Partilhar

Dor na barriga ao defecar, o que pode ser?

 
Por Letícia Lima. Atualizado: 12 junho 2019
Dor na barriga ao defecar, o que pode ser?

Dor na barriga ao defecar, o que pode ser? A dor abdominal afeta milhares de brasileiros que não conseguem encontrar uma explicação plausível para ela. Sobretudo entre aqueles que possuem intestino preso, a dor abdominal após evacuar é insuportável. Essa dor causa enormes prejuízos no que diz respeito à saúde e à qualidade de vida, uma vez que tira a motivação do indivíduo de exercer suas atividades do dia a dia. Além disso, a dificuldade para evacuar pode alterar negativamente o humor de alguém, prejudicando assim as relações interpessoais. No entanto, o que parece uma simples dor pode ser na verdade o sintoma de uma doença mais séria. Neste artigo do umCOMO explicamos o que pode ser dor na barriga ao defecar. Conheça as principais causas.

Também lhe pode interessar: Dor Pélvica, o que pode ser?

Dor na barriga ao defecar e depois: Doença de Chron

A doença de Chron pode ser uma das causas para a dor abdominal durante e depois de evacuar. Nessa doença, o intestino fica inflamado, provocando enormes desconfortos ao doente, como dores fortíssimas no baixo ventre. Você deve ficar atento se tiver sangue nas fezes, pois esse é um dos indicativos da doença de Chron - como o intestino está inflamado, ele sangra. Além disso, também é bom ficar atento a:

  • Perda de peso muito rápida e sem explicação
  • Enjoos e náuseas
  • Dores nas articulações, como tornozelos, pulsos e joelhos
  • Gengivas inflamadas

Fique tranquilo: a doença de Chron tem tratamento. Visite seu médico para um diagnóstico e confira também nossa categoria A doença de Chron para maiores informações.

Dor na barriga ao defecar e depois: inflamação retal

A inflamação retal (ou proctite) pode ser uma das razões pelas quais você sente dor abdominal durante e após evacuar. Além do desconforto abdominal, os portadores de proctite também sentem dor no final do tubo digestivo, além de sangramento junto com as fezes. A prisão de ventre também é um sintoma comum de inflamação retal. Nesses casos, é bom evitar alimentos muito condimentados e ricos em pimenta, como também leites, queijos, etc.

Se você suspeita que pode ter uma inflamação retal, procure seu médico! Só ele será capaz de dar um diagnóstico preciso após a avaliação criteriosa de seus exames. Confira também nosso artigo como tratar a inflamação retal.

Dor na barriga ao defecar e depois: cálculos na vesícula

Se você sente dor do lado direito do abdômen, tanto em cima quanto no meio, é bem provável que a causa seja cálculos na vesícula. A presença de cálculos na vesícula é mais comum entre aqueles que se encontram entre os quarenta e os sessenta anos. Além da dor após evacuar, outros sintomas são enjoo, vômito, febre e pele com coloração amarela.

É indispensável procurar um médico para conseguir um diagnóstico confiável. Geralmente, faz-se uma cirurgia para retirar as pedras da vesícula. Além disso, você pode minimizar as chances de ter cálculo na vesícula alimentando-se bem: recomenda-se uma dieta baixa em gorduras. Dessa forma, frituras, carnes gordas e derivados do leite devem estar fora do seu cardápio.

Não se assuste com a possibilidade de ter cálculos na vesícula. Em umCOMO, podemos também propor um tratamento natural para pedras na vesícula para ajudar no alívio das dores e desconfortos abdominais.

Dor na barriga ao defecar e depois: Síndrome do intestino irritável

Dor na barriga ao defecar, o que pode ser? A causa mais comum para dor abdominal depois de evacuar é a síndrome do intestino irritável. Trata-se de uma doença muito comum que afeta pessoas de todas as faixas etárias, tendo como sintomas principais:

  • Dor abdominal
  • Azia e queimação no estômago
  • Diarreia
  • Inchaço abdominal
  • Dor nas costas
  • Gases em excesso
  • Dificuldade para digerir os alimentos

O principal problema da síndrome do intestino irritável é que seus portadores podem desencadear doenças psíquicas como depressão e ansiedade. Para evitar que a doença vire um bola de neve, a melhor opção é procurar um médico especializado o quanto antes. Algumas medidas caseiras também podem ser úteis para aliviar os sintomas da síndrome do intestino irritável, como por exemplo:

  • Comer alimentos ricos em fibras para aumentar o bolo fecal (aveia, arroz integral, pão integral, frutas, verduras, etc);
  • Praticar atividades físicas de impacto leve;
  • Evitar situações de estresse, seja em casa, na escola ou no trabalho. Se evitar essas situações for impossível, o apoio de profissionais da saúde mental (como psicólogos) pode ser muito útil;
  • Apostar na meditação como técnica de relaxamento. Não sabe como fazê-lo? Confira nosso artigo Como meditar para iniciantes.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Dor na barriga ao defecar, o que pode ser?, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre Dor na barriga ao defecar, o que pode ser?

O que lhe pareceu o artigo?

Dor na barriga ao defecar, o que pode ser?
Dor na barriga ao defecar, o que pode ser?

Voltar ao topo da página