Partilhar
Partilhar em:

Como saber se tenho placas na garganta

Passo a passo
Avaliação: 3 (2 votos)
 
Como saber se tenho placas na garganta

As placas na garganta são um sintoma de anginas ou amigdalites originadas, maioritariamente, por infecções bacterianas como as que provocam o estreptococo, apesar de também poderem ser causadas por outro tipo de micro-organismos. Em alguns casos, as placas de pus aparecem acompanhadas de uma faringite aguda, que é a inflamação da mucosa que cobre a faringe. A presença de pus nas amígdalas, além de provocar dor, pode dar lugar a uma dificuldade para engolir, dor de ouvido e de cabeça, febre elevada, entre outros sintomas. De seguida, neste artigo de umComo vamos explicar para você em detalhes como saber se tem placas na garganta e lembre-se que no caso de as observar, deverá ir ao médico para iniciar o tratamento apropriado.

Também lhe pode interessar: Causas da dor de garganta
1

A primeira coisa que irá notar no caso de ter placas na garganta é dor e dificuldade para engolir. A dor pode ser intensa e costuma ser mais evidente na hora da deglutição. É possível que a dor se inicie como uma leve coceira que vai aumentando até se converter em um desconforto importante que dificulta ações como comer, beber ou engolir saliva, por exemplo.

Normalmente, as placas de pus estão associadas a amigdalite ou faringite. Se se tratar de uma infecção viral, as placas são mais escassas e a dor e o desconforto é menor. No caso de se tratar de uma infecção bacteriana, as placas são inúmeras, a dor é mais penetrante e incômoda e será necessário seguir um tratamento antibiótico prescrito pelo médico.

Ambos apresentam febre, que no caso de infecção bacteriana, é bastante alta, e nas infecções virais, dependerá do tipo de vírus causador.

2

É comum que o paciente tenha dor nos ouvidos, mandíbula e cabeça. No caso de se tratar de uma infecção viral, de nada servem os antibióticos, por isso, antes de se medicar é importante consultar um médico para prescrever o tratamento mais adequado.

Para saber se tem placas na garganta, pode abrir a boca em frente a um espelho, baixar a língua e observar suas amígdalas. Pode fazê-lo usando uma lanterna para as visualizar melhor. O mais habitual é que detecte as amígdalas avermelhadas, inchadas e com uns pontos brancos ao redor das mesmas. Esses pontos são as placas de pus, que são uma resposta do seu organismo relativa a uma agressão externa em forma de vírus ou bactéria.

Não deve eliminar as placas de pus com cotonetes de algodão ou algum outro artefato, uma vez que é prejudicial para sua saúde e potencializaria a infecção.

3

No caso de febre alta, é importante que a controle com antipiréticos de venda livre, como o paracetamol. Este não costuma originar desconforto estomacal se tomado nas doses adequadas, costuma demorar uns 60 minutos em média a fazer efeito e os benefícios costumam se esgotar em 4 horas aproximadamente.

O ibuprofeno é outro fármaco muito usado para os estados febris que apresenta uma inflamação. É mais agressivo para o estômago, por isso é recomendável usar um protetor gástrico caso se consuma diariamente. Seus efeitos podem ser notados em 30 minutos aproximadamente e costumam durar até 6 horas. É mais eficaz que o paracetamol nos casos de inflamação. De qualquer forma, o melhor é seguir as instruções dadas pelo médico.

Na hora de comer e beber, evite os alimentos ou bebidas com temperaturas extremas, ou seja, não consuma alimentos excessivamente quentes ou excessivamente frios. Tente abrigar sua garganta com alguma peça para evitar seu esfriamento.

Tente, na medida do possível, estar em repouso, sobretudo se tiver febre. Evite as correntes de ar e as mudanças bruscas de temperatura, não se exponha diretamente ao ar condicionado e, no caso de se tratar da sua casa, revise e limpe os filtros da mesma para evitar que proliferem bactérias ou fungos.

4

Para tratar esta desconfortável doença, o seu médico pode prescrever diversos fármacos, é importante não se automedicar. As placas de pus na garganta podem ser causadas por bactérias, em que um antibiótico pode ser adequado, ainda que isto só possa ser determinado por um médico. Se se tratar de uma infecção viral, os antibióticos são completamente ineficazes.

De qualquer forma, também existem remédios naturais muito eficazes, como os que mostramos de seguida:

  • Uma opção é realizar gargarejo com um preparado consistente de limão recém espremido, mel e bicarbonato de sódio. É recomendável que se encontre morno, pode realizar o gargarejo duas ou três vezes por dia, dependendo da gravidade do caso, de preferência depois de comer. Trata-se de um forte desinfetante e antibacteriano que pode eliminar as placas de pus em um só dia se a infecção não for muito grave.
  • Outro remédio muito eficaz é beber infusão de tomilho. Pode fazer duas ou três por dia, mas é recomendável que a última seja antes de ir dormir. O tomilho é um conhecido desinfetante, antimicrobiano e antigripal.

Descubra outros tratamentos similares consultando o artigo Remédios caseiros para a amigdalite.

5

Este artigo é meramente informativo, no umComo.com.br não temos capacidade para receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamo-lo a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigo parecidos a Como saber se tenho placas na garganta, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Relacionados
Comentários (0)

Escrever comentário sobre Como saber se tenho placas na garganta

Muito útil

Descubra vídeos interessantes
Cocktails & Comidas
Carnaval
Maquiagem
Aulas de Zumba
Como saber se tenho placas na garganta
1 de 5
Como saber se tenho placas na garganta