Partilhar

Como é produzido o leite materno

 
Por Paula Cassandra. Atualizado: 14 junho 2017
Como é produzido o leite materno

O leite que a mulher produz enquanto está grávida e após o nascimento do bebê é um alimento rico em nutrientes para satisfazer todas as necessidades nutricionais do recém-nascido até que chegue aos seis meses de vida. Mesmo depois desse período a mãe pode continuar a dar de mamar ao seu filho, mesmo que outros alimentos devam entrar no cardápio do pequeno. Para saber como é produzido o leite materno e obter demais informações, veja o que o umComo.com.br tem para dizer sobre o assunto.

Também lhe pode interessar: Como produzir mais leite materno
Passos a seguir:
1

Embora o leite materno seja produzido em maiores quantidades logo após o parto, mesmo antes, durante a gestação, ele já é fabricado em pequenas quantidades. Para entender como é produzido o leite materno, vale dizer que as mamas são constituídas de gordura, tecidos e glândulas mamárias, sendo que essas últimas são as responsáveis pelo procedimento. Elas também crescem durante a gestação e fazem os seios se tornarem maiores. Além disso, existem os ductos entre o tecido glandular e as células de gordura, que funcionam como uma rede de canais.

Como é produzido o leite materno - Passo 1
2

Durante a gravidez, os hormônios que são estimulados fazem com que esses ductos cresçam em tamanho e quantidade, dividindo-se em canais menores, sendo que em suas extremidades existe um agrupamento de sacos pequenos, que são chamados de alvéolos, os quais são parecidos com cachos de uvas. Cada mama possui aproximadamente nove ductos. Dessa forma, uma reunião de alvéolos constitui um lóbulo e um conjunto de lóbulos recebe o nome de lobo. Cada mama possui até 20 lobos.

3

É mais especificamente dentro dos alvéolos onde o leite materno é produzido, a partir da pressão que os pequenos músculos da região exercem sobre as glândulas que, por sua vez, empurram o leite para os ductos. Eles se prolongam até à extremidade do mamilo, por onde sai o leite para amamentar o bebê. Esse sistema todo já está pronto no segundo trimestre da gestação, dessa forma, mesmo o recém-nascido prematuro poderá ser amamentando.

4

Após dois dias do parto a produção de leite cresce significativamente, quando o hormônio prolactina, que apenas vinha sendo acumulando, agora, é liberando, a fim de avisar o organismo que está na hora de fazer mais leite. No entanto, é normal que quando nasce o primeiro filho demore um pouco mais do que o comum para o leite descer. Além disso, também é normal que os peitos fiquem doloridos nessa fase, já que além de estarem cheios de leite, mais sangue está circulando pelos alvéolos.

Como é produzido o leite materno - Passo 4
5

Vale explicar ainda que das primeiras vezes que a mãe amamentar o seu filho, o líquido que sai das mamas é mais transparente e viscoso, sendo que esse é o chamado colostro, fonte de proteínas para o bebê, bem como de anticorpos, as imunoglobulinas, que fortalecem o sistema imunológico do recém-nascido. Com o passar dos dias, o líquido se assemelha mais ao leite materno. Já para ele chegar à boca do bebê, o mesmo deve sugar o mamilo, dessa forma, é estimulada a hipófise, que libera os hormônios prolactina e ocitocina, sendo que essa última então faz com que ocorra a contração dos músculos em volta dos alvéolos que estão com leite.

Extra: para mais informações, consulte o artigo Como saber se o leite materno está acabando

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como é produzido o leite materno, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Como é produzido o leite materno
1 de 3
Como é produzido o leite materno

Voltar ao topo da página