Como diminuir a resistência à insulina


Como diminuir a resistência à insulina

Quando uma pessoa é diagnosticada com resistência à insulina, significa que o pâncreas produz insulina, mas o seu corpo não a está utilizando corretamente. Como resultado, as células dos músculos, a gordura e o fígado de uma pessoa não respondem à insulina da maneira adequada. A insulina é uma hormona que se produz no pâncreas. A insulina é o que ajuda o corpo a utilizar a glicose para obter energia.A resistência à insulina, também conhecida como pré-diabetes, é um problema muito sério. O desenvolvimento da diabetes pode se evitar por vezes com apenas algumas alterações simples no estilo de vida. As pessoas podem ajudar o seu organismo a utilizar a insulina de maneira mais eficiente ao serem fisicamente ativas, na correta eleição de alimentos e mantendo um peso saudável.

Instruções
  1. Eleger alimentos saudáveis para comer é fundamental na diminuição da resistência à insulina. Para começar, o corpo resistente à insulina não utiliza a insulina da maneira mais apropriada. Os alimentos devem ser escolhidos de modo a que não contribuam para o problema de aumento dos níveis da glicose no sangue. Evite comer hidratos de carbono, pois estes estimulam uma grande quantidade de secreções de insulina depois de comer. Incluídos nos hidratos de carbono estão os alimentos que contêm grãos refinados brancos e alimentos e bebidas açucaradas. A melhor maneira de evitar os hidratos de carbono é utilizar os alimentos naturais, alimentos não processados, como carnes, frutas, verduras e gorduras monoinsaturadas, como as nozes, manteiga de amendoim e o azeite ou o abacate.

  2. Planeie pelo menos 30 minutos de atividade física diária para ajudar as suas células a aumentarem a sensibilidade à insulina. Isto pode ser qualquer tipo de exercício físico, como por exemplo caminhar, correr, exercícios aeróbicos e treino de força. Varie as rotinas de exercício para que todas as partes do corpo sejam beneficiadas. Em conjunto com o aumento da sensibilidade das células à insulina, também terá benefícios emocionais e físicos.

  3. Mantenha o seu peso no intervalo normal para a sua estatura. As pessoas com excesso de peso devem perder peso de maneira segura. Uma redução de apenas 10 por cento pode melhorar significativamente a sensibilidade das células à insulina. Perder peso pode ser atingido de modo segura com uma redução de apenas 500 calorias por dia.

  4. Se esforce por se manter o mais afastado possível de situações de estresse, pois o cortisol aumenta os níveis de insulina. Também se recomenda a prática de exercícios de relaxamento e que durma o suficiente, de modo a conseguir diminuir os níveis já elevados de insulina.

  5. Se deseja ler mais artigos parecidos a como diminuir a resistência à insulina, recomendamos que entre na nossa categoria de Diabetes.
Conselhos
  • Se estes conselhos não forem suficientes para diminuir a resistência à insulina, consulte o seu médico.

Comente, dê a sua opinião, pergunte sobre como diminuir a resistência à insulina:


7 comentários


04-11-2014 disse:
muito boa a matéria acabei de ser diaginosticada de resistencia a insulina e estava ainda um pouco confusa e vcs mim esclareceu muitas coisas. Agora é ir a luta
20-09-2014 disse:
o que fazer para diminuir a resistÊncia a insulina tomo glifage e hoje façoexercícios
07-09-2014 disse:
Eu tenho 16 anos tenho resistência a insulina desde os 10 (genética de diabetes na família) ainda não sou diabético mais tenho alto risco...porém pratico natação 3 vezes por semana e caminho 40 minutos 5 dias por semana...tomo glifage XR e orlistate...tenho pequenas veruguinhas na região do pescoço e também região escurecida na parte do pescoço queria saber se isso e sintoma da resistência? desde já obrigado
09-05-2014 disse:
Olá Luís! Obrigada pelo seu comentário e por partilhar conosco a sua experiência. O melhor é ir ao seu médico e explicar a situação, para ver se está fazendo algo de errado.
06-05-2014 disse:
Comigo está ocorrendo algo diferente. Tenho intolerância à insulina há alguns anos, mas nunca tive problema com obesidade. Minha estatura é 1,78m e estava com 75Kg quando, há três meses atrás, deixei de ingerir glúten, laticínios industrializados, refrigerantes, milho e açúcar. Mudei a minha vida para melhor. O problema é que eu não paro de perder peso. Já estou com 63Kg, portanto, perdi 12kg em três meses e continuo emagrecendo. Meu café da manhã é chá, ovos, tapioca ou mandioca ou inhame ou batata doce, e uma fruta. Meu almoço é feijão, arroz, carne (ou peixe ou peito de frango) e salada. Meu lanche da tarde é ovos com tapioca e chá e meu jantar alguma proteína com salada, arroz e ou macarrão de arroz, ou sopa. Depois que eu parei de ingerir o glúten, não sinto tanta fome e todas as minhas taxas ficam normais e olhe que fiz mais de quarenta exames, incluindo hormônios, proteína c-reativa, dhea, glicemia em jejum (86), etc. Não confio mais em médicos, pois eles prescreveram Glifage, mas só melhorei minha glicose (de 116 para 86) quando suspendi o remédio e passei a caminhar. E quanto a esse meu emagrecimento contínuo? O que devo fazer?
28-09-2013 disse:
a resistência insulina dificuldade para engravida?
12-08-2013 disse:
Seria interessante que dessem dicas sobre a alimentaçao diaria de quem tem esse tipo de resistencia.
Vídeos em destaque
Magia revelada Animais de Estimação Tutoriais de Photoshop Veterinário