menu
Partilhar

Pode doar sangue menstruada?

 
Por Letícia Lima. 28 setembro 2021
Pode doar sangue menstruada?

Doar sangue salva vidas. De acordo com a Secretaria de Saúde do Espírito Santo, uma doação individual pode salvar até quatro pessoas[1]. Por isso, diversas campanhas estimulam a doação de sangue e oferecem benefícios em contrapartida, como direito à meia entrada caso faça três doações por ano, um dia de folga para trabalhadores celetistas, não pagamento de taxas em concursos públicos, atendimento prioritário no SUS, etc.

Com a pandemia da Covid-19 as doações no Brasil caíram em 10%, segundo informações do Ministério da Saúde divulgados pela CNN Brasil[2]. E, apesar dos benefícios filantrópicos e materiais de doar sangue, muitas pessoas não podem fazê-lo por diversas questões. Uma das dúvidas que surgem é se pode doar sangue menstruada. Por isso, essa e outras dúvidas serão respondidas neste artigo do umCOMO.

Também lhe pode interessar: Quando não devemos doar sangue

Pode doar sangue menstruada?

Sim, é possível doar sangue menstruada, de acordo com a Fundação Centro de Hematologia e Hemoterapia do Estado de Minas Gerais (Hemominas). Ainda relacionado a questões vinculadas à saúde reprodutiva, o órgão salienta que:

  • Lactantes não devem doar sangue;
  • Grávidas não devem doar sangue;
  • Após parto normal ou aborto, deve-se esperar três meses para doar sangue;
  • Após a cirurgia cesariana, deve-se esperar seis meses para doar sangue.

Para outras informações, confira nosso artigo sobre quando não devemos doar sangue.

Pode doar sangue menstruada? - Pode doar sangue menstruada?

Quem teve Covid pode doar sangue?

Quem teve Covid pode doar sangue? Sim! De acordo com a equipe médica do Hospital Sírio-Libanês em depoimento à Agência Brasil[3], não há transmissão da Covid-19 por doação de sangue desde que o doador aguarde 30 dias após estar livre do vírus para realizar a doação.

Pode doar sangue menstruada? - Quem teve Covid pode doar sangue?

Pode ter relação antes de doar sangue?

A questão do sexo e da doação de sangue ainda é controversa. De acordo com o Hemominas,

[...] várias doenças transmitidas via relações sexuais são também transmitidas pela transfusão de sangue. Algumas delas podem também demorar a serem identificadas nos exames de sangue. Por isto, o triagista avalia se a pessoa esteve exposta a alguma situação com um risco maior que o habitual para adquirir doenças sexualmente transmissíveis (DST); uma vez que todas as pessoas sexualmente ativas são consideradas sob risco de adquirir uma DST. Não poder doar por uma determinada situação não significa que a pessoa apresente comportamento de risco, que seja de grupo de risco ou promíscua. Significa apenas que ela deve aguardar um prazo de segurança para que, se tiver adquirido alguma doença, o exame consiga detectá-la, protegendo o receptor do sangue.

De acordo com a Portaria nº 158/2016 do Ministério da Saúde que define as regras sobre doação de sangue, não podem doar sangue por doze meses alguém:

I - que tenha feito sexo em troca de dinheiro ou de drogas ou seus respectivos parceiros sexuais;

II - que tenha feito sexo com um ou mais parceiros ocasionais ou desconhecidos ou seus respectivos parceiros sexuais;

III - que tenha sido vítima de violência sexual ou seus respectivos parceiros sexuais;

IV - homens que tiveram relações sexuais com outros homens e/ou as parceiras sexuais destes;

V - que tenha tido relação sexual com pessoa portadora de infecção pelo HIV, hepatite B, hepatite C ou outra infecção de transmissão sexual e sanguínea; [...]

A grande questão é que "que tenha feito sexo com um ou mais parceiros ocasionais ou desconhecidos ou seus respectivos parceiros sexuais" é uma norma em aberto e, portanto, o Hemocentro de cada estado pode estabelecer os próprios critérios. Ou seja, você pode sim ter relação antes de doar sangue, mas na triagem irão perguntar se foi com um parceiro fixo ou não.

