Partilhar

Posso tomar café grávida?

Por Sara Viega. Atualizado: 20 janeiro 2017
Posso tomar café grávida?
Imagem: Flickr.com

O café é uma das bebidas que mais consumimos ao longo de nossas vidas. No entanto, existem determinadas etapas em que este hábito pode ser preocupante. Uma delas está relacionada com a gravidez, período em que as mulheres cuidam de sua dieta e nutrição prestando atenção aos detalhes. Em umComo.com.br respondemos à sua pergunta posso tomar café grávida?, analisando seus componentes, efeitos, além das opiniões existentes por parte dos especialistas em torno ao consumo desta bebida durante a gestação.

Componentes do café

Ao falar de café, nos referimos a uma bebida cujo principal sinônimo é a cafeína, sem dúvida seu componente mais significativo. De fato, esta substância é a causa de que o café seja uma bebida estimulante, por um lado, e do seu sabor amargo, por outro. No entanto, não nos devemos esquecer que existe uma ampla variedade de cafés, e dependendo de qual for consumido durante a gravidez, estaremos introduzindo no nosso organismo diferentes quantidades de cafeína.

Sendo assim, o café arábica é o que proporciona a menor quantidade de cafeína ao organismo (proporcionalmente), se compararmos com outros cafés do mercado, mas atenção: seu preço é mais elevado. Nesta linha, merece um comentário à parte o café descafeinado, pois a quantidade de cafeína se encontra regulada pela indústria, sem poder ultrapassar 0,1% do total.

Propriedades da cafeína

Como dissemos anteriormente, a cafeína funciona principalmente como elemento estimulante, por transmitir impulsos entre os nossos neurônios. Uma condição e propriedade que não deve ser interpretada como negativa, pois o ser humano pode consumir diariamente até 300 miligramas de cafeína. Isso se deve, entre outras coisas, ao aumento da capacidade intelectual, diminuindo a fadiga e tonificando o organismo.

De forma paralela, também convém saber que o consumo de cafeína não é acumulativo, sendo eliminada até seis horas depois de ter sido tomada pelo indivíduo. No entanto, este componente também contém uma propriedade paralela e portanto, em grandes doses, pode viciar; por isso os consumidores e amantes desta bebida podem sofrer sintomas adicionais se não ingerirem a quantidade diária de cafeína que estão acostumados a tomar.

Consumo durante a gravidez

As opiniões neste aspecto encontram-se divididas. Alguns especialistas dizem que o consumo de café durante a gravidez em certas doses não é negativo. A quantidade aconselhada nestes casos é de ao redor de 250 miligramas, ou seja, entre duas e três xícaras de café diárias.

Neste sentido, é necessário observar as consequências que o consumo de café gera durante este período. Por isso, os opositores do consumo de café durante a gestação denunciam que esta prática é responsável pelo aumento do mal-estar digestivo nas mulheres grávidas, entre outras condições.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Posso tomar café grávida?, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Posso tomar café grávida?

O que lhe pareceu o artigo?

Posso tomar café grávida?
Imagem: Flickr.com
Posso tomar café grávida?

Voltar ao topo da página