Partilhar

Quais são os sintomas da mononucleose

Por Vanessa Lopes. Atualizado: 16 janeiro 2017
Quais são os sintomas da mononucleose
Imagem: revistamedicina.com

A mononucleose é uma infeção viral originada pelo vírus Epstein-Barr (EBV) através de diferentes formas de contágio. Uma vez que contraímos esta doença, o período de incubação da mononucleose pode variar entre quatro e sete semanas, apresentado-se logo com sintomas que tendem a ser bastante intensos para o doente, podendo levar inclusive à hospitalização dependendo do caso e estado de saúde. Em umComo.com.br explicamos-lhe com detalhe quais são os sintomas da mononucleose para que possa reconhecê-la rapidamente.

Também lhe pode interessar: Como tratar a mononucleose
Passos a seguir:
1

O primeiro sintoma da mononucleose é a fadiga em geral que faz com que nos sintamos extremamente cansados. Este sintoma pode estender-se por inclusive três meses depois de todos os sinais desaparecerem.

2

Acompanhada à fadiga vem a dor de cabeça e as dores na garganta, sinais típicos de qualquer infeção viral.

3

Quando a mononucleose começa a avançar, os sintomas ficam muito mais intensos, o paciente começa a ter febre que pode durar até 10 dias. A sonolência e o cansaço acompanham todos os sinais.

4

Uma vez que se trata de uma infeção viral, outro dos sintomas da mononucleose é a inflamação dos gânglios linfáticos, particularmente nas zonas do pescoço e axilas. A esta inflamação acompanham a dor e desconforto na garganta.

5

A mononucleose faz o nosso baço inchar, sinal que também pode revelar a presença da doença do beijo, como também é conhecida. Além disso o doente apresenta falta de apetite, dores musculares e erupções cutâneas.

6

Outros sintomas da mononucleose menos habituais são:

  • Tosse e dor no peito
  • Dificuldade em respirar
  • Sangrar do nariz
  • Dor de cabeça intensa
  • Urticária
  • Ritmo cardíaco acelerado
  • Sensibilidade à luz
7

Os primeiros sintomas da mononucleose assemelham-se aos de qualquer gripe ou doença viral, o que marca a diferença é a intensidade e duração dos mesmos. E quando os sinais perduram por vários dias seguidos, é aconselhável consultar um médico para um diagnóstico profissional.

Se tiver 10 dias ou mais experimentando vários desses sinais, deverá consultar um médico. Nos casos em que possam surgir complicações ou quando os sintomas são muito incômodos para o paciente, é normal que os médicos considerem oportuno a hospitalização por mononucleose, por isso não há necessidade para ficar alarmado.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Quais são os sintomas da mononucleose, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Quais são os sintomas da mononucleose
Imagem: revistamedicina.com
Quais são os sintomas da mononucleose

Voltar ao topo da página