menu
Partilhar

Como curar uma fissura retal - sem cirurgia

Como curar uma fissura retal - sem cirurgia

Depois de três meses, e quando estava quase a recorrer a um cirurgião, finalmente consegui um bom tratamento para a fissura anal que me apareceu por prisão de ventre, ao defecar umas fezes excessivamente duras. Durante este tempo tentei de tudo sem encontrar uma solução verdadeiramente eficaz. A visita ao WC era um verdadeiro calvário apesar de tomar muita fibra, frutas, verduras, etc... E as 6 ou 8 horas seguintes à defecação, era um sofrimento constante pelas contínuas picadas que sofria. Se defecava à noite, antes de ir dormir, já sabia que não ia dormir nada. Visitei vários médicos. Todos recomendavam o mesmo... Beber muita água, comer muita fruta e verdura, poucas gorduras e as clássicas pomadas, muitas delas com corticoide, que nada faziam. Este é o depoimento de uma pessoa que sofreu de uma fissura retal. Continue a ler este artigo de umComo e descubra como curar uma fissura no recto.

Também lhe pode interessar: Como tratar uma fissura anal
Passos a seguir:
1

A causa de que uma fissura retal não se cura com pomadas como a blastoestimulina, hemoal ou outras são os ácidos que as fezes contêm. Tem de se diluir ao máximo possível os ácidos e tratar de os eliminar antes de se aplicar algum creme, pelo contrário apenas se obterá dor e picadas. No seguinte passo começo a explicar-vos como.

2

Quando começar a vontade de defecar pegue na mangueira do chuveiro e desenrosque a parte da frente deixando apenas o extremo do tubo. Coloque este extremo no anus, sem chegar a introduzi-lo, junto apenas ao orifício. Este será o primeiro passo para curar a fissura retal.

3

Utilizando água morna com a pressão adequada (não muito forte mas também não muito fraca de maneira a que não entre água) deixe que a água morna durante uns segundos até notar que vai defecar em breve. Aguente um pouco assim e sente-se na sanita. A água costuma sair arrastando com ela as fezes. (Não irá sofrer dor, garanto-lhe, ou muito menos notará as picadas antes de o fazer assim). Repita a operação várias vezes até que a água saia mais ou menos limpa.

4

Não há nada a temer, não tem qualquer dano, uma vez que a água é algo natural e não provoca danos ou irritações desde que a pressão e a temperatura não sejam excessivas. Além disso, a água morna nos seus intestinos é bastante benéfica.

5

Depois de repetida a operação várias vezes (três vezes, pelo menos) e quando expulsou a maioria das fezes e a água sair quase limpa... então só aí é que põe a pomada que melhor resultou consigo.

6

Coloque o hemoal porque não contém corticoides mas sim um anestésico local chamado benzocaina e um anti-inflamatório chamado efedrina.

7

Antes de aplicar o hemoal, colocava na cânula deste um pouco de creme de aloe vera 100% puro comprado na farmácia. Usava este creme de aloe vera como lubrificante para que a cânula do hemoal se introduzi-se sem dor e ao mesmo tempo o aloe vera chegava à fissura e sentia uma melhoria considerável.

8

Uma vez aplicado um pouco de hemoal junto com o aloe vera retira-se a cânula. Quando o fazia antes sem utilizar o enema, a dor e o ardor duravam horas e horas. No entanto, se utilizar o enema no tubo, não há ardor ou dor desde a primeira aplicação. Desapareceram como por arte de magia!

9

Depois de fazer isto aproximadamente durante uma semana já defecará normalmente. Por isso, e sobretudo quando se sofre da doença, tem de cuidar da alimentação... vários litros de água ao dia, muita fruta, muita verdura e uma embalagem de Plantaben.

10

Se tem problemas de fissura retal, experimente isto. O que impede a fissura de curar são os ácidos que acompanham as fezes, e que uma vez diluídos com água morna já não têm o efeito tão prejudicial na dita fissura. Então utilizando os medicamentos adequados a fissura irá curar-se sem problemas.

