Partilhar

Coceira na mama, o que pode ser?

 
Por Julia Latorre. Atualizado: 3 maio 2018
Coceira na mama, o que pode ser?

Quem é mulher em algum momento da vida vai sentir um incômodo nos seios por meio de uma coceira desagradável. Esse comichão pode ser coisa passageira, mas pode se estender por longos períodos, até 2 anos. A coceira no peito é um indicativo de que alguma coisa está acontecendo nessa região do seu corpo, pode ser uma mudança natural ou sinal de alguma complicação mais grave - existem diversas possibilidades e explicações. Para te ajudar, o umCOMO reuniu informações que ajudam a responder essas dúvidas que surgem sobre coceira na mama, o que pode ser?

Também lhe pode interessar: Coceira no bico da mama, o que pode ser?
Passos a seguir:
1

Se a coceira nas mamas se manifesta no período da puberdade, a primeira hipótese que deve ser considerada é o desenvolvimento dos seios, conhecidos como peito de brotamento. O corpo da garota passa por uma série de alterações hormonais nesse período junto com a expansão do tecido mamário e a pele se esticando, o que pode ocasionar a coceira. A coceira nos peitos eventual pela puberdade pode durar até 2 anos, enquanto o corpo se adapta às mudanças.

2

A coceira nos seios em decorrência de alergia é uma das causas mais comuns. A pele pode reagir a diferentes fatores, entre os mais comuns estão sabonetes, cremes e substâncias químicas presentes no detergente das roupas. Além de coceira nas mamas, a alergia pode resultar em erupções cutâneas e vermelhidão.

Quando sentir essa coceira, considere a possibilidade de alergia e faça testes com os produtos que você usa habitualmente. Em grande parte dos casos, suspender o uso dos produtos que causam a alergia e hidratar a região resolve.

Coceira na mama, o que pode ser? - Passo 2
3

Diferentes sintomas podem aparecer durante o período menstrual da mulher, entre eles, está na coceira nos peitos. Essa coceira no ciclo menstrual pode vir acompanhada de dor , sensibilidade e retenção de líquidos. Os sintomas podem aparecer até duas semanas antes de a menstruação descer e então desaparecem. Em casos de coceira insuportável, pode se tentar o uso de diuréticos e massagem com óleos de prímula, maca peruana ou sálvia, para aliviar a sensação de desconforto.

4

Mulheres grávidas também podem sofrer com coceira nas mamas. A partir da oitava semana os seios começam a aumentar para se preparar para a amamentação, de forma que o estiramento da pele e o aumento de irrigação de sangue na região pode ser percebido através de dores, coceiras e estrias. Nesse caso, os médicos que fazem o acompanhamento da gestante devem receitar o tratamento mais adequado. Uma alternativa caseira é aplicar compressas de infusão de calêndula.

5

O período de lactação é outro fator que pode causar coceira nos seios e geralmente é consequência da mastite, uma inflamação da glândula mamária que é comum no período de amamentação e pode resultar em coceira, além de febre e cansaço. O tratamento deve ser diagnosticado e acompanhado por um médico e geralmente utiliza antibióticos.

Coceira na mama, o que pode ser? - Passo 5
6

A falta de hidratação nos seios e o ressecamento da pele também podem resultar em coceira. Se essa for a causa do seu incômodo, é fácil resolver com algum creme hidratante, óleo vegetal ou manteiga de karité.

Coceira na mama, o que pode ser? - Passo 6
7

Já vimos que os hormônios podem ser um dos agentes causadores de coceira na mama, o que também se deve levar em conta são as pílulas anticoncepcionais. Quando a coceira nos seios é investigada, os efeitos desse tipo de medicamento também devem ser considerados.

8

A Doença de Paget, uma espécie rara de tumor de mama, tem como sintomas coceira, vermelhidão e dor nos peitos. Não identificar a Doença de Paget é algo que preocupa porque pode ser confundida com uma dermatite comum, não ser tratada no começo e ser descoberto tarde demais, quando já houve metástase. O diagnóstico deve ser precoce e as mulheres com mais de 35 anos devem estar mais atentas com essa possibilidade.

9

Outros tipos de câncer de mama também podem ter coceira na mama como um dos sintomas. Além da coceira, vale reparar se a pele dos seios apresenta um aspecto diferente (pode lembrar uma casca de laranja), secreções e nódulos. A qualquer suspeita, não sofra por antecipação e procure um médico, só ele pode te dar o diagnóstico.

Dica: Descubra também a resposta. Coceira no bico da mama, o que pode ser?

10

Não lavar o sutiã periodicamente pode fazer com que a peça suja, que costuma ser abafada, em contato com a transpiração e pele quente pode proporcionar o ambiente ideal para a proliferação de fungos e bactérias, causando infecções que resultam em coceira na mama. Portanto, lavar o sutiã da maneira correta é uma das maneiras de prevenir esse incômodo.

Veja também: Coceira no corpo, o que pode ser? - Causas mais prováveis

Coceira na mama, o que pode ser? - Passo 10

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Coceira na mama, o que pode ser?, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Coceira na mama, o que pode ser?

O que lhe pareceu o artigo?

Coceira na mama, o que pode ser?
1 de 5
Coceira na mama, o que pode ser?

Voltar ao topo da página