Partilhar

Como tratar ferroada de arraia

 
Por Paula Cassandra. 31 janeiro 2017
Como tratar ferroada de arraia

As arraias são animais dóceis, mas que para se protegerem podem usar o seu ferrão serrilhado e coberto por um tecido que secreta toxinas, localizado na metade da sua cauda. Os acidentes com arraias são mais comuns com pescadores e com banhistas, esses últimos que pisam nelas, sem querer, tanto em lugares de água salgada quanto doce. Mesmo muito dolorosos, os machucados causados pelo ferrão não são fatais. Ou seja, não é a intoxicação provocada pelo veneno que leva à morte. Quando acontece uma fatalidade é porque a ferroada atingiu o abdômen ou o peito, levando a uma lesão interna dos órgãos. A perda de sangue excessiva, reações alérgicas e infecções são as complicações que também devem ser evitadas. Por isso, o umCOMO vai explicar como tratar ferroada de arraia para prevenir os efeitos secundários.

Também lhe pode interessar: Como tratar de escoriações

Ferroada de arraia, o que fazer?

Quando uma pessoa é ferida com o ferrão de uma arraia é preciso levá-la ao pronto socorro ou ao hospital mais próximo o mais rápido possível. No entanto, como esses acidentes costumam acontecer na beira de rios, lagos e na praia, o socorro médico pode demorar a acontecer. Nesse caso, existem os primeiros socorros que servem para tratar ferroada de arraia em um primeiro momento. O primeiro passo é esquentar um recipiente com água até que chegue a uma temperatura de 45 graus e despejar sobre o local ferido, sendo adequado que a região permaneça submersa na água por uma hora e meia.

A água quente vai ajudar não apenas a amenizar a dor, que costuma ser muito intensa, como também neutralizar o veneno do ferrão. Enquanto a região afetada permanece na água quente, é preciso observar se não existem pedaços do ferrão no local, os quais devem ser retirados com muito cuidado, o que pode ser feito com o auxílio de uma pinça. Também é importante remover qualquer outra sujeira, para evitar que a área infeccione. A limpeza do local machucado pode ser feito com água e sabão.

Conforme o local afetado é possível ainda aquecê-lo com uma bolsa térmica ou com compressas de água quente com a ajuda de uma toalha. No entanto, se um órgão foi perfurado com o ferrão da arraia não é indicado removê-lo, sendo que nesse caso o atendimento médico é fundamental. Já quando o sangramento estiver intenso é necessário estancá-lo, caso contrário, pode levar a complicações. No entanto, quando possível é importante manter a ferida aberta. Ao conseguir atendimento médico, o mais comum é que sejam ministrados antibióticos ao paciente, bem como é feita uma vacina antitetânica para prevenir possíveis infecções.

Como tratar ferroada de arraia - Ferroada de arraia, o que fazer?

Sintomas e evolução da ferroada de arraia

Os sintomas mais comuns depois de uma ferroada de arraia são dor intensa, inchaço do local lesionado, dor de cabeça, fraqueza, suor frio, enjoo, vômito e diarreia. Quem passa por uma reação alérgica devido à ferroada e, por isso, precisa de atendimento médico urgente pode apresentar ainda inchaço nos lábios, na língua, na cabeça, no pescoço e mesmo em outras partes do corpo, bem como erupções cutâneas vermelhas, coceira, dificuldade em respirar e até desmaio.

Outro quadro sério é quando há sangramento abundante, que costuma estar acompanhado de suor excessivo, tontura, desmaio, pressão baixa, respiração rápida e palpitações. Já a intoxicação pode causar ainda tontura, palpitações, cãibras musculares e mesmo convulsões. Depois que o quadro for estabilizado, é normal que no local se forme uma necrose de intensidade variável, levando a úlceras que demoram em torno de três meses para cicatrizar.

Como prevenir ferroadas de arraias

Devido ao perigo e transtorno que pode provocar uma ferroada de arraia, o melhor é a prevenção. Para tanto, recomenda-se que os banhistas quando entrarem no mar, rios e lagos arrastem os pés ao caminhar, assim, ao invés de pisar em uma arraia a pessoa apenas vai encostar no peixe, o que não vai fazer com que ela ataque, mas sim, só se afaste. Já quem está em embarcações, ao descer, deve usar um galho, remo ou outro acessório para colocar na água, antes dos pés, assim, se houver uma arraia ela vai fugir também, pois esse é o seu instinto.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como tratar ferroada de arraia, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Como tratar ferroada de arraia

O que lhe pareceu o artigo?

Como tratar ferroada de arraia
1 de 2
Como tratar ferroada de arraia

Voltar ao topo da página