Partilhar

Como se forma a placenta

 
Por Paula Cassandra. Atualizado: 23 janeiro 2020
Como se forma a placenta

A placenta é considerada um sistema vital para o bebê, que desempenha uma série de funções ao longo dos nove meses de gestação, como abastecimento de oxigênio e nutrientes, produção de hormônios, eliminação de resíduos, proteção imunológica e contra impactos na barriga. Mas afinal, você sabe como se forma a placenta? Confira as informações que o umCOMO reuniu a respeito do tema e obtenha mais informações sobre esse órgão de extrema importância para a gravidez.

Também lhe pode interessar: Como são os infartos da placenta
Passos a seguir:
1

A partir do momento que o óvulo é fecundado pelo espermatozoide, inicia-se uma sequência de etapas que vão dar origem ao feto. Tudo começa quando, após fertilizado, o óvulo se encaminha para o útero, onde tem o objetivo de se fixar para então dar início ao processo de gestação propriamente dito. Desse modo, em até 10 dias está previsto que o óvulo fecundado, agora chamado de blastocisto, se implante nas paredes do útero. Quando isso acontece, se chama nidificação.

Como se forma a placenta - Passo 1
2

Para entender como se forma a placenta é necessário compreender o que acontece antes. Desse modo, é possível dizer que a partir do momento que o blastocisto se fixa nas paredes uterinas, a placenta começa a se formar, o que se inicia exatamente no ponto de ligação entre óvulo e útero. Com isso, o novo órgão que começa a se formar poderá em breve oferecer ao feto todo o suporte do qual precisa para se desenvolver de maneira completa. Além disso, levando em consideração o tempo médio previsto para cada etapa da gestação, pode-se indicar que a placenta se começa a se constituir após uma semana da fecundação do óvulo.

3

O blastocisto, que nesta fase é ainda muito pequeno, é composto de duas camadas. Uma delas é interna, que constitui a massa celular, e a outra é externa e também possui células. Assim como a camada interna dá início ao embrião, a camada externa dá origem à placenta, ao se formarem as vilosidades coriônicas, que são saliências minúsculas que unem a parede uterina aos vasos sanguíneos. É por esse canal que acontecem as trocas entre o feto e a gestante, inclusive, quando a placenta não estiver toda formada e o organismo da mulher tiver que colaborar com algumas funções, como eliminar os desperdícios do feto, que entram no seu sistema circulatório.

Como se forma a placenta - Passo 3
4

O corpo da gestante é responsável ainda por enviar anticorpos e nutrientes ao feto, no entanto, a placenta se torna completa aproximadamente no final do primeiro trimestre da gravidez. Vale dizer também que nesse período, a placenta já costuma ter um tamanho maior em relação às dimensões do feto. O seu crescimento continua até o terceiro trimestre, porém, agora, é bem mais lento, embora seja cada vez mais eficiente na manutenção da gestação.

5

É do primeiro para o segundo trimestre de gravidez, portanto, que o novo órgão se torna responsável por fornecer ao feto tudo o que ele precisa, como oxigênio e alimento, além de filtrar os seus desperdícios. Ele também controla a produção de hormônios que são responsáveis pela manutenção da gestação e para deixar o corpo da mulher pronto para o aleitamento materno. A placenta atinge a maturidade no oitavo mês de gestação, quando se torna achatada e redonda, além de ficar mais fina nas suas extremidades.

Saiba também sobre o que é o encapsulamento da placenta.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como se forma a placenta, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Como se forma a placenta
1 de 3
Como se forma a placenta

Voltar ao topo da página