Partilhar

O que comer após a extração de um dente

Por Redação umCOMO. Atualizado: 27 março 2020
O que comer após a extração de um dente

A extração de um dente costuma causar um certo incômodo pela dor que sentimos durante o processo de recuperação, além desse problema inevitável, também temos empecilhos para comer, já que temos que adaptar a nossa dieta às circunstâncias para não danificar a lesão e, ao mesmo tempo, facilitar a higiene dental.

No geral, os dentistas recomendam uma dieta macia, evitando atritos na região em cicatrização, mas nem sempre especificam quais são as melhores alternativas para comer e especificidades dos alimentos com as quais devemos nos preocupar, como ou a temperatura a que os alimentos consumidos devem estar, fazendo com que seja normal que tenhamos algumas dúvidas em relação a nossa alimentação no período em questão.

Para esclarecer suas dúvidas, nesse artigo do umCOMO explicamos com detalhes o que comer após a extração de um dente.

O que comer após extração de dente

Alimentos gelados

A primeira coisa que pensamos quando imaginamos o que comer quando arranca dente são alimentos gelados, já que causam sensação de dormência em função se sua propriedade vasoconstritora, calhando no alívio da dor na cavidade bucal.[1] No momento em que sair do dentista e nas horas seguintes, recomenda-se ingerir certos alimentos frios que possam ajudar a reduzir a inflamação e a dor, algumas das melhores opções são:

  • Sorvete, sempre sem frutos secos, sementes ou ingredientes crocantes. Prefira os clássicos de chocolate, baunilha ou sorvetes de fruta. O frio aliviará notavelmente a inflamação e reduzirá a dor.
  • Iogurte, uma ótima alternativa.
  • Pudim ou iogurtes.
  • Sucos de frutas não cítricos, como o mamão, a melancia ou o melão.

O uso de alimentos gelados e até mesmo de gelo é recomendado nas primeiras 24 horas após a extração do dente e deve ser feito por 10 minutos com intervalo de 20 minutos.[1] Após esse período inicial, você deverá começar a manter uma alimentação mais normal, por isso, pode incorporar uma série de alimentos suaves que ajudarão na sua nutrição sem problemas.

Alimentos macios

Também na lista de alimentos que pode comer após a extração de um dente, encontramos todos os alimentos macios, já que não irá machucar a região já inflamada. Como visto acima, a recomendação mais clara sobre o que comer após a extração de um dente é manter uma dieta macia, evitar todos os alimentos duros, crocantes, com sementes ou partículas, pegajosos e com determinados sabores intensos que possam originar incômodos na lesão.

Para manter uma dieta macia para se recuperar rapidamente, veja abaixo uma lista com sugestões de possíveis alimentos:

  • Cremes de verduras, de frango ou peixe.
  • Pão branco.
  • Lácteos e seus derivados.
  • Vegetais suaves cozidos.
  • Purê de batatas ou batatas cozidas.
  • Purê de vegetais, como cenoura ou abóbora.
  • Omelete de ovos ou ovos mexidos.
  • Peixes cozidos suaves.
  • Frango cozido e desfiado.
  • Arroz.
  • Sucos de frutas não cítricas.
  • Vitaminas de frutas não cítricas.
  • Compotas de frutas não cítricas.
  • Sorvetes e granizados.
  • Sorvetes de frutas não cítricas.
  • Iogurtes e pudins.
  • Chás frios.

Importante: por ser macio, você pode comer macarrão depois de tirar o siso e outros dentes, entretanto, trata-se de um alimento cariogênico, que aumenta as chances de uma cárie. Em razão dessa propriedade das massas, tome sempre cuidado apra escovar bem seus dentes após a ingestão desse tipo de alimento.

Alimentos cicatrizantes

Além da preocupação com texturas, temperaturas e sabores, devemos dar atenção para o valor nutritivo do que ingerimos durante o processo de cicatrização após extração dentária. A nutrição terá importância durante esse período pois existem alimentos que favorecem e que retardam a cicatrização[2] e que poderão fazer toda a diferença.

