Partilhar

Coceira no bico da mama, o que pode ser?

Coceira no bico da mama, o que pode ser?

Existem zonas do nosso corpo que são mais delicadas do que outras, partes da nossa anatomia que possuem uma sensibilidade especial e que, perante qualquer alteração, apresentam sintomas que podem ser preocupantes. Os seios fazem parte dessas zonas sensíveis, especialmente os mamilos, onde é comum sentir coceira, ardência ou dor.

As causas da coceira nos mamilos são muitas, pelo que é difícil dar uma resposta concreta. Os motivos podem ir desde condições inofensivas até doenças graves. Para que você descubra o que está causando a sensação de coceira nessa zona, o umCOMO analisa todas as causas possíveis e respetivas soluções nesse artigo: Coceira no bico da mama, o que pode ser?

Também lhe pode interessar: Coceira na mama, o que pode ser?

Coceira no bico da mama por alergia

As alergias são uma das principais condições que provocam coceira no bico da mama. Elas podem surgir a partir de diferentes componentes e substâncias: quer sejam shampoos, cremes, loções ou qualquer produto químico aplicado na pele ou até mesmo certos tecidos que entram em contato com a derme.

Quando esses componentes tocam na pele, pode surgir coceira, ardência, vermelhidão e até mesmo irritação ou erupções. Habitualmente, os produtos que provocam esta alergia são os detergentes usados para lavar a roupa, os sabões do corpo, os desodorantes, os perfumes e as peças de roupa fabricadas com fibras sintéticas como os sutiãs, por exemplo.

Depois de os sintomas aparecerem, é essencial reconhecer o produto ou produtos que estão provocando essas reações. Elimine-os progressivamente da sua rotina até descobrir qual é o que está provocando a alergia e, assim que ele for identificado, substitua-o por outro menos agressivo para a sua pele.

Se, mesmo assim, você não consegue decifrar qual a causa exata do problema, consulte um médico alergologista ou um dermatologista para que ele faça todas as provas necessárias.

Coceira no bico da mama, o que pode ser? - Coceira no bico da mama por alergia

Coceira no bico do seio por doença cutânea

Várias condições diferentes podem provocar sintomas no bico das mamas. A verdade é que esta parte do corpo é mais sensível, com pele muito mais fina, fazendo com que qualquer alteração na derme provoque os primeiros sintomas nessa zona. Em seguida, explicamos quais são os principais problemas de pele que provocam coceira no bico da mama:

Pele pouco hidratada

Quando a pele resseca demasiado e sofre com falta de hidratação, tem tendência a provocar coceira, ardência e até irritação. Os seios e os mamilos não são exceção, se você sente a pele seca e gretada em algumas zonas do corpo como as pernas, é provável que essa seja a causa da coceira.

Felizmente, o tratamento para acabar com estes sintomas desagradáveis é muito simples, basta manter a pele umedecida usando cremes hidratantes depois de cada ducha. Para os mamilos, além de usar creme, você pode passar óleos naturais que favorecem a hidratação. O óleo de amêndoas, o óleo de argão e o azeite de oliva são excelentes alternativas naturais para manter a zona hidratada.

Não esqueça, no entanto, que a pele não se nutre apenas por fora. É necessário mantê-la hidratada para que a sua derme não sofra com a secura, bebendo cerca de 2 litros de água por dia.

Dermatite atópica

Outra das condições cutâneas que pode afetar os mamilos e provocar sintomas como coceira e ardência é a dermatite atópica, uma das doenças de pele mais comuns. Esta doença é crônica, ou seja, é para toda a vida, e os seus sintomas incluem coceira, manchas, aparecimento de erupções e prurido e até mesmo supuração. A estes sintomas, se somam outras manifestações como a secura, vermelhidão e inflamação da pele. Geralmente, não afeta os seios, mas é uma possibilidade - se você suspeita que sofre dessa condição, consulte um dermatologista para que ele recomende um tratamento específico.

Psoríase

A psoríase é outra das condições que pode provocar esses sintomas. Seguramente, se você sofre de psoríase, já conhece os sinais que a condição apresenta. Contudo, pode ser um surto novo e repentino, pelo que explicamos em que consiste.

A psoríase é uma doença do sistema imune que faz com que o próprio corpo ataque tecidos saudáveis. Normalmente, aparece alternadamente em surtos que provocam descamação e vermelhidão da pele, assim como prurido e secura.

No seguinte artigo, explicamos os diferentes tipos de psoríase com fotos.

Coceira no bico da mama, o que pode ser? - Coceira no bico do seio por doença cutânea

Ardência no bico da mama por mastite

É comum pensar que a mastite ocorre unicamente em mulheres em período de lactância. No entanto, também pode surgir por outros motivos em mulheres que nem sequer estão grávidas.

A mastite é uma infecção mamária que costuma afetar mulheres que estão amamentando, sendo provocada pela obstrução e inflamação dos condutos do leite, provocando dor, vermelhidão, inflamação e prurido nos seios e mamilos. Em alguns casos, pode até provocar fadiga e febre.

Esta condição é tratada com antibióticos, sendo necessário consultar o médico para que ele faça um diagnóstico preciso. Além disso, também se recomenda fazer suaves massagens nos seios para estimular o desbloqueio das vias mamárias obstruídas e, assim, aliviar os sintomas.

Coceira no bico do seio: gravidez e mudanças hormonais

As alterações hormonais que ocorrem no corpo da mulher podem ser uma das causas da coceira no bico da mama. Estas variações podem ser provocadas pela gestação, uma época de altos e baixos a nível hormonal.

Um dos primeiros sintomas da gravidez incluem prurido e sensibilidade nos mamilos e nos seios provocados por um aumento de sangue que chega a essa zona. Em alguns casos, podem até surgir erupções em torno do mamilo.

Contudo, não é apenas a gravidez que provoca este desequilíbrio hormonal: a menstruação, a adolescência, a menopausa e a ingestão de pílulas anticoncepcionais também podem provocar os sintomas indicados.

Coceira no bico da mama, o que pode ser? - Coceira no bico do seio: gravidez e mudanças hormonais

Doença de Paget no bico da mama

Até agora, apenas mencionamos as condições benignas, que certamente representam a maioria dos casos de coceira no bico do seio. Contudo, não podemos esquecer que a origem pode ser grave, como é o caso de alguns tipos de câncer de mama.

Câncer inflamatório de mama

Este tipo de câncer de mama provoca prurido no bico da mama, dor, inflamação e inchaço no seio provocados por uma acumulação de líquido linfático. O câncer inflamatório de mama evolui muito rápido, assim como os seus sintomas, sendo imprescindível consultar um médico de imediato quando existem mudanças nos seios. Tendo em conta que a detecção precoce é essencial no tratamento do câncer, uma visita rápida ao especialista pode ser vital.

Doença de Paget

Esta doença mamária também provoca coceira no bico da mama e na aréola e, normalmente, é acompanhada de um carcinoma. Evolui com sintomas como vermelhidão, descamação, ardência e, finalmente, secreções e aplanamento. É normal que, no início, os seus sintomas se confundam com os de outras doenças como a dermatite ou a psoríase, o que adia o tratamento. Isso é um erro, dado que o tratamento imediato é essencial.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Coceira no bico da mama, o que pode ser?, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Coceira no bico da mama, o que pode ser?

O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
A sua avaliação:
Alessandra
Gosto muito de ler sobre saúde
A sua avaliação:
Ana Paula
Existe alguma superstição sobre ter coçeira no bico da mama?

Coceira no bico da mama, o que pode ser?
1 de 4
Coceira no bico da mama, o que pode ser?

Voltar ao topo da página