Partilhar
Partilhar em:

Como diminuir o nível de álcool no sangue

Passo a Passo
 
Como diminuir o nível de álcool no sangue

Se beber, não conduza. Esta é uma das regras mais importantes que todos os condutores devem seguir, para não colocarem nem as suas vidas em risco nem a de outras pessoas que circulam pela estrada. Mas pode acontecer você não se sentir bêbado, mas perante um controle de alcoolemia acusar positivo e, isto acontece porque o álcool está no organismo e não deveria ter conduzido. De certeza que já ouviu mais de uma vez alguns truques para diminuir os níveis de álcool, mas eles já funcionaram? De seguida, neste artigo do umCOMO vamos lhe explicar como diminuir o nível de álcool no sangue quebrando mitos e dando-lhe algumas ideias que poderiam funcionar ao final de algumas horas.

Também lhe pode interessar: Beber cerveja todo dia faz mal?
Passos a seguir:
1

No Brasil, o limite permitido por lei para que o condutor não seja multado é de 0,05 miligramas de álcool por litro de ar no bafômetro. Quando se ultrapassa este valor, o motorista comete uma infração gravíssima e fica sujeito a uma multa de $1,915,40, para além de ficar impedido de dirigir por um ano.

Em Portugal, o limite permitido por lei para que o condutor não seja multado é de 0,5 g/l. Caso a taxa de alcoolemia se encontre entre 0,5 g/l e 0,8 g/l, então o condutor estará cometendo uma infração grave, ficando impedido de conduzir por um período que pode ir de 1 mês a 1 ano, para além de ter de pagar uma multa que pode ir de 250€ a 1250€. Se a taxa se encontrar entre 0,8 g/l e 1,2 g/l, o condutor estará cometendo uma contra-ordenação muito grave ficando impedido de conduzir por um período que pode ir de 2 meses a 2 anos, para além de ter de pagar uma multa que pode ir de 500 a 2500€. Nos casos em que a taxa é igual ou superior a 1,2 g/l é considerado crime, punível com pena de prisão até 1 ano ou multa, para além do condutor poder ficar impedido de conduzir entre um período que pode ir de 3 meses a 3 anos.

Em cada país estes limites são estipulados pelas leis em vigor, mas a verdade é que a grande maioria tem um sistema muito controlado das leis de circulação para evitar acidentes provocados pela inconsciência ao volante.

2

Quando ingerimos álcool, o nosso corpo apenas o pode eliminar por três vias:

  • Por evaporação
  • Por excreção
  • Pelo metabolismo

10% do álcool que se ingere é excretado pelos rins e apenas 1% é eliminado pela evaporação. Por isso, a maior parte é metabolizada e expulsa através do trabalho do fígado. Assim, para poder diminuir o nível de álcool, deparamo-nos com um problema: o nosso corpo demora 1 hora a metabolizar 10 ml de álcool aproximadamente, neste dado intervêm outros fatores como a idade, o corpo da pessoa, o sexo, o tipo de álcool que ingeriu, entre outros.

Confira também este outro artigo em que explicamos como o álcool afeta o fígado.

3

Desta forma, se quer diminuir o nível de álcool no sangue vai se deparar com um inconveniente desde o início: se bebeu muito, por muitos truques que queira levar a cabo, nenhum deles irá ajudar pois o fígado não irá trabalhar mais rapidamente para o metabolizar. Mas se beber pouco e esperar umas horas sem beber antes de conduzir é provável que a taxa de álcool diminua e não alcance o máximo permitido quando se submeter ao controle.

Assim, uma das formas de poder diminuir o álcool no sangue é esperar 2 ou 3 horas antes de pegar num carro, mas isto só funcionará se tiver ingerido pouco álcool.

4

Outro dos truques que é mais preventivo é que a refeição ou jantar anterior ao consumo de álcool tenha contido fécula (batatas, arroz, trigo, milho, etc), pois este grupo alimentar tem a capacidade de absorver o álcool e, permitir assim que o seu corpo o absorva em um ritmo muito mais lento que o habitual.

