Partilhar

Dor no pé da barriga pode ser ovulação?

Por Nathália Oliveira. Atualizado: 28 março 2018
Dor no pé da barriga pode ser ovulação?

Quando algo está errado no organismo, nosso corpo sempre manda algum sinal para nos avisar. A dor é um dos sinais mais claros que indicam que alguma coisa não vai bem em nosso sistema imunológico, bem como a febre: é hora de procurar um médico e tomar a medicação necessária ou repouso.

No entanto, os vários tipos de dores que podemos sentir pelo corpo podem sinalizar alguma enfermidade diferente, dependendo do local. Dores no pé da barriga podem indicar algo de errado em órgãos como o útero, o intestino ou a bexiga. Além disso, a dor pode começar nessa região e irradiar para outras partes do corpo, bem como o contrário. Neste artigo de umCOMO, falaremos um pouco sobre as dores no pé da barriga e o que elas podem significar. Lembre-se que o ideal é sempre procurar um médico para ter melhores orientações sobre o seu caso.

Também lhe pode interessar: Como perder a barriga depois da gravidez

O que pode ser dor no pé da barriga?

A dor na região pode sinalizar alterações no funcionamento de três principais órgãos: o intestino, o útero ou a bexiga. Felizmente, a dor sempre vem acompanhada de outros sinais do sistema imunológico que podem ajudar a identificar a raiz do problema.

Problemas digestivos

Se o problema for no intestino, há uma provável alteração no seu trânsito intestinal. A dor abdominal costuma vir acompanhada de diarreia, gases e/ou prisão de ventre, indicando possíveis intolerâncias a lactose e a glúten, bem como gastroenterites e demais viroses. Se o problema for a má digestão, pode vir acompanhada de enjoo, inchaço na região, azia e também gases e prisão de ventre. O ideal é ter uma dieta mais leve com muitas fibras e água, e com menos alimentos gordurosos. Se os sintomas persistirem por mais dias, é indispensável a procura de um médico para a realização de exames e prescrição de remédios.

Bexiga

Caso o problema seja na bexiga, atente-se: pode ser infecção urinária, o que requer um tratamento mais imediato. A infecção urinária é causada por bactérias do intestino que chegam ao trato urinário, sendo mais frequente nas mulheres por terem uma uretra menor. O sintoma mais comum é a dor intensa ao urinar, por isso, procure um especialista o quanto antes, para as bactérias não atingirem o rim e a doença tomar uma proporção maior. O tratamento para infecção urinária é feito com antibióticos. Acesse esse artigo e esclareça a dúvida: Como saber se estou com infecção urinária?

Pedra nos rins

Outro problema relacionado a dores abdominais que podem atingir a bexiga é a pedra nos rins, que caso não seja eliminada na urina, pode ficar presa nos canais da bexiga causando dor intensa e sangue ao urinar. É indispensável procurar um médico para a realização de exames de ultrassom para saber a gravidade do caso. Foque em beber muita água, reduzir o sal na alimentação e repouso.

Útero

Dor no pé da barriga pode ser ovulação? A dor no pé da barriga também pode atingir o útero: cólicas menstruais costumam ser a causa mais comum, provocando intenso desconforto. Se as cólicas forem muito intensas, é o caso de procurar um ginecologista o quanto antes para verificar alguma possível disfunção nos órgãos reprodutivos como, por exemplo, a endometriose, doença causada pelo crescimento excessivo do tecido endometrial fora do útero. Confira o que é endometriose neste artigo. Além disso, dores no pé da barriga que atingem o útero também podem indicar cistos no ovário, que causam dor durante as relações sexuais, atraso na menstruação, sangramento, enjoo e vômitos, e também uma possível gravidez.

Veja também: Dor no umbigo pode ser gravidez?

Dor no pé da barriga pode ser gravidez?

Como vimos, gravidez é uma das possíveis causas das dores no pé da barriga. Logo no início da gestação, um dos primeiros sintomas apresentados são justamente dores abdominais, cólicas e inchaço. Atente-se se essas dores tiverem início após o atraso menstrual e a passagem do período fértil.

Dores abdominais ligadas à gravidez estão relacionadas ao período de ovulação, mas não necessariamente indicam que o óvulo foi de fato fecundado. Mesmo que o óvulo seja fecundado, ainda há o risco dele não ser implantado na parede do útero, o que descartaria uma gravidez.

Se ainda assim persistirem os sintomas de gravidez, o próximo passo seria a nidação, que pode ou não ocorrer sangramento - muitas vezes confundido com menstruação ou até mesmo corrimento. O sangramento de nidação não costuma acontecer com todas as mulheres em todos os casos de gravidez, por isso é sempre importante estar em contato com seu ginecologista para saber com exatidão o que está acontecendo com o seu corpo. Saiba mais sobre os sintomas de nidação neste artigo.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Dor no pé da barriga pode ser ovulação?, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Dor no pé da barriga pode ser ovulação?

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
Bianca Medeiros santos
Eu estou com uma bola na boca do estômago mais ela se meche o que pode ser

Dor no pé da barriga pode ser ovulação?
Dor no pé da barriga pode ser ovulação?

Voltar ao topo da página