Partilhar

Dor na língua, o que pode ser?

Por Mariana Souza. Atualizado: 9 outubro 2017
Dor na língua, o que pode ser?

A língua é um órgão muscular móvel, responsável pela sensação de paladar, degustação dos alimentos, pela articulação dos sons da fala, além de desempenhar papel importante na digestão de alimentos. Ela deve ter um aspecto úmido e limpo e uma coloração avermelhada clara. Mas o que pode ser quando sinto dor na língua? O umComo te auxilia a entender melhor sobre esse desconforto.

A glossalgia, ou dor na língua, pode ser acompanhada por outros problemas como inchaço, irritação, alteração na aparência ou outras anormalidades que podem acometer o órgão. É importante determinar a causa do desconforto bucal para descartar ou diagnosticar e tratar precocemente doenças sérias como câncer bucal, alguma doença sistêmica ou simplesmente a menopausa.

Também lhe pode interessar: Língua marrom, o que pode ser?

Infecção na Boca

As infecções ou irritações menores são as causas mais comuns de dores na língua. As lesões causadas, por exemplo, por morder a língua podem causar feridas dolorosas. Além disso, o consumo excessivo de tabaco pode irritar a mucosa da língua ou da garganta, gerando desconforto.

Dica: Confira também o artigo Língua rachada, o que pode ser -Causas e tratamento.

Aftas

As ulceras virais, ou aftas, aparecem normalmente na língua (ou em outras partes da boca), sem motivo aparente. Alguns médicos acreditam que estas úlceras podem aparecer devido a stress emocional ou cansaço, ou ainda a processos inflamatórios provindos do trato intestinal. O umComo te da dicas de Como curar as aftas da língua.

Dentaduras ou dentes do siso

As dentaduras quando mal posicionadas podem gerar feridas ao longo do uso, trazendo dor na língua. Outra causa de desconforto do órgão se dá, ainda, devido ao mau posicionamento de crescimento do dente do siso, quando esses crescem para dentro da boca, raspando com a língua e também gerando feridas.

Menopausa

Durante a menopausa algumas mulheres podem sentir a saúde oral igualmente afetada por um transtorno denominado síndrome da boca ardente. Tal como o nome indica, essa síndrome provoca uma sensação de ardência na língua, muito parecida com o que sentimos quando nos queimamos com um alimento muito quente. A síndrome, que pode surgir entre os 03 anos que antecedem a menopausa, tem a causa invariavelmente associada à diminuição de produção de estrogênio, hormônio feminino que é afetado durante a menopausa, também associado a produção de saliva, além de afetar as papilas gustativas, responsáveis pela degustação de alimentos amargos.

Uma das formas de tratamento desse desconforto é a adoção de um regime alimentar que inclua alimentos que contribuem para o aumento dos níveis de estrogênio – maçãs, cerejas, soja, batatas, inhames, arroz e trigo e por outro lado, evitar principalmente os alimentos picantes e muito condimentados, a canela e a menta.

Dica: Acesse também esse artigo para saber como tratar ardência na língua.

Câncer de boca

As dores na língua, quando não é possível verificar sua procedência (como inflamações ou aftas) não devem ser negligenciadas caso persistam por mais de uma semana. Mesmo que o câncer de boca não apresente sintomas em sua fase inicial, ele se agrava a ponto de sintomático.

Atenção: procure sempre um especialista para a consulta de sintomas que se considerem próximos ao diagnóstico de um tumor.

Veja também o umComo te indicando como tratar os problemas mais comuns da boca.

 

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Dor na língua, o que pode ser?, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Dor na língua, o que pode ser?

O que lhe pareceu o artigo?

Dor na língua, o que pode ser?
Dor na língua, o que pode ser?

Voltar ao topo da página