Sugestão: Tratamento caseiro para plicoma anal

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como curar uma fissura retal - sem cirurgia, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
332 comentários
A sua avaliação:
Helayne Bezerra de sousa
estou com uma fissura de 28/12 gostaria de saber se posso fazer banho de assento e quantos messes para curar?????
]
nilse costa
gostaria que saber sobre este assunto plicoma anal e
fissura retal
Editor umComo.com.br
Oi Nilse! Confira mais informaç4ao sobre plicoma anal no seguinte artigo: https://saude.umcomo.com.br/artigo/tratamento-caseiro-para-plicoma-anal-28820.html
A sua avaliação:
Lúcia
Estou com uma fissura anal ha 1 mês. Já usei pomadas proctil, manipuladas diltiazem 2% e agora uso o
creme dermatológico Novacort , está melhor mas ainda sinto dores ao defecar. Logo após, tomo banho, lavo com sabonete neutro e aplico Novacort (cetoconazol 20mg dipropionato de betametasona 0,64mg , sulfato de neomicina 2,5mg e remédios para dores Toragecic 10mg, Alginac 1.000. Espero recuperar logo. Estou fazendo banho de acento com água mais para quente do que morna. Os remédios citado por últimos, estes, estou usando ha uma semana fiz a consulta dia ha 5 dias,e deverei retornar no prazo de 15 dias. Desde de já, agradeço pois isto afeta muito o estado nervoso!
André
Silvio Rogério estive acompanhando seu depoimento sobre a cirurgia porém não vi relatos sobre o pos operatório......ppderia me informar por favor creio que nao terei alternativa muito obrigado
A sua avaliação:
Marco Fernandes
Meu caso já faz mais de um mês que estou com essa bendita fissura anal e nada faz ela sarar, o jeito vai ser encarar a tal cirurgia e vamos ver no que vai dar.
Silvio Rogerio
Atualizando...Bom ontem 27/04/2018, exatamente 01 mês e 01 dia após minha primeira postagem aqui. Eu fiz a cirurgia da Fissura anal, no meu caso ele fez a Esfincteroctomia (nada mais é que retirar a fissura crônica e transforma-la em uma aguda) e junto a esse procedimento ele faz uma pequena incisão no esfíncter para diminuir a pressão e auxiliar na circulação de sangue no local. Ja adianto para que NÃO PERCAM TEMPO...Depois de 30 dias a fissura é considerada crônica e eu não demorei nem isso para ir ao mëdico pela 1a vez. Logo que descobri o diagnóstico de fissura, tentei o tratamento clínico por 2 semanas , com o uso de pomada manipulada, antibióticos e analgésicos fortíssimos (PACO E Tylex). Ja adianto que NADA disso adiantou, portanto, se ja estiver com 30 dias de fissura, ela ja virou crônica ai sua ÚNICA SOLUÇÃO É A CIRURGIA, caso contrário vc terá uma vida sofrida, cheia de dores, poderá ficar até deprimido. Hoje 28.04, é o meu primeiro dia após a cirurgia, o médico ja veio e retirou o curativo, estou estável sem maiores dores, apenas um leve incomodo normal decorrente da cirurgia na região anal. Estou apreensivo , pois esta chegando a hora de eu ir ao banheiro fazer a primeira evacuação após cirurgia e o médico ja me adiantou que irei ter incomodo. Ainda estou internado, fiz tudo particular. Custou cerca de R$ 7.000,00 , uma das coisas mais caras é a diária no hospital, cerca de R$ 2.300,00. Acredito que ficarei 2 dias no hospital mas nesse segundo dia de internação negociei apenas a diária normal (R$ 250,00 + medicamentos). Detalhes da Cirurgia: Anestesia Raqui, Tempo de cirurgia entre 30 a 45 minutos Fiquei tenso e nervoso antes da cirurgia, pois sempre tratei da minha saúde , ja estava ha mais de 10 anos sem ir a um hospital e sem tomar NENHUM MEDICAMENTO. Você não