Partilhar

Como tratar o câncer da boca, garganta, pescoço e laringe

Por Sara Viega. Atualizado: 22 junho 2018
Como tratar o câncer da boca, garganta, pescoço e laringe

Quando se fala do câncer não se faz referência a uma única doença, mas sim a cada uma das quais afeta uma parte diferente do organismo e que responde a uma causa diferente. Todos os cânceres provocam alterações do organismo e geralmente dão sinais do seu desenvolvimento em forma de nódulo. Este é como um cisto que contém milhares de células cancerosas no seu interior. Atualmente o câncer continua sendo uma das principais doenças mortais na nossa sociedade. Os sinais de alarme que podemos encontrar no câncer da boca, garganta, pescoço e laringe são qualquer nódulo ou inchação que se localize na boca, pescoço ou glândulas salivares, a presença de uma úlcera ou protuberância que não se cure, uma ronqueira permanente ou uma hemorragia persistente pelo nariz. Todas estas causas podem ser tratadas com sucesso se são detectadas cedo, mas se são ignoradas podem chegar a se estender até as glândulas do pescoço e ser então mais difíceis de curar. As inchações do pescoço costumam dever-se a infecções, mas às vezes persistem na glândula tireoides e então sim podem dever-se a um tumor. O mau hábito de fumar cachimbo ou cigarros, bem como levar uma dentadura mau montada podem provocar uma irritação bucal que conduza ao aparecimento do câncer. Nestes casos, o câncer mais normal é o de laringe entre os fumadores e as pessoas que têm o hábito da bebida. Em alguns casos é preciso extrair a laringe, mas mesmo sem ela é possível aprender a falar com um método especial no qual se retém o ar, ou também mediante um aparelho eletrônico. Em ambos os casos é necessária a ajuda de um especialista. A seguir dizemos-lhe como tratar o câncer da boca, garganta, pescoço e laringe.

Vai precisar de:
Passos a seguir:
1

O primeiro que você tem de fazer se apresentar algum sintoma descrito anteriormente ou notar algo estranho no seu corpo é ir a seu médico. Neste caso o especialista é o otorrinolaringologista.

2

Os sintomas do câncer da boca podem ser causados por outros problemas que não são perigosos. Não obstante, dado que a detecção precoce é importante para o sucesso do tratamento do câncer da boca, consulte o seu médico ou dentista se observar áreas anômalas na boca ou na garganta ou outros sintomas. A leucoplasia é uma área ou mancha branca na cavidade bucal. Ao redor de 25% das leucoplasias são cancerosas ou pré-cancerosas. A eritroplasia é uma área ou mancha vermelha e elevada que sangra se é friccionada. Ao redor de 70% das eritroplasias são cancerosas ou pré-cancerosas. A eritroleucoplasia é uma mancha com áreas vermelhas e brancas.

3

Atualmente existem procedimentos invasivos nos quais, dependendo do estado clínico, os cirurgiões extirpam do corpo a parte afetada, após a avaliação do patologista informa-se ao cirurgião se o seu leito cirúrgico esta ou não livre de neoplasia, em caso afirmativo, posteriormente pode-se administrar ao paciente terapia dupla com Quimioterapia (medicamentos) e Radioterapia ou, dependendo da gravidade do assunto, pode ser apenas um dos dois. Com o passar do tempo 50 ou 75% dos pacientes podem seguir tendo uma vida normal, mas o problema muitas vezes é que as células neoplásicas continuam vivendo no corpo esperando o momento de voltar a atacar, e de novo o paciente deve submeter-se a uma cirurgia; embora outras tantas vezes o câncer se espalhe para outra parte do corpo, chamada de metástase, o que complica a cirurgia e põe em risco a vida do paciente.

4

É muito recomendável a ingestão de alho e cebola, ambos crus, em todas as refeições diárias.

5

Aconselhamos tomar dois banhos de vapor semanais de 30 minutos de duração cada um.

6

Para tratar o câncer da boca você tem de deixar de fumar e de beber álcool. Bem como as bebidas irritantes para a garganta ou para as mucosas bucais.

7

Deve seguir um regime vegetariano com parte de crudivorismo, pois são alimentos que ajudam a prevenir estes tipos de câncer. Nesta dieta têm que abundar os vegetais, os legumes e as frutas frescas.

Leia também: Coceira no céu da boca, o que pode ser?

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como tratar o câncer da boca, garganta, pescoço e laringe, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Conselhos
  • Não esqueça ir a seu otorrinolaringologista.

Escrever comentário sobre Como tratar o câncer da boca, garganta, pescoço e laringe

O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
jucelia maria batista
Minha mae tem cancer de laringe e faringe fez 35 deçoes de radioterappia agora tem tres meses que faz a quimioterapia mas so ta piorando o estado dela .
TANIA MIRANDA DE ARAUJO
estou com uma tosse persistente com uma terrível coceira na garganta e algumas vezes acordo com a boca muito seca ,a língua seca branca nas laterais e vermelha no centro devo me preocupar,nao bebo não fumo!

Como tratar o câncer da boca, garganta, pescoço e laringe
Como tratar o câncer da boca, garganta, pescoço e laringe

Voltar ao topo da página