Arranquei um dente, posso comer ovo cozido? Sim. Veja abaixo uma lista com os alimentos mais recomendados para esse período de recuperação.

  • Carnes magras.
  • Nozes.
  • Brócolis.
  • Ovo.
  • Fígado.
  • Grãos integrais.
  • Feijão.
  • Tomate.
  • Salmão.
  • Acerola.

Como visto acima, você pode comer ovo após extrair um dente, entretanto, se sua dúvida é "arranquei o siso, posso comer chocolate?" saiba que a resposta é não pois os chocolates são cariogênicos, grudam nos dentes e ainda dificultam a cicatrização, ou seja, não exatamente tudo do que você não precisa.

Agora que você já sabe o que pode comer quando extrai um dente, veja também como se recuperar após a extração do dente do siso.

O que comer após a extração de um dente - O que comer após extração de dente

Cardápio alternativo para depois da extração de um dente

Opções para o café da manhã

  • Pão branco acompanhado de um queijo fresco ou geleia de alguma fruta não cítrica, sem sementes.
  • Iogurtes sem pedaços de frutas ou cereais.
  • Uma tigela de cereais macios, é muito importante que não esteja crocante.
  • Doces suaves como cupcakes, um pedaço de bolo, etc.
  • Para beber você pode optar por um copo de leite frio, café com leite morno, um chá fresco ou um suco de frutas não cítricas.

Opções para almoçar

  • Peixe branco cozido acompanhado de purê de batatas.
  • Frango desfiado com arroz e cenoura cozida.
  • Creme de frango ou de vegetais.
  • Massa suave e bem cozinhada, acompanhada de um pouco de azeite de oliva ou manteiga, evitando os molhos pelo menos nos primeiros dias.
  • De sobremesa, iogurte sem frutas nem cereais, granizado, uma compota de frutas ou sorvete.

Opções para jantar

  • Omelete simples ou recheada de queijo suave.
  • Ovo mexido.
  • Purê de cenoura ou abóbora.
  • Creme de frango ou de vegetais.
O que comer após a extração de um dente - Cardápio alternativo para depois da extração de um dente

Durante quantos dias deve comer assim?

O período durante o qual deve manter uma dieta branda após a extração de um dente, dependerá fundamentalmente do tipo de dente que tenha sido retirado e das recomendações do dentista. De forma geral, quando se extrai um dente molar devemos manter uma dieta macia por pelo menos 3 dias, enquanto se tiver retirado um ou vários dentes do siso, deverá comer deste modo por pelo menos 6 dias.

É possível que este período possa ser mais curto ou mais longo dependendo da velocidade de cura e do tipo de extração realizada. Após este tempo, poderá ir incorporando alimentos sólidos pouco a pouco em sua dieta até estar completamente recuperado.

O que comer após a extração de um dente - Durante quantos dias deve comer assim?

O que evitar após a extração de um dente

Existe uma lista de alimentos que não deve comer ao retirar um dente, por isso evite alternativas como:

  • Alimentos crocantes e/ou fritos.
  • Ingredientes picantes, pois são altamente irritantes.
  • Todo o tipo de cítricos, pois geram grandes incômodos.
  • Bebidas ou alimentos muito quentes.
  • Cereais, sementes ou grãos pequenos que possam ficar presos no local.
  • Alimentos com textura de goma.
  • Refrigerantes e bebidas com gás.
  • Álcool.

Você poderá incorporar estes ingredientes pouco a pouco e à medida que vá se recuperando.

