Partilhar

Como saber se sou alérgico à picadas de insetos

Por Nicolas Santos. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como saber se sou alérgico à picadas de insetos
Imagem: startswithyou.com

As alergias à picadas de insetos geram sintomas como a vermelhidão e constante e intensa vontade de coçar o local. Diante destes sintomas recomenda-se aplicar gelo no local, uma vez que o frio diminui a vontade de coçar, sendo a coceira a principal causadora de uma futura inflamação.

Algumas pessoas podem, também, apresentar uma reação alérgica exagerada denominada choque anafilático, caracterizado por uma extrema dificuldade de respirar e queda de pressão arterial, causada por um edema de glote. Quando isso acontece, a reação alérgica costuma ser muito rápida e o indivíduo deve ser levado ao pronto socorro o quanto antes, correndo o risco de morrer por asfixia. Neste artigo umComo explica como saber se sou alérgico à picadas de inseto.

Também lhe pode interessar: Tratamento de choque anafilático

Alergia a picadas de mosquitos, pulgas, moscas e carrapatos:

Alergia à picadas de insetos deste tipo, mais comuns e menos perigosos por não apresentarem veneno, são mais comuns em crianças e são causadas pela saliva injetada durante a picada.

Os sintomas mais comuns que ela desenvolve são a coceira e uma pequena erupção no local que podem durar alguns dias, dependendo do quanto a pessoa coçou. Algumas destas picadas podem se transformar em feridas abrindo a possibilidade de uma infecção.

O diagnóstico pode ser efetuado por um médico para reconhecer se há algum tipo de alergia à picadas de inseto. As crianças normalmente apresentam este tipo de alergia e perdem-na com o tempo, podendo desaparecer na puberdade, todavia existem alguns casos em que elas persistem até à vida adulta. Em ambos os casos, na infância ou na vida adulta, ela pode ser tratada a partir de uma vacina e não costuma causar maiores complicações.

Alergia a picadas de Abelhas, Vespas, Marimbondos e Formigas:

Este tipo de alergia já não é tão comum quanto as alergias à picadas de insetos menores, e são causadas pelo veneno injetado durante a picada. Como muitas pessoas ao redor do mundo alguma vez na vida já foram picadas por alguns destes insetos, é normal que se desenvolva algum tipo de reação à picada, mas apenas 5% da população mundial realmente possui a alergia à este tipo de picada, e caso tenha, dependendo da quantidade, a picada pode levar ao óbito.

É normal que após a picada, que deixa o local vermelho e inchado, o indivíduo sinta dor. Neste caso o ideal a fazer, caso o indivíduo não seja hipersensível à picada, é aplicar gelo e alguma solução anticéptica como o álcool.

Caso a pessoa seja alérgica à este tipo de picada, ela deve obter assistência médica imediata. Esta pode sentir uma dor mais atenuada e pode ter uma região do corpo inchada por inteiro, como um braço, por exemplo, até graves reações generalizadas e choque anafilático.

Sintomas de alergia à picada de inseto

Os sintomas e sinais gerais que podem representar uma alergia a picadas de inseto são:

  • Vermelhidão;
  • Inchaço no local;
  • Liberação de pus no local;
  • Coceira intensa.

Como tratar a alergia à picada de inseto

Para o tratamento geral da alergia à picadas de inseto, o ideal é passar gelo no local, por até dez minutos para que o inchaço e a vontade de coçar sofram redução. Utilizar creme à base de corticoide de duas a três vezes por dia, por um período de cinco dias é suficiente para o tratamento da alergia à picadas de inseto.

Coçar a área não é recomendado, desta forma se aumenta a probabilidade de se desenvolver uma infecção, além do que o indivíduo pode ter os dedos e mão sujas, levando bactérias à ferida - causando infecção.

Caso o indivíduo possua um alto nível de hipersensibilidade à picadas de insetos, e tenha sido picado por algum inseto venoso, como foi dito, o recomendado é levá-lo ao médico o quanto antes para que as devidas providências possam ser tomadas.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como saber se sou alérgico à picadas de insetos, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Como saber se sou alérgico à picadas de insetos

O que lhe pareceu o artigo?

Como saber se sou alérgico à picadas de insetos
Imagem: startswithyou.com
Como saber se sou alérgico à picadas de insetos

Voltar ao topo da página