5

Para evitar que o álcool fique demasiado no sangue e não dê positivo em um controle, no umCOMO recomendamos que beba pouco a pouco. Pense que o fígado não pode metabolizar tanto álcool e, por isso o melhor será beber poucas quantidades e em momentos separados para evitar um colapso. Além disso, se tiver sede, também pode optar por bebidas sem álcool que são refrescantes e que o irão satisfazer como, por exemplo, a cerveja sem álcool ou os coquetéis sem álcool.

6

No segundo ponto deste artigo explicamos-lhe que uma das vias pelas quais se pode eliminar álcool é através da excreção, ou seja, através de urina ou das fezes. Assim, beber muita água depois de ter tomado a última bebida pode ajudá-lo a diminuir o álcool no sangue, embora seja verdade que o que vai eliminar maioritariamente é água, pois a maior parte do álcool é processado pelo fígado, como já referimos. Por isso, este truque não lhe vai servir de nada se se deparar com um controle de alcoolemia pois a eliminação que se consegue via urinária é muito insignificante.

7

Atualmente existe uma bebida conhecida com o nome de Outox e que se comercializa na França, com a projeção de se expandir para o mercado de Itália, Bélgica, Canadá e Japão. Trata-se de um produto que contém frutose, ácidos cítricos e ascórbico, pelo que estimulam o fígado a criar enzimas que decompõem o álcool em CO2 e em água, pelo que permite eliminá-lo por via natural (urina).

Dependendo da condição pessoal de cada um (peso, idade, sexo, etc) consegue-se acelerar a metabolização do álcool e, por isso, permitir diminuir o nível de álcool no sangue. De fato, prometem que em 1 hora pode-se reduzir de forma considerável os níveis de álcool, embora como já referimos, isso dependa do corpo de cada um.

No entanto, há muita polêmica em relação a este produto e a sua fiabilidade, pois as autoridades oficiais não consideram que o que a empresa promete seja totalmente verdade. Por isso, no umCOMO recomendamos que se vai conduzir não beba álcool, para evitar assim acidentes de qualquer tipo que lhe coloquem a si em risco ou ao resto dos condutores.

8

Além disso, deve saber que existem muitos mitos e truques falsos que não o irão ajudar a diminuir os níveis de álcool no sangue, porque os seus benefícios não afetam o controle de alcoolemia que avalia a taxa de álcool segundo o ar exalado. Alguns deles são os seguintes:

  • Mastigar caramelos de mentol, chiclete ou pasta de dentes: os componentes da menta absorvem o álcool que tiver na boca, mas em nenhum momento afetarão o álcool que tiver nos alvéolos e que é o que mede o bafômetro.
  • Beber café ou chupar grãos de café: este é um dos mitos mais difundidos mas mais falsos que existem, pois o café é um estimulante do organismo, mas em nenhum momento afeta a metabolização do álcool. O que faz é que esteja mais desperto e, irá tirar-lhe o sabor da boca, mas mais nada. Confira também estas dicas para eliminar o hálito a álcool.
  • Vomitar: há pessoas que, em um controle de alcoolemia, provocam o vômito para eliminar o álcool que têm no corpo, mas este método a única coisa que consegue é expulsar o há no estômago e não o que está nos alvéolos que, como já referimos, é o que os bafômetros contabilizam.
  • Fazer exercício: também existe o mito de que se fizer exercício ativa o metabolismo e, por isso, permite assimilar antes o álcool. Além disso, com a sudoração considera-se que também se pode reduzir esta substância do organismo. Mas, como já referimos anteriormente, a percentagem que se elimina por evaporação é apenas de 1% e por muitas flexões ou sprints que fizer, o seu fígado não trabalhará mais rápido.

Dica: Acesse também esse artigo para saber como disfarçar o cheiro de álcool.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como diminuir o nível de álcool no sangue, recomendamos que entre na nossa categoria de Vida Saudável.

Comentários (0)

Escrever comentário sobre Como diminuir o nível de álcool no sangue

O que lhe pareceu o artigo?

Como diminuir o nível de álcool no sangue
1 de 5
Como diminuir o nível de álcool no sangue