Partilhar

Como saber se tenho alergia à tinta de cabelo

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como saber se tenho alergia à tinta de cabelo

As tintas de cabelo permanentes constituem um dos produtos cosméticos que mais se usam hoje em dia, mas também causam muitas reações alérgicas nos consumidores. Embora a segurança destes produtos capilares seja garantida, algum de seus componentes e ingredientes químicos ao entrar em contato com o couro cabeludo podem originar uma reação alérgica, que pode ser manifestada de forma leve, mediante coceira ou ardor na zona em que a tinta foi aplicada, ou mais grave se as lesões se estenderem a outras partes do corpo. No seguinte artigo de umComo mostramos com detalhe todos os sintomas para que descubra como saber se tem alergia à tinta de cabelo.

 

Também lhe pode interessar: Como saber se tenho alergia a gatos
Passos a seguir:
1

A maioria das tintas de cabelo contêm ingredientes químicos como amoníaco, parabenos, resorcinol ou parafenilenodiamina que podem provocar uma dermatite de contato ou lesão mais graves no couro cabeludo e na pele. Por isso, é importante revisar bem a etiqueta destes produtos antes de adquiri-los e optar sempre pelas tintas de cabelo mais naturais possíveis.

2

Um dos principais sintomas da alergia à tinta de cabelo é a vermelhidão da pele que entrou em contato com o produto, como o couro cabeludo, as orelhas ou o pescoço. A vermelhidão costuma ser acompanhada por coceira e ardor, chegando a sentir picadas muito intensas e inclusive dor nas zonas afetadas.

3

Nos casos com um pouco de mais gravidade, outro dos sintomas próprios da reação alérgica à tintura de cabelo é o aparecimento de erupções ou bolhas na pele. Estas bolhas podem conter uma substância aquosa e no final acabam rompendo, deixando crostas na pele.

4

Estas lesões que indicam que você é alérgica à tinta de cabelo podem aparecer durante a aplicação ou depois de várias aplicações do produto. Em qualquer caso, perante a manifestação destes sintomas é importante retirar a tinta do cabelo o mais rápido possível e visitar seu médico ou dermatologista para que lhe receite o tratamento mais adequado. Sobretudo, considere que as lesões tenham se estendido a outras partes do rosto e corpo.

5

Para evitar as reações alérgicas graves à tinta de cabelo, a chave está na prevenção. Como é indicado nas instruções de todas as tintas para o cabelo, o melhor é realizar uma prova prévia para verificar como atua o produto sobre a pele. Aplique uma pequena quantidade do produto sobre a pele na zona interna do braço e espere pelo menos 48 horas. Se notar que a pele fica vermelha, apresenta ardor, coceira ou erupção, retire o produto de imediato e não o aplique sobre o cabelo.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como saber se tenho alergia à tinta de cabelo, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Como saber se tenho alergia à tinta de cabelo

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Elisangela
Pinto meu cabelo desde os 17 anos. Hoje com 43 tenho 100% de cabelos brancos. Pinto a cada 15 dias. Pois, os mesmos crescem muito rápido. Antes não sentia nada. Hoje, sinto muita coceira no dia seguinte ao uso do tonalizante. Não apresento outro sintoma. Pode ser alergia a tintura?

Como saber se tenho alergia à tinta de cabelo
Como saber se tenho alergia à tinta de cabelo

Voltar ao topo da página