Partilhar

O que significa líquido amniótico diminuído

Por Paula Cassandra. Atualizado: 16 janeiro 2017
O que significa líquido amniótico diminuído

Quando a gestante possui menos quantidade de líquido amniótico é preciso tomar algumas providências para não haver complicação durante a gravidez. As visitas regulares ao médico ajudam a saber como está o nível do fluído. Para entender melhor o que significa líquido amniótico diminuído e obter mais informações sobre o assunto, veja o que o umComo.com.br tem a dizer a respeito do mesmo.

O que é e causas do líquido amniótico diminuído

Oligoidrâmnio é o nome dado à situação em que a grávida está com menos fluído amniótico do que o necessário para o bom desenvolvimento do feto em seu útero. O líquido amniótico diminuído é relativamente frequente e se manifesta principalmente no terceiro trimestre, sendo maior o risco se o problema ocorrer nas primeiras 24 semanas de gestação. Embora nem sempre se saiba porque ocorre essa redução, especialistas afirmam que a condição é mais comum nos meses quentes e, por isso, a causa pode estar associada à desidratação da gestante.

Também existem indícios de que outros motivos desencadeiam a redução do líquido amniótico, como a ruptura parcial da bolsa, que ocorre com mais frequência nos últimos meses da gravidez. A diminuição pode se dar ainda devido a problemas na placenta, como a sua deficiência em produzir nutrientes, assim, o bebê urina menos, interferindo no nível do fluído. A pouca quantidade de xixi pode ser causada ainda por anomalias do feto.

Outra razão é a síndrome da transfusão feto-fetal, quando existem gêmeos e um deles recebe mais nutrientes e sangue do que o outro. Por fim, existem medicamentos que podem desencadear a oligoidrâmnio, como os inibidores de ACE para hipertensos, os fármacos que ajudam a prevenir um parto prematuro e o ibuprofeno, todos eles prejudicam os rins do feto.

O que significa líquido amniótico diminuído - O que é e causas do líquido amniótico diminuído

O que fazer e possíveis consequências

Os exames pré-natais são essenciais porque identificam possíveis problemas pelos quais a gestante e o feto estejam passando, assim como a redução do fluido amniótico. Dessa forma, quando a condição é diagnosticada, o médico geralmente indica à mulher que beba mais água, para evitar que a redução do líquido se agrave. Também é importante que ela repouse e faça banhos de imersão.

Porém, quando se verifica o baixo nível de fluido durante o parto, o mais comum é que o obstetra insira uma substância para substituir o líquido amniótico até que o bebê nasça. Essa medida evita complicações, como o cordão umbilical ficar preso entre o feto e a mãe. Ter o acompanhamento especializado para evitar que haja esse problema é fundamental, já que o líquido amniótico possui uma série de funções vitais para o bebê.

Entre eles, o fluído ajuda a amortecer movimentos bruscos, manter uma temperatura agradável no útero, evitar que o cordão umbilical seja comprimido, proteger contra infecções e possibilitar que o feto se movimente e desenvolva ossos e músculos. O líquido amniótico possui ainda um papel fundamental no desenvolvimento do sistema respiratório e digestivo. Quando a sua quantia é insuficiente, o bebê pode nascer com problemas nos pulmões, baixo peso, atraso mental e até mesmo a mãe sofrer um aborto. Aproveite e confira também o nosso artigo O que fazer se perder líquido amniótico.

O que significa líquido amniótico diminuído - O que fazer e possíveis consequências

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que significa líquido amniótico diminuído, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre O que significa líquido amniótico diminuído

O que lhe pareceu o artigo?

O que significa líquido amniótico diminuído
1 de 3
O que significa líquido amniótico diminuído

Voltar ao topo da página