Partilhar

Qual a diferença entre enxaqueca e dor de cabeça

 
Por Paula Cassandra. Atualizado: 16 janeiro 2017
Qual a diferença entre enxaqueca e dor de cabeça

As dores na cabeça são sintomas relativamente comuns e podem significar apenas cansaço ou até mesmo doenças graves. E quando a dor de cabeça é, na verdade, uma enxaqueca? Você sabe qual a diferença entre enxaqueca e dor de cabeça? Para distinguir uma da outra, entender as suas causas e qual o melhor tratamento, confira as informações reunidas pelo umComo.com.br a respeito do tema.

Também lhe pode interessar: Como reconhecer a enxaqueca

Dor de cabeça e enxaqueca

A diferença entre enxaqueca e dor de cabeça básica é que enquanto a primeira é um problema de saúde por si só, a segunda é um sintoma de uma série de doenças, embora em alguns casos possa ser também um problema isolado. Estima-se, inclusive, que existam mais de 300 possíveis causas para a dor de cabeça, sendo que uma delas é a própria enxaqueca.

Outra diferença é que a dor de cabeça pode ocorrer em qualquer parte da cabeça, enquanto a enxaqueca se concentra nos lados da cabeça, podendo ser em um só ou nos dois. Ela pode permanecer por quatro horas ou se estender por três dias, embora a crônica possa durar 15 dias ou até mais. Além disso, a sua dor é pulsátil e pode estar acompanhada de náusea e vômito, além de sensibilidade à luz e aos sons.

Já a dor de cabeça, além de aparecer nos dois lados ou em apenas um, pode ainda ser isolada ou irradiar para outros pontos. Ela também pode ser latejante ou uma sensação de peso. A dor de cabeça pode ainda chegar aos poucos ou surgir de uma hora para a outra, bem como durar pouco ou se prolongar por muitos dias. Os indivíduos podem ser geneticamente mais propícios a ter ambos os problemas.

Qual a diferença entre enxaqueca e dor de cabeça - Dor de cabeça e enxaqueca

Causas e tratamento da dor de cabeça

A dor de cabeça recebe o termo clínico de cefaleia, podendo ser primária ou secundária. A primária não se trata de um sintoma, mas do problema em si, associado à hiperatividade, alteração da atividade química cerebral, contração dos nervos ou vasos sanguíneos ou mesmo do pescoço e da cabeça. Dessa forma, as dores de cabeça primárias costumam estar relacionadas à prática de exercícios físicos, tosse e sexo.

Já as cefaleias secundárias são sintomas de algo, podendo ser apenas de uma ressaca, estresse, calor, cansaço, pancada, postura incorreta, cheiro forte, má alimentação, esforço demasiado, chapéu ou boné que aperta, gripe, otite, problema nos dentes ou desidratação. Mas também pode indicar tumor, coágulo de sangue, aneurisma cerebral, malformação do cérebro, intoxicação, encefalite, arterite, glaucoma, meningite, crise de pânico, toxoplasmose e neuralgia do trigêmeo, entre outras doenças. Outra causa é o uso de algum remédio e mesmo tomar excessivamente medicação para a dor.

A dor de cabeça pode ser tratada com analgésicos, mas o recomendado é que sejam apenas tomados quando a dor está muito forte ou prolongada. Além disso, é importante buscar um médico quando ela se torna frequente. Se possível tente descansar ao ter dor de cabeça, beber mais água e comer comidas leves, que pode ajudar a amenizar a dor sem a necessidade de remédios.

Qual a diferença entre enxaqueca e dor de cabeça - Causas e tratamento da dor de cabeça

Causas e tratamento para enxaqueca

A ciência ainda não sabe quais são exatamente as causas da enxaqueca, mas entende-se que é um desequilíbrio bioquímico no cérebro, devido aos neurotransmissores. Assim, quando as células nervosas reagem a algo e enviam impulsos para os vasos sanguíneos, causando sua constrição e, logo após, uma dilatação, são liberadas substâncias que provocam a dor. Esse algo se refere aos gatilhos que podem desencadear a enxaqueca, os quais variam para cada pessoa.

Alguns gatilhos são jejum prolongado, dormir menos ou mais que o comum, estresse, mudanças repentinas no clima, esforço físico, odores fortes, mudanças hormonais, alguns alimentos e bebidas e uso excessivo de remédios para a dor. Já o tratamento para enxaqueca consiste em identificar a sua causa, a fim de evitar os gatilhos e, por consequência, o problema. Em alguns casos é preciso tomar remédios, os quais devem ser prescritos pelo especialista.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Qual a diferença entre enxaqueca e dor de cabeça, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Qual a diferença entre enxaqueca e dor de cabeça

O que lhe pareceu o artigo?

Qual a diferença entre enxaqueca e dor de cabeça
1 de 3
Qual a diferença entre enxaqueca e dor de cabeça

Voltar ao topo da página