Partilhar

A diabetes tem cura?

Por Redação umCOMO. Atualizado: 20 janeiro 2017
A diabetes tem cura?

Quando ouvimos a palavra diabetes pensamos imediatamente em açúcar e insulina. Porém, esta doença é bem mais do que isso: é um problema degenerativo que aparece quando o pâncreas não produz a quantidade necessária de insulina para metabolizar o açúcar e regular os níveis de glicemia no sangue.

O diagnóstico da diabetes em uma pessoa dispara uma situação de alarme e um risco importante em sua qualidade de vida se não assumir a situação e tomar os cuidados necessários para tratar esta doença. São muitas as pessoas que vivem plenamente com este problema e que a aprendem a controlar com o tempo. No entanto, muitos ainda não entendem em que consiste esta doença e perante um diagnóstico inesperado se perguntam: a diabetes tem cura? Se você também estiver à espera de uma resposta a esta pergunta, continue lendo este artigo de umComo onde poderá tirar as suas dúvidas.

Também lhe pode interessar: Como usar o aloe vera para a diabetes
Passos a seguir:
1

Se estiver se perguntando se a diabetes tem cura? A resposta é não. A boa notícia é que a diabetes é uma doença que, apesar de não ter cura, pode ser controlada. De fato, quando uma pessoa é diabética e segue à risca todos os requisitos médicos para lidar com a sua doença, as expectativas de vida são muito altas, inclusive sem sacrificar a qualidade da mesma. No entanto, é necessário entender em que consiste a diabetes para compreender melhor esta resposta negativa à pergunta.

A diabetes tem cura? - Passo 1
2

Portanto, para tirar as suas dúvidas sobre se a diabetes pode ser curada, o melhor será explicar porque esta doença não tem cura. Comecemos descrevendo a diabetes: trata-se de um transtorno pancreático no qual este órgão não produz quantidade suficiente do hormônio insulina. A insulina é a substância responsável por metabolizar os carboidratos e regular assim a glicemia no sangue, o que traz como consequência altos níveis de glicose, triglicérides, colesterol e hemoglobina glicada.

Por que isso acontece? A diabetes pode ocorrer por duas razões: por uma deficiência biológica do pâncreas que impede que funcione corretamente e inibe a produção total de insulina; neste caso é conhecida como diabetes tipo 1, que às vezes pode ser consequência de outras doenças ou de um fator hereditário.

Além disso, quando uma pessoa leva uma vida sedentária e rica em maus hábitos alimentares, aparece o sobrepeso. Como o sobrepeso afeta a diabetes? Pois quanto maior a quantidade de farinhas, gorduras e carboidratos consumidos por uma pessoa, maior a quantidade de insulina que precisa ser secretada pelo pâncreas para metabolizá-los, gerando um desequilíbrio no funcionamento do órgão; isso se conhece como hiperinsulinismo.

Uma pessoa com hiperinsulinismo deve realizar mudanças em seus hábitos para melhorar a situação, tais como manter uma alimentação saudável e pobre em carboidratos, além de fazer exercícios. Quando isso não acontece e a pessoa continua ganhando peso corporal, o pâncreas se esforça cada vez mais para produzir insulina e com o tempo deixa de funcionar corretamente até que produz a diabetes tipo 2, onde o pâncreas secreta insulina mas não a quantidade suficiente para metabolizar toda a glicose que se ingere, mais a que já está armazenada no corpo. Recomendamos que leia o nosso artigo sobre qual é a diferença entre a diabetes tipo 1 e 2 para conhecer mais detalhes.

A diabetes tem cura? - Passo 2
3

Por que a diabetes não tem cura? São muitos os estudos científicos realizados com o objetivo de reverter a diabetes, no entanto, hoje em dia ainda não encontraram uma fórmula que permita estimular a produção de insulina de boa qualidade no pâncreas. É por isso que a ciência tem avançado paralelamente para oferecer algumas soluções que permitam compensar o efeito que esta doença é capaz de gerar em outros órgãos e no funcionamento do corpo humano. Portanto, atualmente se considera que a diabetes é uma doença degenerativa e que não tem cura, mas que pode ser controlada.

A diabetes tem cura? - Passo 3
4

A diabetes pode afetar outras áreas do organismo além do pâncreas, tais como a visão da pessoa, a sua capacidade de cicatrização, o coração, a saúde do pé diabético, entre outros. Para evitar que isso aconteça é necessário controlar a doença realizando algumas mudanças nos hábitos quotidianos:

  • É recomendável que a pessoa diabética tipo 2 tenha uma alimentação saudável. Esta deve ser pobre em gorduras, alta em proteínas, com poucos carboidratos.
  • A pessoa com diabetes deve medir constantemente os seus níveis de glicose no sangue, principalmente durante o jejum e duas horas após cada refeição.
  • O exercício é fundamental para acabar com o sobrepeso, por isso é importante que a pessoa com diabetes faça exercício cardiovascular todos os dias, pelo menos durante 40 minutos. Isso permitirá queimar gorduras, nivelar os níveis de açúcar no sangue e cuidar da saúde cardíaca.
  • A pessoa com diabetes tipo 1 deverá obter por meio de injeções a quantidade de insulina especificada pelo seu médico, que permitirá metabolizar corretamente os seus níveis de glicemia.
  • Uma revisão médica semestral com o endocrinologista é recomendável nas pessoas diabéticas para manter um controle abrangente da doença e prevenir complicações.
  • Todos os cuidados mencionados anteriormente não têm data de vencimento, são mudanças que a pessoa diabética deve realizar em seu estilo de vida pelo resto dos seus dias se quiser se manter saudável e controlar a diabetes.
A diabetes tem cura? - Passo 4

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a A diabetes tem cura?, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre A diabetes tem cura?

O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
Roberto
Sou diabético a 2 anos e mesmo tomando galvus met tive um aumento na minha taxa de glicose, minha média devia se situar em torno de 125 em jejum e passou para mais de 140; que me levou de novo ao medico que disse que não gostaria de me receitar mais um medicamento, pois apos isso se eu tivesse novamente um acréscimo de glicemia o proximo medicamento seria a insulina; isso ocorrendo passei a fazer uma pequena caminhada 30 minutos e troquei minha alimentação; queijo fresco e cafe dr manha; arroz e peixes e salada no almoço e pexes no jantar; isso feito minha glicemia caiu a noite para 104 e de manha 102; parei com A medicação e meu índice apos o almoço 2 horas feu 127; a noite 104; em jejum 111; duas horas apos 98; no outro dia em jejum 95 e tres horas apos o almoço 117; qual a explicação pata isso então?
evaristo serra
podem comer laranjas

A diabetes tem cura?
1 de 5
A diabetes tem cura?

Voltar ao topo da página