Partilhar

Como começar a praticar Reiki

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como começar a praticar Reiki

Os praticantes de Reiki afirmam que as pessoas se sentem atraídas por esta forma de cura justamente quando mais precisam se beneficiar dela. De alguma maneira misteriosa, a energia vital universal suscita nosso interesse e convida-nos a descobri-la em momentos cruciais de nossa vida, quando maior é nosso envolvimento e o rendimento que vamos obter desta aprendizagem. De seguida, em umComo.com.br explicamos-lhe como começar a praticar Reiki.

Também lhe pode interessar: Como experimentar a cura com Reiki
Passos a seguir:
1

As técnicas de Reiki aprendem-se facilmente em um curso dado por um professor. O ensino divide-se em três graus ou níveis, ao longo dos quais se tem acesso a tudo o que está relacionado com a história e o funcionamento desta terapia. Parte desta informação pode ser encontrada em um livro sobre Reiki, mas o mais importante são as atividades (também chamadas "iniciações" ou "harmonizações"), que servem para pôr em funcionamento no aluno a canalização da energia. Este processo requer a ajuda e a supervisão de um professor de Reiki.

2

O melhor modo de se informar sobre um curso é perguntar a um terapeuta com o qual se tenha uma boa relação. Talvez ele mesmo o ofereça ou, caso contrário, conhecerá mais de um professor que o faça. De qualquer forma, seu conselho e orientação na hora de dar o primeiro passo costumam ser muito valiosos. Antes de se inscrever em um curso é fundamental verificar que se tem uma boa empatia com o professor, mas também é conveniente saber onde são dadas as aulas, sua duração e o número de assistentes por grupo.

3

O conteúdo dos cursos de Reiki é sempre similar, mas o modo de focá-los varia de acordo com o professor. Em geral têm um funcionamento informal e combinam a teoria com a prática. Uma classe pode ter até vinte pessoas, todas elas situadas no mesmo nível de aprendizagem. O contato entre os membros do grupo é muito importante, pois a troca de experiências enriquece cada um dos participantes e favorece o desenvolvimento conjunto.

4

Muitos cursos de Reiki incluem exercícios de desenvolvimento pessoal que ajudam a ter mais confiança no professor e nos colegas.

5

Ser iniciado em Reiki não tem nada de misterioso ou exclusivo. A iniciação não supõe ingressar em uma seita nem está reservada a uns poucos escolhidos. Às vezes identifica-se este conceito com práticas ocultas e rituais secretos, mas quem esperar este tipo de coisa de um curso de Reiki vai ter uma grande decepção. É verdade que a aprendizagem deste método curativo tem algo de cerimônia, isto é, de ato regulado no qual se entra em contato com elementos espirituais ou superiores.

6

Qualquer um que tenha experimentado este processo sabe que, de fato os iniciados estão chamados a atingir a unidade e a harmonia com o cosmos através da energia. Mas este caminho de pesquisa e descoberta está aberto a todos os que queiram percorrê-lo.

7

A duração de um curso de Reiki é algo necessariamente flexível. Frequentemente são oferecidos cursos intensivos de fim de semana, mas a maioria dos professores concorda que este ensino acelerado não é aconselhável, porque o iniciado precisa de mais tempo para que se assente o processo de canalização da energia, se desenvolva sua capacidade curativa e sejam atingidos níveis ótimos de entendimento e concentração. Um fim de semana pode ser adequado para o primeiro grau, que costuma requerer entre 12 e 18 horas.

8

A aprendizagem de Reiki e a pressa são incompatíveis. A urgência pode desorientar o aluno e fazer com que se sinta incômodo ou insatisfeito. Além disso, um aspecto importante do treinamento é a prática e a exercitação gradual das técnicas de cura.

9

Entre o primeiro e o segundo grau de Reiki convém deixar um tempo de espera para que o principiante vá amadurecendo os novos conhecimentos. Este período é determinado em função da pessoa (costuma ser ela mesma quem tem a última palavra), pois cada um sabe seu próprio ritmo de assimilação.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como começar a praticar Reiki, recomendamos que entre na nossa categoria de Vida Saudável.

Escrever comentário sobre Como começar a praticar Reiki

O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
virginia maria martins fernandes
eu gostaria de saber um pouco mais e como se pratica para iniciantes. obrigada
Catarine
Quais os maléficos de se inicia no reike? Desde já obrigada.

Como começar a praticar Reiki
Como começar a praticar Reiki

Voltar ao topo da página