Partilhar
Partilhar em:

Causas da infecção no sangue

Causas da infecção no sangue

A infecção no sangue, ou como também é denominada pelos médicos, a sepse, é uma doença que pode ocorrer por vários motivos e se não for tratada a tempo e da forma apropriada pode causar a morte do paciente. Esta doença apresenta uma grande variedade de sintomas que, se os detectar, deverá consultar um médico de imediato para começar a combater a doença.

Se quiser conhecer quais são as causas da infecção no sangue, em umComo.com.br vamos explicar tudo o que deve saber para iniciar o tratamento no caso de estar sofrendo ou conhecer alguém que sofra desta infecção.

Também lhe pode interessar: Tratamento natural para reumatismo no sangue

O que é a sepse?

A sepse (infecção no sangue) é uma resposta sistêmica iniciada pelo nosso sistema imunológico na presença de uma infecção. O objetivo desse processo é totalmente defensivo podendo causar danos nos tecidos, insuficiência em vários órgãos e morte.

A infecção no sangue foi definida como Síndrome de Resposta Inflamatória Sistêmica (SRIS), provocando febre, taquicardia, hipotermia, leucocitose ou leucopenia, entre outras.

Esta doença pode afetar qualquer pessoa e pode ser iniciada por qualquer tipo de infecção, pois as consequências mortais que provoca são fundamentalmente originadas por uma ação química liberada pelo sistema imunológico.

Origem da infecção no sangue

Assim como a infecção no sangue pode ser provocada por qualquer tipo de infecção bacteriana, também pode ser provocada em qualquer lugar do corpo, ativando sempre a resposta imunológica que leva à sepse.

Os locais mais comuns do corpo onde se inicia a infecção no sangue podem ser:

  • Cérebro
  • Pulmões
  • Intestino
  • Fígado
  • Vesícula biliar
  • Rins
  • Pele
  • Ossos
  • Corrente sanguínea

Nos pacientes que já estão hospitalizados, é comum detectar a infecção no sangue em vias intravenosas, feridas cirúrgicas ou úlceras.

As principais causas da infecção no sangue

Dentro das causas da infecção do sangue podemos mencionar, entre as mais conhecidas, as infecções virais no sangue, como por exemplo o vírus do HIV e da hepatite C.

  • Com o HIV, se o sangue infectado entrar em contato só com a pele de uma pessoa o vírus não se transmite, mas para se propagar o sangue infectado deve entrar em contato direto com um corte, um arranhão ou uma ferida aberta.
  • Com a Hepatite C, a transmissão ocorre quando o sangue infectado entra em contato com o sangue de outra pessoa. Isso pode ocorrer durante uma transfusão de sangue ou por compartilhar agulhas contaminadas.

Por outro lado, a bactéria conhecida como E.coli é atualmente a causa mais comum de infecções no sangue. Esta bactéria é normalmente encontrada no trato digestivo e entra no organismo com a ingestão de frutas, vegetais ou carne contaminada. Em umComo damos alguns conselhos para que possa prevenir a E.coli.

No caso das infecções renais (infecções nos rins), qualquer bactéria que chegue aos rins pode começar a interferir na sua função, principalmente porque estão diretamente ligados ao sangue, é por isso que esta forma de infecção pode se propagar rapidamente pelo organismo.

Outra origem pode ser por infecções fúngicas do sangue, essa é outra das razões mais comuns pelas quais pode ser ativada a resposta do sistema imunológico que causa a sepse. É normal que o nosso corpo conte com a presença de fungos que, nas condições apropriadas, podem iniciar uma propagação pelo corpo inteiro, podendo aparecer tanto na pele como nos órgãos internos.

Sintomas da infecção no sangue

É importante prestar atenção aos possíveis sintomas que se apresentam com esta doença, a sepse pode aparecer de várias formas, como por exemplo:

  • Queda na pressão arterial
  • Respiração acelerada
  • Calafrios
  • Delírio
  • Febre
  • Hipotermia
  • Tonturas
  • Arritmias cardíacas
  • Tremores
  • Sangramento ou hematomas
  • Erupção cutânea

Além disso, os sistemas corporais e órgãos, como fígado, rins, pulmões e o sistema nervoso central, começam a falhar devido à circulação insuficiente.

Tratamentos para a infecção no sangue

Uma pessoa com esta doença é hospitalizada de forma imediata em uma unidade de cuidados intensivos. Começam a administrar ao paciente oxigênio e também antibióticos que, no geral, são fornecidos por via intravenosa.

Além disso, com o tratamento padronizado ao paciente são fornecidas grandes quantidades de líquidos intravenosos, medicamentos para aumentar a pressão arterial e realiza-se uma hemodiálise no caso de insuficiência renal.

O risco de sepse pode ser reduzido ao receber as vacinas recomendadas e é importante lembrar que na maioria dos casos onde se detecta esta doença, os pacientes não sobrevivem.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Causas da infecção no sangue, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Comentários (0)

Escrever comentário sobre Causas da infecção no sangue

O que lhe pareceu o artigo?

Causas da infecção no sangue
1 de 4
Causas da infecção no sangue