files.bvs.br/upload/S/0100-7254/2015/v43n2/a4930.pdf
  2. http://www.scielo.br/pdf/jbpml/v43n5/a04v43n5.pdf
  3. http://www.spp.pt/UserFiles/file/Publicacoes_Curso_Verao_2012/Vulvovaginites_Balanites.pdf

Escrever comentário sobre Ardência após relação - o que pode ser

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Isabel Drumond
Ardência na relação pode ser gravidez?

Ardência após relação - o que pode ser
Ardência após relação - o que pode ser

Voltar ao topo da página