Partilhar

Quais são as causas da icterícia

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Quais são as causas da icterícia
Imagem: linkinghub.elsevier.com

A icterícia manifesta-se quando a pele, os olhos ou as mucosas adquirem um tom amarelado que se apresenta de forma progressiva, indicando que algo não está bem com a nossa saúde. Não se trata propriamente de uma doença, mas de um sintoma que pode ocorrer devido a diversas condições, por isso é fundamental determinar sua origem para detectar o modo adequado de tratar a condição que a produz. Em umComo.com.br explicamos a você quais são as causas da icterícia mais comuns.

Também lhe pode interessar: Quais são os sintomas da icterícia

Como se produz a ictericia?

A icterícia manifesta-se devido à presença excessiva da bilirrubina em nosso corpo. A bilirrubina é uma substância de cor amarela que é produzida quando os glóbulos vermelhos se decompõem e que é levada posteriormente ao fígado, órgão responsável por decompô-la para que possa ser eliminada por meio das fezes.

Quando alguma condição impede a correta eliminação da bilirrubina, esta se acumula em nosso corpo, dando origem à coloração amarela conhecida como icterícia. Se apresentarmos esta coloração em nossa pele, olhos ou mucosa, deveremos procurar um médico para um check-up completo.

Causas da icterícia: infecção no fígado

Uma das causas da icterícia mais comuns é decorrente de uma infecção no fígado. Doenças como a hepatite A, hepatite B, hepatite C, hepatite D e hepatite E ou as infecções parasitárias que afetam este órgão podem ser as causas do tom amarelado na pele, olhos ou mucosas.

Causas da icterícia: cálculos biliares ou transtornos na bile

Os cálculos na vesícula produzidos pelo excesso de bilirrubina e os transtornos na bile apresentam, entre seus sintomas, a icterícia. Os cálculos biliares em casos maiores devem ser eliminados por meio de cirurgia, enquanto no caso dos problemas na bile é oportuno determinar exatamente que condição produz a cor amarela para tratá-la adequadamente.

Causas da icterícia: dano hepático

O dano hepático derivado de doenças como a cirrose, as infecções no fígado ou a inflamação deste órgão, também pode produzir o aumento e a acumulação da bilirrubina, pois o fígado não é capaz da decompô-la adequadamente.

Causas da icterícia: abuso de certos medicamentos

O fígado é o responsável por processar muitas das substâncias que ingerimos para que depois nosso corpo seja capaz de eliminá-las. Por isso o abuso de determinados medicamentos ou compostos, como o paracetamol, ou a exposição prolongada a certos tóxicos, podem estar entre as causas da icterícia.

Causas da icterícia: transtornos sanguíneos

Diferentes transtornos sanguíneos que fomentam uma morte acelerada dos glóbulos vermelhos e com isso um aumento na produção de bilirrubina, podem ser também causas de icterícia. Neste caso a oportuna intervenção de um hematologista será fundamental para conseguir um diagnóstico certeiro.

Outras causas da icterícia:

Outras das possíveis causas da icterícia são:

  • Gravidez, pois durante a gestação pode ocorrer uma acumulação de bile na vesícula que dá origem ao aumento da bilirrubina.
  • Câncer de pâncreas.
  • Problemas congênitos que originam dificuldade para decompor a bilirrubina.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Quais são as causas da icterícia, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre Quais são as causas da icterícia

O que lhe pareceu o artigo?

Quais são as causas da icterícia
Imagem: linkinghub.elsevier.com
Quais são as causas da icterícia

Voltar ao topo da página