menu
Partilhar

Como tratar estiramentos musculares

Por Redação umCOMO. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como tratar estiramentos musculares

Os estiramentos musculares são mais frequentes do que pensamos, porque um estiramento muito exagerado já é suficiente para causar uma distensão muscular, algo que pode ocorrer durante a prática de um esporte, carregamento de peso ou movimento errado. Os estiramentos musculares são muito dolorosos e tratar deles pode levar o seu tempo.

No geral, quando uma pessoa sofre de um estiramento muscular apresenta dor e dificuldade para mobilizar o músculo, hematomas ou vermelhidão na zona lesionada, falta de flexibilidade e inflamação. Se acaba de ter uma destas lesões e quer saber o que deve fazer, leia com atenção este artigo de umComo e descubra como tratar estiramentos musculares.

Também lhe pode interessar: Como tratar os espasmos musculares
Passos a seguir:
1

A primeira coisa que deve fazer para tratar estiramentos musculares é colocar gelo de imediato na área lesionada, permitindo que o músculo inflamado melhore e parando o inchaço. Envolva vários pedras de gelo em uma toalha e aplique no músculo durante pelo menos 20 minutos por cada hora, depois a cada três horas. Evite colocar gelo diretamente na pele para evitar uma queimadura e piorar o estado da lesão.

Como tratar estiramentos musculares - Passo 1
2

A dor dos estiramentos musculares costuma durar mais de um dia, pode inclusive se prolongar até uma semana. Portanto, se após quatro dias aplicando gelo na lesão notar que a dor não melhora, comece a aplicar também calor. O ideal é colocar uma toalha com água muito quente ou uma compressa durante pelo menos meia hora, depois esperar até que a temperatura local volte à normalidade e aplicar gelo por 20 minutos. O choque térmico ajudará a diminuir a inflamação e a reduzir a intensidade da dor.

3

O descanso é muito importante para tratar os estiramentos musculares. Pode ser que tenha compromissos profissionais ou familiares, mas sem o repouso devido do músculo, o estiramento não curará completamente e terá sequelas do mesmo o resto da sua vida. Então, o recomendável é repousar na cama com a área lesionada para cima ou em alguma posição que pareça cômoda e que favoreça o fluxo sanguíneo (acima do nível do coração).

Como tratar estiramentos musculares - Passo 3
4

Quando a dor começar a melhorar, o repouso ainda não acabou. Para tratar os estiramentos musculares é necessário evitar mover o músculo ao sentir uma melhoria, já que exercitar o mesmo sem que esteja totalmente tratado pode fazer com que o estiramento apareça de novo e a lesão piore muito mais do que quando começou. Portanto, aumente a mobilidade do músculo progressivamente e evite retomar as suas atividades esportivas até depois de um mês do acidente.

5

Quando a dor tiver desaparecido é hora de alongar o músculo para tratar a lesão por completo. Como a zona afetada esteve muito tempo em repouso, é normal que os tecidos se encontrem desafinados com o resto das fibras e isso só pode ser melhorado alongando o músculo. Faça alongamentos como os recomendados antes de fazer exercício, para aquecer o músculo e permitir que a sua estrutura volte à normalidade. Seja responsável com o movimento, evite ser brusco e leve o seu tempo.

Como tratar estiramentos musculares - Passo 5
6

Existem diferentes níveis de estiramento muscular, o mais grave é o nível três onde existe sangramento e imobilidade do músculo. Neste caso deve ir de imediato a um pronto-socorro para que um especialista examine a lesão, faça exames para descartar um dano profundo e obter um tratamento adequado.

7

Para lidar com a dor dos estiramentos musculares pode ingerir qualquer analgésico que o ajude a sentir menos dor, junto com um anti-inflamatório e com o tratamento de calor/frio que permitem diminuir o inchaço e recuperar pouco a pouco a mobilidade muscular.

Se após uma semana de distensão muscular notar que não pode mover o músculo, que a dor não melhora e que a zona continua inchada, vá ao seu médico para um exame abrangente da lesão.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como tratar estiramentos musculares, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Como tratar estiramentos musculares
1 de 4
Como tratar estiramentos musculares

Voltar ao topo da página