Partilhar
Partilhar em:

Como é feito o exame de DNA

Passo a Passo
Avaliação: 4,7 (14 votos)
2 comentários
17 vezes partilhado
 
Como é feito o exame de DNA
Fonte: dnalab.com.br

Muito provavelmente você já ouviu falar em exame de DNA, também chamado de teste de paternidade. Trata-se de um exame médico tem como objetivo tirar dúvidas acerca da paternidade ou maternidade de alguém, identificar suspeitos de crimes e determinar a origem de algumas doenças. Os resultados são precisos, o que faz deste método o mais eficaz atualmente. Para que perceba como é feito o exame de DNA, preparámos este artigo umComo.com.br. Continue lendo e descubra!

Também lhe pode interessar: O que é o DNA
Passos a seguir:
1

O DNA é a nossa herança genética, herdada em 50% pela mãe e em 50% pelo pai. O DNA difere apenas em 1% de pessoa para pessoa, mas pegando em polimórficos (trechos bem específicos que variam de acordo com os sujeitos), é possível chegar a resultados conclusivos quanto à paternidade e maternidade do filho em questão.

2

O exame de DNA é feito pegando em qualquer célula existente no organismo, desde que esta possua um núcleo. É mais frequente usar-se o sangue ou a saliva, pois estas são as amostras que apresentam maior porcentagem de sucesso na análise, mas também se podem usar fios de cabelo com a raiz incluída, sêmen e pele.

Fonte: e-dna.com.br
3

Após a recolha das amostras, estas são "ampliadas", de forma a aumentar a quantidade de DNA presente nelas. Procede-se à análise de 13 a 19 trechos de DNA - os polimórficos - muito específicos de cada pessoa.

4

O que determina a informação presente no código genético é a ordem, ou sequência, em que aparecem os nucleotídeos, que são "bloquinhos" que formam as longas cadeias de DNA. Eles são formados por açúcar, fosfato e bases nitrogenadas de quatro tipos: A (adenina), C (citosina), G (guanina) e T (timina).

Fonte: dciencia.es
5

Concentrando-se na sequência de nucleotídeos, os cientistas procuram descobrir quantas vezes ela se repete em cada polimórfico, e comparam-na com a sequência presente no DNA do pai e da mãe.

6

O resultado é interpretado por um equipamento a laser, que produz uma imagem computorizada com tracinhos, semelhante à que mostramos. Para se determinarem os protegedores do filho, os tracinhos dele devem sempre corresponder aos da mãe ou aos do pai. As correspondências na imagem foram assinaladas a vermelho e, neste caso, o pai será o homem B.

7

Para que não haja dúvidas quanto aos resultados, eles são traduzidos por escrito, de forma acessível e objetiva, concluindo a quem pertence a paternidade do filho em questão.

Fonte: midianews.com.br

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigos parecidos a Como é feito o exame de DNA, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Conselhos
  • É possível fazer um teste de paternidade a um bebê que ainda não tenha nascido, desde que este já tenha completado a 10ª semana de gestação.
  • O ideal é que a mãe se submeta também ao teste de ADN, de forma a tornar a leitura dos dados mais clara.
Comentários (2)

Escrever comentário sobre Como é feito o exame de DNA

O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
Arneque Mário Chimote
É muito impercionte ver essas tecnologias de exmas gostei
Tania Pires
Tenho uma pegunta: se num exame de DNA eu posso saber qual o grau de contaminação de organoclorados : ex : aldrin, endrin, BHC, DDT, endosulfan, heptacloro, lindane, mirex, toxafeno seri exame em pessoas com contaminação cronica. não seria contaminação aguda.

Como é feito o exame de DNA
Fonte: dnalab.com.br
Fonte: e-dna.com.br
Fonte: dciencia.es
Fonte: midianews.com.br
1 de 5
Como é feito o exame de DNA