menu
Partilhar

Como a cafeína afeta o sistema nervoso

Por Redação umCOMO. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como a cafeína afeta o sistema nervoso

A cafeína é um estimulante proveniente do café que atua sobre o nosso sistema nervoso durante um determinado tempo, diminuindo o nosso cansaço e nos proporcionando mais energia. Ao contrário do que se pensa, esta não se acumula no sangue, mas elimina-se poucas horas depois de ingerir. Ainda que nem para todos os indivíduos o efeito da cafeína atue da mesma forma, possui um efeito sobre o nosso corpo. Para saber quais são esses efeitos, em umComo vamos explicar como a cafeína afeta o sistema nervoso do corpo humano.

Também lhe pode interessar: Como cuidar do sistema nervoso
Passos a seguir:
1

Ao se tratar de uma substância energizante, a cafeína estimula a nossa atividade diária e causa-nos uma sensação de euforia durante um período de tempo curto. Nos desperta de tal forma que podemos nos sentir com mais força pouco tempo após a ingerir mas, dependendo da hora que a ingerir, pode causar-nos insônia, por isso é recomendável não o fazer além do meio dia para evitar este problema pela noite.

2

A cafeína estimula o cérebro uma vez que interfere na ação natural da nossa adenosina, que é um transmissor nervoso que nos provoca a tranquilidade. Assim, ao nos manter acordados, a cafeína influencia na nossa atividade intelectual e estimula a nossa criatividade, fazendo com que nos sintamos mais fortes e ativos e ajudando a que aumentemos os níveis de adrenalina do nosso cérebro. Ao facilitar a nossa atenção, o nosso esforço intelectual fica beneficiado.

Como a cafeína afeta o sistema nervoso - Passo 2
3

Ao aumentar os níveis de adrenalina, a cafeína aumenta o rendimento físico ao realizar esporte, já que atua sobre o nosso coração aumentando sua força de contração e pressão arterial. É assim como aumenta a resistência, pelo que é ideal para aqueles exercícios aeróbicos ou de longa duração. Por isso, influencia de forma notável nos esportistas, uma vez que a cafeína aumenta as suas capacidades de concentração e diminui o seu cansaço físico, o que causa um melhor resultado nas marcas esportivas.

4

Segundo estudos médicos, a cafeína, ao diminuir o cansaço dos músculos, também atua sobre os respiratórios, por isso podemos falar de uma substância broncodilatadora que pode ajudar a reduzir os sintomas nas pessoas asmáticas. Ao estimular a função dos nossos pulmões, a cafeína melhora a atividade das vias respiratórias e pode ser utilizada como tratamento neste tipo de pacientes.

Como a cafeína afeta o sistema nervoso - Passo 4
5

Mas a cafeína gera uma certa dependência depois do seu consumo diário e tem o inconveniente de criar insônia e inquietação. Dado que o nosso corpo habitua-se ao seu consumo, costumamos aumentá-lo, pelo que nos pode causar uma alteração cardíaca e respiratória devido a um aumento da dose habitual. Outros sintomas que podemos sentir devido ao seu consumo sem medida são os tremores ou a percepção da realidade alterada. Além disso, no caso de estar grávida, recomenda-se limitar a sua ingestão. Descubra mais sobre se pode tomar café grávida, no nosso artigo.

Por isso, é conveniente que faça um uso racional desta substância sem elevar as ingestões diárias além da sua tolerância que adquiriu dia a dia ao consumi-la. Não podemos falar de um vício propriamente dito, já que aqueles que a consomem não mostram um comportamento compulsivo ou perdem o controle, que são os sintomas mais comuns de um vício, como acontece ao consumir outras substâncias como o álcool ou as drogas.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como a cafeína afeta o sistema nervoso, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Fernanda Bernardino
Olá, gostaria de saber em que ano foi publicado esse texto. Vou usar ele como referência num trabalho e precisa saber o ano. Grata desde já!
Como a cafeína afeta o sistema nervoso
1 de 3
Como a cafeína afeta o sistema nervoso

Voltar ao topo da página