sente ABSOLUTAMENTE NADA. Logo após a cirurgia, devido a alta hidratação por soros, ir ao banheiro poderá ser um problema, pois sua bexiga muito cheia irá doer, e vc nao consegue comandar o reflexo da urina por conta da anestesia, pode ser que vc precise de uma sonda para alívio. Eu fiz o seguinte, alimentei-me e tomei sucos, com isso o efeito da anestesia foi passando e com umas 3 horas após a cirurgia consegui urinar sem necessitar de uma sonda mas muita gente precisa, é considerado normal. Como não queria mais sofrimento, dei meu jeito , mesmo ainda muito anestesiado, conseguir urinar. Depois voltarei com mais atualizações. Até mais.
Carlos
Silvio como você está se sentindo após a cirurgia?
Estou com este mesmo problema e certamente irei precisar fazer a cirurgia.
sandra filipe
ola boa tarde gostaria de saber como curar uma fissura retal o meu marido esta farto de sofrer ja nao sei o que fazer ja tem bue pomadas tem o daflon o laevolac e o agiolax e nada continua igual ta 3ou 4 dias sem fazer e depois quando vai e sangue e muita dor
Silvio Rogerio
Cara Sandra, aconselho vc ler os meus depoimentos, que fiz, unicamente, no intuído de informar e/ou guiar no caso dessa doença.
Silvio Rogerio
Sandra, vou lhe dar uma resposta mais direta, se a do seu marido ja tiver mais de 30 dias, já virou crônica, NAO PERCA TEMPO, a única solução é a cirurgia. Eu tentei , E MUITO, o tratamento clínico, e não foi por falta de tentativa e/ou recursos, a única coisa que consegui foi prolongar o sofrimento. Se quiser ter sua vida normal novamente, convença seu marido a fazer a cirurgia o mais breve possível. Acompanhe minhas postagens e verá minha saga.
Silvio Rogerio
ATUALIZANDO...Fiz o exame uma retosigmo....deu fissura anal cronica e um pouco de inflamação nas Hemorróidas. Amanha terça, levo o exame ao médico.
Silvio Rogerio
Bom galera., voltei da Retossigmoidoscopia as 11 da manha...aqui na minha cidade custou R$ 550,00. Durante o exame me deram 2 opções de sedação....Uma local...que ele da umas 3 picadas no local , acho que foi umas 3 ou uma sedação para vc dormir. Eu preferi a local...O exame é rápido mas não deixa de ser um incômodo, mesmo vc anestesiado, incomoda. Terminei como o seguinte diagnóstico. Além da fissura anal que está crônica ainda tenho as hemorróidas um pouco alteradas. Como hoje é quinta feira , véspera de feriado, não consegui marcar com o outro médico que me acompanha. Detalhe que a consulta do outro custa R$ 300,00. O médico que fez a Retossigmoidoscopia disse que a única solução é a operação no meu caso. Agora são quase 17 horas...e eu tomei os ultimos laxantes para esse exame as 6 da manha de hoje e até agora estou indo ao banheiro sentindo as cólicas do laxante. Pelo menos nao esta ardendo dando, sendo que só sai liquido. É galera, acho que dificilmente escapo dessa operação e enquanto isso , sigo com o martírio.
Silvio Rogerio
Continuando...Tomei o laxante para o exame de amanha as 3 da tarde...ja estava com vontade de ir ao banheiro quando tomei , porém , esperei um pouco para ver se fazia tudo junto com o efeito do laxante...as 7 da noite fui ao banheiro...Um verdadeiro Calvário...agora sao 1:30 da madrugada e mesmo sob efeito de analgésicos potentes (segundo o Médico esse é o mais potente, Paco) ainda ESTOU SENTINDO FORTE DORES...Amanha as 6 ainda tomo o resto dos medicamentos para o exame as 10 hs da manha.
Silvio Rogerio