Se você tem interesse por esse tema, recomendamos nosso artigo se quem tem HPV pode doar sangue.

Hipertenso pode doar sangue?

De acordo com o Hemominas, sim, hipertenso pode doar sangue, desde que faça as seguintes observações:

Portadores de hipertensão arterial crônica, desde que com a pressão arterial controlada, em uso de um único medicamento que não contraindique por si a doação e sem alterações de órgão alvo (p.ex.: coração, rins), poderão doar sangue. Assim, para que possa doar, será necessário solicitar ao seu médico assistente um relatório informando sobre suas condições clínicas, tratamento e o acompanhamento realizado. No dia da doação, a pressão sistólica (máxima) deverá estar abaixo de 140 mmHg e a pressão diastólica (mínima) abaixo de 90 mmHg para o procedimento ser autorizado.

Ou seja, sendo hipertenso e desejando doar sangue, consulte antes seu clínico geral ou cardiologista.

Com quantos anos pode doar sangue?

É possível doar sangue a partir dos 16 anos de idade, desde que com autorização dos pais ou responsáveis. Além disso, exige-se o peso mínimo de 50 quilos. Confira essas e outras informações no artigo sobre quais são os requisitos para doar sangue.

Doação de sangue: outras observações

Usuários de drogas e outros entorpecentes enfrentam alguns obstáculos na doação de sangue. Confira:

  • Candidatos com histórico de alcoolismo, uso de cocaína ou de uso de anabolizantes injetáveis sem prescrição não podem doar sangue por 12 meses;
  • Candidatos que usam maconha devem aguardar 12 horas após o consumo para poder doar sangue.

Além disso, quem teve alguma infecção sexualmente transmissível deve aguardar 12 meses após estar recuperado para fazer uma doação sanguínea.

Outras práticas de risco para a legislação e das quais o doador deve se preservar por 12 horas antes de realizar a doação são:

  • Pilotagem de avião ou helicóptero;
  • Condução de veículos de grande porte, como ônibus, caminhões e trens;
  • Operação de maquinário de alto risco, como na indústria e construção civil;
  • Trabalho em andaimes;
  • Prática de paraquedismo ou mergulho.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Pode doar sangue menstruada?, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Referências
  1. SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DO ESPÍRITO SANTO. Junho Vermelho: uma única bolsa de sangue pode salvar até quatro vidas. Disponível em: <https://saude.es.gov.br/Not%C3%ADcia/junho-vermelho-uma-unica-bolsa-de-sangue-pode-salvar-ate-quatro-vidas>. Publicado em 01 de junho de 2021. Acesso em 09 de setembro de 2021.
  2. CNN BRASIL. Doação de sangue cai 10% no Brasil com a pandemia. Disponível em: <https://www.cnnbrasil.com.br/saude/doacao-de-sangue-cai-10-no-brasil-com-a-pandemia/>. Acesso em 09 de setembro de 2021.
  3. BOND, Letycia. Pessoas que contraíram Covid-19 podem doar sangue após 30 dias. Agência Brasil. Disponível em: <https://agenciabrasil.ebc.com.br/saude/noticia/2020-11/pessoas-que-contrairam-covid-19-podem-doar-sangue-apos-30-dias>. Publicado em 25 de novembro de 2020. Acesso em 09 de setembro de 2021.
Bibliografia
  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Portaria nº 158, de 4 de fevereiro de 2016. Redefine o regulamento técnico de procedimentos hemoterápicos. Disponível em: <https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2016/prt0158_04_02_2016.html>. Acesso em 09 de setembro de 2021.
  • FUNDAÇÃO HEMOMINAS. Dúvidas Frequentes: Doação de Sangue. Disponível em: <http://www.hemominas.mg.gov.br/atendimento/duvidas-frequentes/64-doacao-de-sangue>. Acesso em 09 de setembro de 2021.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Pode doar sangue menstruada?
1 de 3
Pode doar sangue menstruada?

Voltar ao topo da página