Partilhar
Partilhar em:

Por que os testículos sobem e descem?

Por que os testículos sobem e descem?

Alguma vez sentiu que um testículo seu subia? Pode ser que isso aconteça quando faz exercício, durante o sexo ou durante algum gesto brusco. É uma sensação desconfortável e incômoda que, além disso, costuma causar preocupação entre os homens, mas ao contrário do que possa imaginar no começo, é algo bastante comum que acontece com todos. Esta situação também é conhecida com o nome de "testículo móvel" ou "testículo retrátil" e só em caso de dor pode ser tratada de forma definitiva com uma simples operação cirúrgica. De seguida, no umCOMO vamos explicar para você por que os testículos sobem e descem, explicando os fatores que intervêm nesta situação.

Também lhe pode interessar: Como fazer o auto-exame testicular

Devido a uma má formação

Para entender por que um testículo sobe é importante voltar ao início, ou seja, ao momento em que se formam os genitais. Os testículos desenvolvem-se dentro do abdômen do feto e é durante a sua gestação dentro do útero materno que eles descem até chegar à bolsa escrotal e depois descem pelo orifício inguinal.

É nesta descida quando o testículo é seguido por algo parecido a uma bolsa, uma camada que se encontra no abdômen e que, normalmente, é reabsorvida pelo corpo e acaba desaparecendo. Mas se esta bolsa não for corretamente absorvida pelo corpo, é possível que o testículo possa subir e baixar de forma espontânea e é então quando falamos do tal "testículo retrátil".

Se isso ocorrer com uma criança, devemos esperar porque, com certeza, a bolsa será reabsorvida naturalmente, se for um adulto com um testículo que sobe, então a única forma de tratar este problema é por meio de uma simples e pequena intervenção cirúrgica em que se fecha a bolsa e se fixar o testículo na bolsa escrotal, o lugar correto onde deve estar.

Algo que também pode acontecer neste procedimento é que a bolsa seja reabsorvida corretamente mas, no entanto, os testículos não desçam completamente para a zona onde devem estar. Neste caso, falamos de uma doença conhecida como criptorquidia e que só tem um tratamento: a remoção do testículo pois ele não se formou corretamente. É importante que esta operação seja feita, caso contrário, existe risco de um tumor maligno.

Neste outro artigo do umCOMO revelamos para você os sintomas de câncer nos testículos.

Estímulos externos que podem fazer subir o testículo

Mas além deste fator 100% biológico, saiba que também existe um fenômeno normal no corpo masculino que pode fazer com que, em situações concretas, o testículo suba, chegando inclusive a tocar a zona da pélvis mas se mantendo sempre dentro da sua bolsa escrotal.

Na verdade é habitual que um testículo esteja mais elevado que o outro, portanto não se assuste se este for o seu caso. Além disso devemos referir que existe um músculo que se chama cremaster e que produz retração testicular quando detecta algum tipo de perigo, não só físico, mas também outras situações de estresse, nervosismo, preocupação, etc.

Nas pessoas é mais complicado observar esta função corporal, no entanto, em animais como os cães é muito visível e, de fato, quando se encontra com outro cão agressivo, é normal que veja como um testículo sobe (ou ambos). Isso não deixa de ser um mecanismo da natureza que pretende proteger esta parte do nosso corpo pois é muito sensível.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Por que os testículos sobem e descem?, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Comentários (0)

Escrever comentário sobre Por que os testículos sobem e descem?

O que lhe pareceu o artigo?

Por que os testículos sobem e descem?
1 de 2
Por que os testículos sobem e descem?