Bom dia...estou desde ontem sem evacuar, quase 12 horas, é um martírio ir ao banheiro e saber que vou sofrer por 6 ou 8 horas mesmo com uso de analgésicos potentes (paco) e as vezes até injetáveis. Ontem voltei ao médico pela 3a vez em 3 semanas seguidas. Ontem eu conversei bem com ele e notei que ele foi meio sarcástico ao comentar sobre as dicas que alguns deram aqui. Ele disse que eu ja estava quase um "especialista" em fissura anal. Ainda temos que lidar com esses Egos, contudo, eu disse que pesquisava para tentar achar "ações paleativas" pq o desespero da dor é grande. Todavia, ele não recomendou essa dica de "enfiar a mangueira no anus" por conta de aumentar o corte ou contaminar a fissura. Enfim, ele marcou uma Retossigmoidoscopia Flexível...Detalhe importante esse FLEXÍVEL, pq a região ja esta muito dolorida e tem que ser essa flexível para o paciente sofrer menos. Esse exame será o último passo para decidir por uma cirurgia ou seguir com o tratamento clínico. Estou na 3 semana de tratamento clinico e não estou vendo melhoras. Ele ja examinou 3 vezes meu anus , olhando apenas , sem instrumentos. Amanha volto a atualizar depois do exame.
Silvio Rogerio
Estou sofrendo desse mal ha 3 semanas...contudo, na 1a semana começou como um incomodo na região anal, agravou-se na 2a semana...e na 3a semana piorou de vez. Não consigo nem me sentar direito. Na 2a semana o médico receitou medicação oral (paco e flancox) , pomada manipulada diltiazen 2% e mandou retirar o proctyl ou qualquer outro que fosse introduzido no anus. Ontem sofri menos ao defecar devido a dieta rica em proteinas, azeite de oliva e até mesmo óleo mineral, contudo, ainda assim houve sangramento e uma dor alucinante após evacuar que chega a durar 6 a 8 horas mesmo sob efeito de potentes analgésicos (oral e injetável). Hoje irei voltar ao médico, provavelmente para marcar o exame que examina o intestino e anus e descartar outras possibilidades. Desde a segunda semana o médico ja queria me operar , eu teimei em tentar o tratamento clínico, mas , para minha frustação, nao esta funcionando...piorei até. Chegamos em uma situação que queremos fazer qualquer coisa para se livrar da dor, li depoimentos aqui de pessoas que sofrem a anos com isso e eu sinceramente, acho que é uma vida de martírio suportar todo esse tempo essa dor. Logo após voltar ao medico , irei atualizar para ajudar a outros a se livrar disso. Obrigado.
A sua avaliação:
Silvio Rogerio
Bom dia, cheguei ate aqui pelo mesmo mal que aflige a todos...começou com um leve incomodo mas nas últimas 2 semanas piorou bastante. A hora de ir ao banheiro é um verdadeiro calvário. Estou tomando fibras (fiber norm), usando pomada manipulada no local (Diltiazem 2%), comprimidos (PACO e Flancox). Nessa ultima semana intensifiquei o tratamento, comendo aveia + mamao + oleo mineral + azeite de oliva para as fezes sairem mais moles, mesmo saindo mais pastosas SINTO UMA DOR TERRIVEL. Meu médico fez 2 exames nas últimas 2 semanas e ja constatou a fissura. A pomada Proctyl ele mandou suspender e NAO COLOCAR NADA DENTRO DO ANUS , tais como proctyl com aplicador e/ou supusitórios. Amanha devo retornar ao medico e certamente ele irá marcar o exame que vc olha o intestino e o anus. Agora mesmo estou sentindo muita dor ao escrever o texto...é horrível...Sinceramente é terrivel...ontem tomei uma colher de oleo mineral para as fezes sairem mais moles...sairam, contudo, sagrou e logo após a dor é terrivel...Sinceramente acho que vou ter que operar pq ja tem 2 semanas que intensifico o tratamento e não percebo melhoras. Vou ficar atualizando o tratamento para ajudar a outros...pq é uma dor terrível...terrivel...o meu médico ja queria me operar desde a primeira semana...ele disse que pouco adianta esses medicamentos clínicos quando chega nessa fase. Eu quis insistir pq sempre queremos e achamos que irá melhorar...mas essa fissura anal é uma coisa terrível...passa o tempo e no meu caso...a melhora nao vem. Bom por enquanto é so...coragem e se tiver que operar irei operar logo. Obrigado e até a próxima.
