Partilhar

Como evitar um cisto pilonidal

 
Por Redação umCOMO. Atualizado: 4 junho 2019
Como evitar um cisto pilonidal

Um cisto pilonidal, também conhecido como abscesso pilonidal, é um cisto que aparece na zona sacrococcígea, na linha média das costas e bem perto da dobra interglúteo. Este cisto ocorre, porque um pelo penetra no tecido subcutâneo e faz com que o tecido forme um cisto ao redor do pelo para poder isolá-lo. Costuma aparecer em pessoas entre os 15 e os 35 anos com uma maior incidência nos homens do que nas mulheres.

Esta condição pode surgir devido a uma vida sedentária, excesso de pelo corporal, sudorese excessiva, foliculite ou por histórico familiar e costumam crescer para cima, mas existe a possibilidade, em torno de 7%, de crescer para baixo e ocorrer uma fístula anal. Depois de sabermos o que é exatamente, em umComo.com.br vamos falar sobre como evitar um cisto pilonidal.

Também lhe pode interessar: Como tratar cisto pilonidal
Passos a seguir:
1

Normalmente este tipo de condição é assintomática e só podemos notá-la porque cria áreas mais elevadas com um pequeno orifício ainda que seja verdade que algumas vezes possa provocar febre, dores articulares e musculares ou mal-estar geral. Estes sintomas ocorrem normalmente porque a área se infecta com as bactérias que habitam na superfície da pele.

Esta infecção, além do mais, pode gerar um abscesso que dará lugar à vermelhidão da pele e que esta área fique dolorida, em alguns casos o abscesso e seu conteúdo podem drenar por si próprios sem a necessidade de intervenção.

2

A prevenção é o melhor remédio. Se você já sofreu de um cisto pilonidal, a melhor forma de prevenir sua repetição é manter a área livre de pelo, pois como os cistos ocorrem por um pelo, se evitarmos ter pelos na região, as chances de voltar a sofrer com isso são menores. O médico que curou você também tem de prestar atenção nisso para que não fiquem pelos embaixo da pele infectada; do mesmo modo, deverá certificar-se de que a sutura da ferida não deixa nenhum tipo de abertura.

Como evitar um cisto pilonidal - Passo 2
3

Aconselha-se o uso de sabonetes antibacterianos ou glicerina para a limpeza da área. O sabão precisa de ser suave, mas que não obstrua os poros; você deverá esfregar suavemente a área infectada e à volta para conseguir retirar toda a sujeira em torno dos folículos do pelo e, assim, evitar uma nova infecção. Depois de realizar a limpeza deve certificar-se de que esta área fica sem restos de sabão e seca.

4

Você deve evitar o sedentarismo, porque um tempo prolongado sobre um assento vai irritar a área do cóccix e isto pode fazer com que os pelos cresçam para dentro. Já se sabe que se o pelo crescer para dentro as chances de infecção são maiores, por isso, aconselha-se também o uso de roupa folgada.

Como evitar um cisto pilonidal - Passo 4
5

E como último conselho, se você tem sobrepeso, também é indicado um plano de emagrecimento, uma vez que as pessoas com sobrepeso costumam suar mais e este é outro dos motivos que podem provocar os cistos.

6

Em relação ao tratamento, o primeiro conselho que se dá é deixar que a condição desapareça naturalmente se não estiver infeccionada, mas, caso já tenha surgido um abscesso e este não drene por si só, você deverá cortá-lo com um bisturi para permitir a drenagem.

Logicamente que este processo deve ser feito por um médico e fazê-lo com anestesia local e com um tratamento antibiótico e curativos nos dias posteriores. Se os cistos forem crônicos o melhor é a intervenção cirúrgica com anestesia para eliminar o cisto em bloco.

Em umComo.com.br contamos para você as diferentes formas de tratar um cisto pilonidal.

Como evitar um cisto pilonidal - Passo 6
7

Nos primeiros dias do cisto é possível curá-lo por conta própria com remédios caseiros, desde que já não esteja infectado. Um dos remédios mais usados é o banho quente com sais de Epsom. Graças a este banho serão reduzidos o inchaço e a dor, e ele ajudará também na redução do cisto.

Entre os remédios naturais encontra-se ainda a cúrcuma que, graças às suas propriedades anti-inflamatórias, pode ajudar a reduzir a área infectada. A cúrcuma pode ser ingerida via oral através de cápsulas ou fazendo uma massa de cúrcuma com água e aplicando sobre a área cobrindo-a com uma bandagem.

Os óleos de árvore de chá são muito úteis para a pele graças às suas propriedades antissépticas e a sua aplicação é muito fácil pois você só precisa aplicar uma gota deste óleo sobre o cisto diariamente.

Em umComo.com.br damos uma lista mais ampla de remédios caseiros para o cisto pilonidal.

Como evitar um cisto pilonidal - Passo 7

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como evitar um cisto pilonidal, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre Como evitar um cisto pilonidal

O que lhe pareceu o artigo?

Como evitar um cisto pilonidal
1 de 5
Como evitar um cisto pilonidal

Voltar ao topo da página