Partilhar

Como está o bebê com 38 semanas de gestação

Por Vanessa Lopes. Atualizado: 3 julho 2018
Como está o bebê com 38 semanas de gestação
Imagem: alobebe.com.br

Com 38 semanas de gestação, que equivale a 9 meses de gravidez, já se encontra na reta final e o dia tão esperado está chegando. Por esta altura o desenvolvimento do seu bebê já se encontra completo e por isso está pronto para nascer, apesar da maioria só nascer até completar 40 semanas. A semana 38 é uma boa altura para sair de licença de maternidade, se não saiu já, pois assim pode esperar confortavelmente em sua casa pelo dia do parto. Em umComo vamos lhe explicar como está o bebê com 38 semanas de gestação e também quais são as alterações na mulher com 38 semanas de gravidez.

Também lhe pode interessar: Quais os cuidados na gestação de gêmeos
Passos a seguir:
1

Com 38 semanas de gestação, os bebês pesam em média entre 3 e 3,2 quilos e medem aproximadamente 49 cm da cabeça aos pés. A partir dessa semana, eles continuam a acumular gordura para ajudar a controlar a temperatura após o nascimento. Por isso, se seu bebê não nascer nessa semana e se a placenta estiver saudável, seu bebê só vai continuar engordando.

Como está o bebê com 38 semanas de gestação - Passo 1
Imagem: maemequer.pt
2

Nesta altura os lóbulos das orelhas já estão endurecidos por cartilagem e o cabelo encontra-se sedoso. Os órgãos sexuais estão completamente desenvolvidos e os ossos também já possuem uma boa flexibilidade.

3

Para além dos órgãos sexuais, todos os outros órgãos e sistemas já se encontram completamente desenvolvidos. No entanto, os pulmões são os que demoram mais para amadurecer por completo. Pode acontecer que, após o nascimento o seu bebê demore um pouco até que adquira um ritmo normal de respiração.

Como está o bebê com 38 semanas de gestação - Passo 3
Imagem: meubebeminhavida.com
4

A frequência cardíaca do bebê é duas vezes mais rápida do que a da mamãe, de 120 a 160 batidas por minuto. Também é nesta semana que os intestinos do bebê dão provas que estão funcionando bem através do mecônio. O mecônio é uma substância verde e pastosa que se forma e que é considerada como o primeiro cocô do bebê. Esta substância é expelida após o nascimento do bebê.

Como está o bebê com 38 semanas de gestação - Passo 4
Imagem: bebeatual.com
5

Quanto à mamãe, esta é uma boa altura para sair de licença de maternidade do seu trabalho, pois a barriga começa a dificultar as atividades rotineiras. Provavelmente já não está dormindo bem, o que a deixará mais cansada durante o dia. Por isso, agora é hora de relaxar, descansar e de preparar a mala de maternidade, caso ainda não a tenha feita.

Como está o bebê com 38 semanas de gestação - Passo 5
Imagem: revistacrescer.globo.com
6

As alterações na mamãe com 38 semanas de gravidez incluem inchaço das pernas, aumento de peso e cansaço. Para além disso, é normal que nesta fase a barriga fique mais dura e sinta uma sensação de cólica. Nesta fase, as contrações vão ser cada vez mais frequentes e com um espaçamento menor entre elas.

Como está o bebê com 38 semanas de gestação - Passo 6
Imagem: eunascinoviladaserra.com.br
7

É importante reconhecer os sinais indicadores de que vai entrar em trabalho de parto, para falar logo ao seu médico.

Leia também: Cólicas na gravidez, é normal? - Tipos de dor de cada mês

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como está o bebê com 38 semanas de gestação, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Como está o bebê com 38 semanas de gestação

O que lhe pareceu o artigo?

Como está o bebê com 38 semanas de gestação
Imagem: alobebe.com.br
Imagem: maemequer.pt
Imagem: meubebeminhavida.com
Imagem: bebeatual.com
Imagem: revistacrescer.globo.com
Imagem: eunascinoviladaserra.com.br
1 de 6
Como está o bebê com 38 semanas de gestação

Voltar ao topo da página