jaime
como tratar fissura anal ja feito exame medico e comprovado. ja usei proctyl pomada andolba com benzocaina+triclosana+mentol aerosol uso topico kollagenase 0,6 pomada associada a diltiazen2% gel retal uso externo. nao resolveu nada tem outro medicamento . fiz 2 cirurgia cardiaca 2 valvula mitral a ultima e metalica, tomo marevan nao posso usar qualquer anti-inframatorio. pode me indicar algum remedio. grato
A sua avaliação:
Thyerre
Estou sofrendo disso há 3 meses, consegui fazer aparecer 2 fissuras no ânus, já usei pomada controlada e não resolveu, usei um supositório por 15 dias, que sarou uma das fissuras, mas a que mais me incomoda permanece, é um incômodo e dor terríveis, estou usando um remédio para defecar mole, mas mesmo não cura, vou tentar esse método, espero em Jeová que funcione, não aguento mais isso, é um sofrimento muito grande.
Marcia
Thyerre. Como muitas fibras e pelo menos 2 litros de água por dia, e procuro manter o local lubrificado sempre, mesmo depois de ir ao banheiro , tomar banho passo o óleo mineral. custa 10,00 o vidro e pode ser comprado em qualquer farmácia. Isso me ajudou muito.
Diego
Olá pessoal, compartilho do mesmo sofrimento e sintomas que fizeram vcs chegarem até essa página. Eu já estava em desespero, passava o dia ancioso sem conseguir fzr nada só pensando na dor que me aguardava ao fim do dia quando eu fosse ao banheiro... A sensação era que estava saindo vidro. Estou com isso a quase 3 semanas, o que parece uma vida. Só consegui marcar consulta com proctologista pra próxima semana ainda.
Hj, fazia 5 dias que eu segurava as fezes aflito tentando adiar o inevitável.
Hoje pela manhã achei essa postagem e pensei, pq não? Assim que cheguei em casa, apliquei lidocaina pomada, bem aos poucos e com cuidado pq arde, mas adormece um pouco o local, assim que senti que perdeu a sensibilidade, fui encarar a tal "chuca", fiz conforme descrito acima, quando fui descarregar no vaso, gente.. NÃO DOEU!!! Vc sente um desconforto, fica tenso contraindo e esperando a dor, mas não, a água leva as fezes e vc vai repetindo o processo. Me arrependo de ficar 5 dias segurando, parece que pari um filho kkkkk Vamos levar a sério e tentar fzr todo dia usando esse método, que acredito sim que vamos melhorar! Ah, enquanto não chega a consulta com o procto, meu urologista indicou proctyl, não vi grandes resultados, mas alivia a dor. Bom é isso, nunca comento em nada, mas achei necessário validar a postagem pra que outros temerosos como eu melhorem e ganhe a sua vida de volta! Deposite em Deus sua fé!
Editor umComo.com.br
Oi Diego! Que bom que o artigo te ajudou. Rápidas melhoras, valeu pelo comentário!
Augusto