O que comer após a extração de um dente - O que evitar após a extração de um dente

Outros cuidados após extração de dente

A alimentação é um fator muito importante para sua recuperação após a extração de um dente, já que poderá influenciar diretamente na região afetada e também de forma indireta por meio da ingestão de alimentos que ajudar ou que atrapalham a cicatrização[2], entretanto, não é o único cuidado que devemos ter para garantir uma recuperação. Veja abaixo alguns dos cuidados que poderão de ajudar a se recuperar de forma rápida e sem complicações:

  • Escove bem os dentes: ainda que seja um cuidado que devemos sempre ter, a escovação bem feita dos dentes é um favor que merece atenção especial durante o processo de recuperação de uma extração dental pois os resquícios alimentares poderão atrair bactérias para a região e causar piora na inflamação local, além de possível infecção bacteriana. Para garantir sua higiene, veja como escovar os dentes depois de uma extração.
  • Faça uso de fármacos analgésicos e anti-inflamatórios: a dor causada pela extração de um dente é algo que pode atrapalhar nossas dias por dias, tornando difícil que consigamos realizar tarefas básicas do dia a dia. Para solucionar seu problema e te proporcionar melhor qualidade de vida nos primeiros dias após a extração, fármacos como o Ibuprofeno poderão de ajudar a combater a dor[3], sendo ideal que você peça para seu dentista pela recomendação de um analgésico.
  • Não use canudos: quando bebemos algo por meio de canudos, apesar da praticidade proporcionada pelo objeto, também pode trazer complicações com a comunicação buco-sinusal.[4]
  • Não fume: é de conhecimento geral que fumar cigarros é prejudicial para a saúde, entretanto, existem alguns detalhes sobre isso que poucos conhecem. A fumaça dos cigarros, quando em contato com as mucosas da boca, diminui a capacidade de cicatrização do tecido, deixando-o mais propenso a infecções.[5]

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que comer após a extração de um dente, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Referências
  1. PINTO, J. B; de MACEDO, L. D.; VALENTE JÚNIOR, L. A. S.; de SOUZA, L. A.; CORRÊA, M. E. P. Manual de Atendimento Odontológico a Pacientes com Coagulopatias Hereditárias. Secretaria de Atenção à Saúde, Ministério da Saúde, Brasília, 2015. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_atendimento_odontologico_pacientes_coagulopatias.pdf. Acesso em: 25/03/2020.
  2. MENDES, D. C.; SANTOS, B. C. O.; de OLIVEIRA, L. B.; SABINO, L. da F.; A importância da nutrição no processo de cicatrização de feridas. Revista Científica Univiçosa, Vol. 9, nº 1, Viçosa, 2017. Disponível em: https://academico.univicosa.com.br/revista/index.php/RevistaSimpac/article/download/814/1116. Acesso em: 25/03/2020.
  3. WILKEN, I. S.; de ABREU, M. H. N. G.; Utilização de analgésicos opioides após exodontia de terceiros molares: uma revisão da literatura científica. Arquivos em Odontologia, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/arquivosemodontologia/article/download/3728/2485/. Acesso em: 25/03/2020.
  4. CASTANHA, D. de M.; de ANDRADE, T. I.; COSTA, M. de R.; NUNES, J. R. R. de M.; de VASCONCELOS, R. G. Considerações a respeito de acidentes e complicações em exodontias de terceiros molares: revisão de literatura. Brazilian Journal of Surgery and Clinical Research, Vol. 24, nº 3, pp. 105-109, 2018. Disponível em: https://www.mastereditora.com.br/periodico/20181103_223400.pdf. Acesso em: 25/03/2020.
  5. da SILVA, S. A. Malefícios causados pelo tabaco na cavidade bucal. Universidade Federal de Minas Gerais, Campos Gerais, 2012. Disponível em: <a href="https://www.nescon.medicina.ufmg.br/

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
kah
fiz a extraçao ja faz 6 dias ja posso comer coxinhas?
Fabiana silva
Boa noite! Arranquei um dente tem mais ou menos umas duas horas. Posso comer mocotó e fazer sexo?

O que comer após a extração de um dente
1 de 5
O que comer após a extração de um dente

Voltar ao topo da página