Partilhar

O que pode ser verruga no saco escrotal

 
Por Nathália Oliveira. Atualizado: 27 julho 2018
O que pode ser verruga no saco escrotal
Fonte: healthline.com

Um pequeno sinal fora do comum na região do pênis pode alarmar muitos homens. Por se tratar de uma região sensível, logo se pensam em possibilidades como doenças sexualmente transmissíveis ou até mesmo algo mais grave, como o câncer. Se você está preocupado com o que pode ser verrugas no saco escrotal, neste artigo do umCOMO esclareceremos todas as suas dúvidas. Falaremos a respeito das possíveis causas, seus sintomas e formas de tratamento para verruga no saco ou na virilha. Continue lendo para saber mais.

Também lhe pode interessar: Dor nos testículos, o que pode ser?

Verruga na virilha é sempre HPV?

Quando observamos a incidência de verrugas na região da virilha, a causa mais óbvia é o HPV (papilomavírus humano). É uma doença perigosa que pode causar complicações sérias como câncer, e cogitar a possibilidade de ser HPV deve ser uma prioridade (para ajudar em um possível tratamento). Entretanto, essa não é a única causa possível para explicar o aparecimento de verrugas.

De acordo com médicos especialistas, outros sinais na pele na região da virilha podem confundir o paciente:

  • Nevos (áreas de pele manchada);
  • Foliculite;
  • Espinhas.

Além disso, existe a possibilidade da verruga ser apenas uma verruga comum que não tem relação alguma com o papilomavírus humano. Mas, se você percebeu alguma alteração atípica na região genital, é indispensável procurar um médico que passe os exames necessários para confirmar o diagnóstico.

Qual o médico para verruga no saco?

O médico para verruga no saco pode ser o clínico geral, urologista, infectologista, dermatologista e, no caso das mulheres, o ginecologista.

Leitura complementar: Espinha no pênis, é normal?

O que pode ser verruga no saco escrotal - Verruga na virilha é sempre HPV?

O que é HPV?

O vírus do papiloma humano é a doença sexualmente transmissível mais comum do mundo inteiro.

Existem mais de 200 tipos diferentes de HPV, aonde alguns podem não causar nenhum sintoma, outros podem acarretar no desenvolvimento de verrugas na região genital e outros, ainda, estão relacionados a aparecimento de tumores no pênis, ânus, boca e garganta.

É importante frisar que cada tipo de HPV pode afetar uma região do corpo de maneira diferente, ou seja, tipos diferentes de vírus podem afetar regiões como a genitália, a pele em si ou mucosas, como a boca.

Como se transmite HPV

Existem diversas formas de transmissão do HPV, mas a mais comum e recorrente é o sexo desprotegido. Estima-se que uma grande parcela da população possui o vírus mesmo sem saber, o que aumenta os riscos de contágio. Outras formas de contágio são menos comuns mas ainda devem ser mencionadas:

  • Durante o parto normal a mãe pode passar HPV para o bebê; nesses casos opta-se pela cesariana;
  • Através do contato direto das mãos, dedos ou pele em geral com as verrugas;
  • Uso compartilhado de objetos infectados, como toalhas e lâminas.

Sintomas do HPV

Como alguns tipos de HPV não trazem sintomas consigo, o paciente pode ter o vírus sem saber pois nunca houve manifestação. Entretanto, as verrugas são o principal sintoma de HPV e ao menor sinal delas é tempo de ficar em alerta.

Veja mais em: Como identificar o HPV no homem

Consequências do HPV

A consequência mais grave do HPV é o câncer. Para alguns tipos de HPV, a transformação da verruga em um cancro é extremamente rara e difícil, no entanto, tipos como 16, 18, 31 e 45 oferecem maior risco pois possuem alto potencial oncológico. O câncer causado pelo HPV pode afetar a região genital e do ânus, mas caso tenha ocorrido sexo oral desprotegido e com uma pessoa contaminada, também há risco de câncer orofaringeal.

O que pode ser verruga no saco escrotal - O que é HPV?

Como tratar verruga no saco

Após procurar orientação médica, o diagnóstico de confirmação do HPV pode ser feito no próprio consultório analisando principalmente o aspecto das verrugas do papilomavírus, uma vez que se distinguem das verrugas comuns. Mas, para saber qual é o tipo de HPV que precisa ser tratado, alguns exames serão necessários:

  • Biópsia;
  • Peniscopia;
  • Teste genético PCR (reação em cadeia da polimerase).

No caso das mulheres, ainda é possível realizar a colposcopia e, anualmente, o exame preventivo de Papanicolau.

HPV tem cura?

O HPV não tem cura, mas os sintomas podem ser controlados e o paciente pode viver com qualidade. Em alguns casos, o próprio corpo consegue livrar-se do vírus naturalmente. Mas, quando isso não acontece, é difícil fazê-lo de maneira clínica.

Tratamento para HPV

O tratamento para HPV é feito com medicamentos imunomoduladores, que ajudam a estimular o sistema imunológico para eliminar o vírus e remoção cirúrgica das verrugas. Além disso, o paciente deve ficar sempre em acompanhamento médico regular para avaliar a progressão do tratamento.

A forma mais eficaz de se prevenir do papilomavírus humano é através da vacinação e do uso de camisinha durante o ato sexual. No Brasil, a vacina contra o HPV está disponível na rede pública de saúde e também é oferecida pela rede particular.

Leia também: Coceira no saco escrotal, o que pode ser?

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que pode ser verruga no saco escrotal, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre O que pode ser verruga no saco escrotal

O que lhe pareceu o artigo?

O que pode ser verruga no saco escrotal
Fonte: healthline.com
1 de 3
O que pode ser verruga no saco escrotal

Voltar ao topo da página