O problema começou após uma forte diarréia em decorrência do uso de antibióticos. durante 1 mês ainda resisti a possibilidade de ir ao médico,porém, chegou um dado momento não teve como, marquei e fui ao procto que visualizou uma fissura anal crônica. Nunca havia sentido tanta dor e desconforto em toda minha vida. O tratamento veio com a mudança alimentar pra ingestão de maior quantidade de fibras durante o dia e o uso da pomada manipulada Diltiazen a 2%. O tratamento não apresentou resultados satisfatórios durante uns 5 meses. Retornei por duas vezes ao médico e ele apenas indicou que continuasse o tratamento e assim prossegui. Durante esse período bastante a respeito e peguei umas dicas q foram importantíssimas no processo. A principal delas foi lavar a região antes, durante e depois de defecar, utilizando a mangueirinha do chuveiro com água morna, e sempre antes da aplicação da pomada. Pois as fezes ao sairem, "queimavam" a região por serem mais ácidas e impedia que a fissura cicatrizasse. Além disso, mudei a alimentação evitando alimentos ácidos e optando por alimentos alcalinos, o q fez com que as fezes viessem bem menos ácidas. Passei a ingerir meio mamão depois do almoço e depois da janta, assim as fezes vinham mais amolecidas. Não interrompi o uso da pomada. Juntando tais precauções e o uso do medicação, com a graça de Deus, me curei totalmente do problema. A fissura crônica está totalmente cicatrizada sem a necessidade de cirurgia. Agradeço muito a Deus e ao médico que acompanhou todo o processo. O problema pode parecer pequeno em tamanho, mas a dor é algo desproporcional, completamente sem noção! Aconselho todos a buscarem ajuda médica o quanto mais rápido possível e não fazerem como eu fiz, esperando mais de 1 mês e com isso, tornando o problema mais grave.
Ricardo
Olá Augusto. Também tive a fissura por causa de diarreia devido a uso de antibióticos. Me responda algumas perguntas, por favor: (a) Vc se curou com quanto tempo de uso da pomada e demais métodos ao total? (b) Por quanto tempo ou vezes teve efetivamente essa dor horrorosa? (c) Ainda sente algum desconforto ou algo de anormal na região? (d) sua fissura era externa ou interna? (e) Quais alimentos alcalinos vc consumiu para ajudar na cicatrização? Te faço essa perguntas pq, como já disse acima, tive uma fissura interna (pois não a visualizava) em fevereiro desse ano por causa de diarreia, sendo que senti essa dor forte apenas 3 vezes, mas de vez em quando ainda sinto um leve desconforto. No meu caso, usei pomadas como o diltiazen por 2 meses e dinitrato de isossorbida por 3 meses, que eu mesmo mandei manipular. Não fui ao médico, pois tive dor forte apenas 3 vezes, e acredito ter cicatrizado ou em estar processo de cicatrização... No aguardo das respostas! Obrigado!
Patricia
Olá Augusto, que interessante... comigo ocorreu o mesmo que vc. Sofri com fissura depois de uma diarréia por uso de antibióticos. Estou há 4 meses com dor. Resolvi operar pois tenho um plicoma de uns 10 anos atrás e assim já conserta tudo rs. Pra mim o que melhorou de um mes pra cá foi muita água e comer chicória. E qdo a dor aperta eu uso uma pomada Xyloprocty alivia muito a dor.
Valeria
Oi gente tenho 17 anos e tive um parto a 3 meses devido a fezes duras abril essa fisura mas só foi se o coco sair duro e sangra tbm n sinto dor pra senta nem nada to fazendo tratamento gostaria de saber se ela pode abrir com relação anal ? Mim ajudem
jair
Tambem agradeço ao autor deste artigo eu estava sofrendo desde o começo do ano e sempre tive essa porcaria ja são varias vezes que o danado racha mas desta vez,eu estava perdendo a vontade de viver...essa porcaria incomodava o dia inteiro uma dor terrivel ai resolvi pesquisar na internet e achei esse artigo que esta pessoa abençoada por Deus escreveu,e foi a minha salvação,nossa nem acredito e eu nem usei remedio ainda so fiz o processo com a agua e que maravilha estou livre da dor não sinto mais nada. Tinha um sangramento terrivel toda vez que defecava e agora apenas 4 dias depois