menu
Partilhar

O que é Síndrome de Dress - definição, sintomas, causas e tratamento

 
Por Yuri Ferreira. Atualizado: 21 janeiro 2020
O que é Síndrome de Dress - definição, sintomas, causas e tratamento

A síndrome DRESS é uma raríssima condição de reação alérgica apresentada por pouquíssimas pessoas ao longo da história da humanidade. É no campo do sangue que essa síndrome é apresentada, e sua manifestação pode se dar tanto na velhice quanto na primeira infância. Nesse artigo desenvolvido por umCOMO iremos explicar o que é a Síndrome de Dress, além de tentar encontrar causas, curas e todos desenvolvimentos que a ciência pode proporcionar para solucionar esse mal que pode ser fatal para diversas pessoas. Não obstante, iremos falar das mais recentes descobertas científicas sobre o assunto. Continue lendo para saber mais.

O que é a Síndrome de Dress

A Síndrome de Dress tem esse nome por se tratar da sigla para Drug Rash with Eosinophilia and Systemic Symptoms, que significa, em tradução nossa, Erupções Cutâneas por ingestão de substância com eosinofilia - um aumento descomunal no eosinófilos do sangue, substâncias que agem em graves alergias e infecção de parasitas - e sintomas sistêmicos.

A raríssima doença acontece quando o corpo tem uma reação adversa a drogas de intensidade muito forte que pode levar a morte quando o tratamento demora acontecer. Seus sintomas são, após a ingestão de algum medicamento, uma reação desproporcional do corpo, com:

  • graves erupções na pele
  • febre
  • anormalidade hematológicas (do sangue)
  • transtornos de outras partes do corpo

Sua incidência é comum após cerca de duas semanas de ministração dos remédios. Geralmente, os pacientes que apresentam essa síndrome estavam sob tratamento de anticonvulsivos aromáticos, como o fenobarbital (o famigerado Gardenal). O principal remédio para que os sintomas dessa crise acabem é a interrupção de aplicação do remédio, ou seja, e cortar o medicamento para que os sintomas não se alastrem. 1 a cada 10000 pacientes que estão sob tratamento de anticonvulsivos podem apresentar a síndrome de Dress.

Um exame de sangue completo com altos leucócitos e eosinófilos, com erupções cutâneas e conjunto a ministração de fenobarbital já combina pontos suficientes para a certeza da síndrome de Dress com certeza. No entanto, alguns outros medicamentos podem causar a doença, como as sulfonamidas, por exemplo, a dapsona e o alopurinol. Por isso é importantíssimo consultar em qualquer tipo de suspeita da Síndrome de Dress.

Além disso, é essencial ressaltar que a síndrome de DRESS é raríssima em crianças mas não menos preocupante. O nível de fatalidade pode aumentar muito além de ter seu diagnóstico mais dificultado.

O que é Síndrome de Dress - definição, sintomas, causas e tratamento - O que é a Síndrome de Dress

Síndrome de DRESS tem cura?

Sim. A cura da síndrome de Dress tem como primeiro passo a interrupção do remédio que está sendo ministrado e para isso, o médico deve estar atento para diagnosticar com rapidez que os sintomas estão acontecendo por causa do remédio. Portanto, no caso de, por exemplo, um paciente que está tomando o Fenobarbital, deve-se cotar a sua aplicação.

Além disso, para reduzir os eosinófilos e tratar os sintomas que parecem alérgicos, é importante ministrar altas quantidades de corticoides, que irão estabilizar novamente as anormalidades hematológicas. No entanto, se o tratamento demorar e não for eficaz, o desenvolvimento do câncer do sistema linfático (linfoma) pode acontecer dentro de alguns anos.

No entanto, não há qualquer tipo de prevenção para a síndrome de Dress. Em todos os casos, o paciente só descobre que possui a enfermidade quando diagnosticado. Também não existem relações causais apontadas, portanto, não se sabe se é um mal genético ou se apenas aleatório. Sem contar que é impossível determina uma prevenção, logo, não há como se prevenir da síndrome de Dress.

Síndrome de DRESS - dermatologia

Para tratar das erupções cutâneas, é sempre importante o acompanhamento de um dermatologista depois que os sintomas da Síndrome de Dress estejam curados. Depois que o tratamento sido concluído, e natural que algumas sequelas e cicatrizes se mantenham no rosto do paciente, ate porque, por ser agressiva, a Síndrome de Dress traz algumas sequelas no corpo de quem a teve por algum tempo. No entanto, tratamentos dermatológicos como o peeling podem ser muito úteis para quem deseje reencontrar a sua beleza. Além disso, alguns dermatologistas podem acabar diagnosticando a Síndrome de Dress, afinal, seus primeiros sintomas podem se confundir em muito com a alergia.

Leia também:

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que é Síndrome de Dress - definição, sintomas, causas e tratamento, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

O que é Síndrome de Dress - definição, sintomas, causas e tratamento
1 de 2
O que é Síndrome de Dress - definição, sintomas, causas e tratamento

Voltar ao topo da página