menu
Partilhar

Como é o fluxo vaginal durante a gravidez

Como é o fluxo vaginal durante a gravidez

Não há dúvida que durante a gravidez, o corpo da mulher passa por grandes mudanças, algo que a nós pode chegar a gerar muitas dúvidas e preocupações. E uma das mais frequentes é a mudança que se produz no fluxo vaginal nesses meses, que costuma se apresentar em quantidades mais abundantes que as que temos normalmente. Para que não se preocupe e saiba quando é conveniente consultar seu ginecologista, no seguinte artigo de umComo explicamos a você em detalhes como é o fluxo vaginal durante a gravidez. Tome nota!

O fluxo vaginal durante a gravidez

Durante a gravidez, é normal que o fluxo vaginal da mulher aumente e seja mais abundante, mas você não deve se preocupar por isso. Isso ocorre devido às mudanças hormonais que se produzem nesta etapa, pois há uma maior produção de estrógeno e um aumento do risco sanguíneo para a vagina.

É muito provável que ao longo da gestação a leucorreia se caracterize por ser um fluxo de cor branca, inodoro e de aspecto leitoso um pouco mais abundante que quando não estava grávida. Além disso, as secreções do colo uterino formam uma espécie de barreira que protege a matriz perante possíveis infecções, que é o que se conhece como tampão mucoso, o qual pode ser expulso à medida que se vai aproximando o momento do parto, já que o colo uterino começa a dilatar. Neste caso, pode perceber um fluxo com aspecto similar à clara do ovo ou apenas um único coágulo gelatinoso. Tenha em conta que este tipo de fluxo pode aparecer acompanhado também de finos fios de sangue.

Quando se preocupar com o fluxo vaginal na gravidez?

Agora que você sabe como deve ser o fluxo vaginal durante a gravidez, é importante que se mantenha alerta perante possíveis alterações ou mudanças anormais neste fluído. Deverá consultar seu ginecologista com urgência se perceber condições como as que detalhamos a seguir:

  • O fluxo vaginal apresenta uma cor amarelada ou esverdeada, é bastante espesso e vem acompanhado de sintomas como mau cheiro, coceira, ardor e vermelhidão vulvar. Neste caso, poderia se tratar de algum tipo de infecção vaginal causada por fermentos ou bactérias, a qual deve ser tratada medicinalmente de forma imediata.
  • Se o fluxo se torna aguado, mucoso e apresenta sangue ou um tom rosa ou marrom e ainda não está na semana 37 de gravidez, poderia ser um sinal de parto prematuro.
  • Se em vez de perceber secreções de um fluxo vaginal, você notar perdas de sangue, sejam reduzidas ou abundantes, no caso de grandes quantidades poderia existir risco de aborto.
  • Se tem dúvidas, especialmente durante a reta final da gravidez, trata-se de uma secreção de muito fluxo vaginal ou, pelo contrário, de perda de líquido amniótico.

Definitivamente, é muito importante que perante qualquer mudança que note em seu fluxo vaginal durante a gravidez, fale com seu médico para revisar que tudo está bem e que sua saúde e a do seu bebê não corre nenhum tipo de perigo. E, sobretudo, se suspeita que sofre de algum tipo de infecção, não se automedique e siga as indicações do tratamento receitado pelo médico.

O que fazer perante um fluxo vaginal abundante?

O fluxo vaginal abundante durante a gravidez não pode ser evitado, mas há certas medidas que você pode pôr em prática para se sentir mais cômoda e evitar que este sofrimento interfira na realização de suas atividades ou tarefas cotidianas. Assim, recomendamos a você que:

  • Mantenha uma boa higiene da zona genital, fazendo com que esteja sempre limpa e seca.
  • Evite os duches vaginais e os sprays ou perfumes íntimos.
  • Utilize protetores em sua roupa íntima.
  • Use roupa íntima de algodão que favoreça a transpiração da zona.
  • Evite o uso de tampões, já que não são recomendáveis durante a gravidez.

Leia também: Espinha na vagina, o que pode ser e como tratar?

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como é o fluxo vaginal durante a gravidez, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
Leticia
Oi Sara meu médico uma vez me disse que quando a mulher está gravida fazendo uma transvaginal com 4 semanas o endometrio estaria com uns 20mm mais ou menos , bem espesso. Fiz uma transvaginal hoje, 24 após a relação e meu endometrio esta bem fino com 4mm. pode se entender que não houve fecundação e não estou grávida certo ? Foi oq a menina que trabalha na clinica me disse.
Tatiane
Corrimento branco tipo clara de ovo em pouca quantidade o que pode ser ?
Redação umCOMO (Editor/a de umCOMO)
Oi Tatiane, confira as causas do corrimento branco nesse artigo: http://saude.umcomo.com.br/articulo/causas-do-corrimento-branco-4992.html
Como é o fluxo vaginal durante a gravidez
Como é o fluxo vaginal durante a gravidez

Voltar ao topo da página