a dor foi embora o sangramento não existe mais como num passe de magica...bom eu segui o processo da agua a risca como manda no artigo espero a vontade de evacuar chegar vou para o banheiro injeto agua morna coisa que é fácil pois o anus ja esta em processo de relachamento ou seja preparando se para evacuar então a agua entra com certa vacilidade..então voce tenta segurar um pouco ai da aquela vontade voce senta no vaso e é como uma descarga sai tudo rapidinho sem dor ou sangramento ai apos defecar é so usar a duchinha sem o chuveirinho da ponta é claro fazer o processo semelhante ao inicio para deixar bem limpo...é claro que vou comprar os remedios que são indicados aqui nesta materia e daqui para frente jamais vou deixar que isso aconteça se perceber que as vezes irão vir duras que é o que sempre acontece comigo...aguá morna nele
Nídia Figueira (Editor/a de umCOMO)
Oi Jair! Que bom que as dicas do artigo te ajudaram. Continue acompanhando nossas matérias e rápidas melhoras!
A sua avaliação:
Ricardo
Em primeiro lugar agradeço muito ao autor desse artigo, que me ajudou a curar e diminuir os incômodos dessa maldita fissura. Minha fissura começou em março de 2017, por sucessivas diarréias, pois estava tomando antibiótico para tratar uma infecção respiratória. Na primeira vez, senti que havia me machucado, talvez ao me limpar, sendo que após defecar fiquei com uma dor constante, não tinha jeito de me ajeitar na cadeira do meu trabalho. Depois disso tive outras três oportunidades que tiver fortes dores, sempre depois de evacuar, uma dor que latejava e estava muito forte. Foi então quando decidi fazer pesquisas, até pensando em ser hemorroidas. Minha fissura, na verdade, não era externa, mas sim interna. Não havia nada por fora. Usei dexpantenol, a pomada de um composto com cetoconazol (recomendada por um colega aqui) e o genérico do Proctyl. Esse último, por ter anestésico, me parece que foi a pomada que mais me ajudou na “crise”, ou seja, quando estava com fortes dores. Ela veio com um aplicador, que era possível introduzi-lo no reto e aplicar a pomada internamente. Bepantol me ajudou a sarar a sensação de assadura, que também tinha. Mas, o que realmente me curou, foi ter mandado manipular um tubo de pomada com 2% de diltiazen. Qualquer um pode comparar a pomada manipulada, inclusive não me pediram receita. E foi muito barata, algo em torno de 10 reais 30 gramas. Em duas ou três semanas de uso já não sentia mais nada e hoje, depois de 50 dias de uso contínuo, posso garantir que estou curado, pois nenhum desconforto sinto mais. Agora, importante também é não usar papel higiênico e fazer a ducha recomendada nesse artigo, pois realmente limpa bem a área lesionada, levando a água consigo os ácidos das fezes. Usei tanto a ducha, como água morna aplicando com uma seringa (sem agulha), adaptando o aplicador do proctyl. Pra quem tem dificuldade de fazê-lo, recomendo relaxar e fazer tipo aquela “forcinha” de como se estivesse defecando, que a água entra mais fácil. Ah, também aplicava bem a pomada com o dedo, por dentro do ânus, para ter um efeito melhor. Recomendo comer bastante frutas, em especial mamão, que ajuda muito a amolecer as fezes. O Uso de um regulador intestinal foi de boa ajuda também (plantabem ou metamucil), pois ajuda a amolecer as fezes. Essas são minhas dicas. Desejo que todos possam se curar desse terrível desconforto. Fé em Deus que ele tá no comando!

Como curar uma fissura retal - sem cirurgia
Como curar uma fissura retal - sem cirurgia

Voltar ao topo da página