Partilhar

Dormência nas mãos e dedos, o que pode ser?

Por Yasmin Fonseca. Atualizado: 3 maio 2018
Dormência nas mãos e dedos, o que pode ser?

Sentir dormência e formigamento é algo muito comum, não há quem nunca tenha dormido em cima dos braços ou das mãos e que tenha acordado sem senti-las. Entretanto, a dormência em qualquer parte do corpo é sempre sinal de que algo não está funcionando bem e, ainda que nesses casos seja gerada apenas por uma causa momentânea, quando persistente, a dormência significa que há algum problema no sistema neurológico que precisa de cuidado urgente. Se você está sentindo dormência nas mãos e nos dedos, esse artigo do umCOMO vai te explicar quais são as possíveis causas do seu problema.

Também lhe pode interessar: Como parar tremor nas mãos

O que é dormência?

A dormência é a perda de sensibilidade profunda que pode ter vários níveis chegando ao ponto de sua perda total, que ocorre quando o paciente perde não apenas o tato na região afetada, mas também a capacidade de sentir dor, alterações de temperatura e movimentações, nesses casos até mesmo cortes profundos que vão além da pele não podem ser sentidos.

Todas as sensações físicas passíveis de serem sentidas pelo ser humano têm como responsável o sistema nervoso, constituído por nervos sensoriais que levam a informação até a medula espinhal e pela medula espinhal, que passa a informação para o cérebro, assim que chega ao cérebro, ele a interpreta. Claro, apesar de ser um longo e complexo caminho, tudo isso acontece de forma instantânea e imperceptível e diversos problemas desde os nervos até o cérebro podem causar a dormência, essa é a razão pela qual esse é um sintoma tão comum.

É comum que se confunda dormência e formigamento, entretanto, o formigamento é geralmente causado por má circulação de sangue e, em vez de causar falta de sensibilidade, causa uma sensação física estranha na região afetada.

Causas da dormência nas mãos e dedos

A dormência das mãos é um sintoma, e não uma doença, sendo assim, existem diversos motivos que podem levar alguém a senti-lo.

  • Infecção em nervos da região, que pode ser causada por doenças como AIDS e lepra.
  • Diabetes, sendo essa doença causadora principalmente de dormência nos pés.
  • Inflamação dos nervos da região, que pode ser causada por esclerose múltipla.
  • Síndrome do túnel do carpo, que comprime os nervos das mãos e dedos.
  • Compressão da medula espinhal, que pode ser provocada por tumores ou lesões.
  • Tumor na região próxima ao nervo.
  • Deficiência de vitamina B12.
  • Falta de circulação de sangue, que pode ser indício de algum problema vascular.
  • Utilização de remédios para tratamento de câncer.
  • Pressão contínua na região afetada, pois isso pode lesionar tanto nervos quanto sistema vascular.
  • Doenças autoimunes, como o câncer, Síndrome de Guillain-Barré e esclerose múltipla (polineuropatia desmielinizante inflamatória aguda), nelas o corpo se ataca e por vezes acaba destruindo parte do sistema nervoso. A Síndrome de Guillain-Barré e a esclerose múltipla são doenças nas quais a bainha de mielina é atacada pelo sistema imunológico do corpo, prejudicando o tato. Os principais sintomas dessa doença são o fraqueza muscular, tontura e dormência que começa nas mãos e passa para pernas e pés, ou o contrário. Além disso, é bom saber que Síndrome de Guillain-Barré acontece sempre após uma infecção, ainda que simples, e seus sintomas começam a aparecer 3 semanas após seu início.

Caso você esteja sentindo dormência nas mãos e pernas do mesmo lado do corpo, ela pode ser sintoma de alguma lesão do outro lado do cérebro e, caso suas duas pernas estejam dormentes, isso pode ser sintoma de alguma lesão na medula espinhal.

Em caso de falta de circulação de sangue na região, como acontece na síndrome do túnel do carpo, faça exercícios abrindo e fechando suas mãos com uma bola de borracha própria para fisioterapia que pode ser encontrada facilmente em farmácias e alivie a dormência de forma simples e barata. Antes disso, certifique-se de que seu problema de fato envolve circulação, pois forçar uma região inflamada ou infeccionada pode gerar outros problemas piores.

Se você estiver sentindo dormência nas mãos e nos pés, esse sintoma não pode ser devido a um problema local no sistema nervoso, mas sim em alguma região que controle todas elas como a medula espinhal ou o cérebro.

Em caso de dormência sempre procure um médico neurologista o quanto antes pois existem diversas doenças que levam a esse sintoma e todas elas são de extrema seriedade.

Veja também: Formigamento nas pontas dos dedos, o que pode ser? - Causas comuns

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Dormência nas mãos e dedos, o que pode ser?, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Conselhos
  • Nunca dirija sentindo dormência nas mãos, pés e pernas, pois a qualquer momento é possível perder o controle, colocando a sua vida e de outros em risco.

Escrever comentário sobre Dormência nas mãos e dedos, o que pode ser?

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
ANA
SINTO ESSA DORMENCIA CONSTANTE, DOI OS DEDOS E AS MÃOS FICAM TAO DORMENTE QUE NAO CONSIGO PEGAR AS COISAS.
Maria inês
Eu também sinto a mesma coisa que esse comentário, gostaria de saber pois até os pés são dormentes mas com muita dor.

Dormência nas mãos e dedos, o que pode ser?
Dormência nas mãos e dedos, o que pode ser?

Voltar ao topo da página