Partilhar

Comer comida queimada faz mal para a saúde?

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Comer comida queimada faz mal para a saúde?

Para muitos, não há nada melhor que um pedaço de carne feito na brasa ou na chapa que esteja muito torrado por fora e suculento por dentro, e o que dizer das torradas de pão que, para alguns de nós, quanto mais torradas, melhor. Esta preferência por alimentos "excessivamente dourados" ocorre também com outras comidas, como a pizza ou as batatas fritas; no entanto, a afirmação de que comer deste modo pode ser prejudicial para a saúde e inclusive aumentar o risco de sofrer de câncer, preocupa a muitos.

Comer comida queimada faz mal para a saúde? Quão prejudicial é este hábito para a nossa saúde? Em umComo.com.br explicamos com detalhes.

Também lhe pode interessar: Shoyu faz mal para a saúde?

Que efeito tem a comida queimada no organismo?

O processo de cozimento afeta as propriedades dos alimentos que consumimos e também interfere na quantidade de nutrientes que recebemos. Por exemplo, muitos vegetais são melhor consumidos bem lavados mas crus, ou ligeiramente cozidos no vapor, antes que em preparações como frituras, no forno ou na chapa. Do mesmo modo, um pedaço de carne mal passada ou média será mais fácil de digerir pelo nosso estômago que um pedaço de carne bem passado e ainda um pouco queimado.

Tudo isto é importante para entender se faz mal comer comida queimada ou não. Quando cozinhamos demais um alimento, alteramos os seus valores nutricionais, mas também qualquer gordura cozida a 250ºC ou mais perde a sua propriedade de ser natural e se converte em algo nocivo para o organismo. Isto ocorre porque ao queimar os alimentos aumentamos a quantidade de dióxido de carbono que contêm, ingerindo depois essas toxinas que deverão ser processadas pelo nosso organismo para a sua posterior eliminação.

Se consumimos com frequência comidas queimadas, chegará um momento em que o nosso corpo já não poderá processar com eficácia as toxinas, conseguindo que as mesmas se acumulem no organismo, o que pode dar lugar à degeneração das células e a diversas doenças gástricas ou hepáticas.

Além disso, a comida queimada é mais difícil de digerir pelo nosso estômago, que deve investir mais tempo e recursos para processá-la. Isso pode causar de forma imediata peso estomacal, acidez e problemas digestivos, dando abertura a diversas doenças gástricas que podem se tornar crônicas.

Comer comida queimada de maneira eventual não nos matará; no entanto, se o fizermos várias vezes na semana ou se converter em um hábito para nós, então a nossa saúde pode ser afetada.

Comer comida queimada faz mal para a saúde? - Que efeito tem a comida queimada no organismo?

Relação entre a comida queimada e o câncer

Muito se falou a respeito de que comer comida queimada produz câncer, esta ligação é dada principalmente pelo fato de que o cozimento em altas temperaturas dos alimentos dá lugar à formação de certas substâncias que, uma vez ingeridas, passam para o nosso corpo. Algumas delas foram relacionadas com a formação de células cancerosas.

As substâncias que podem estar presentes nos alimentos e que se ligam ao câncer são:

  • Acrilamida: um composto orgânico que se forma nos alimentos ao serem cozidos a altas temperaturas. Nos humanos, ainda não se demonstrou de forma conclusiva a sua relação com o câncer, ainda que se tenha observado que a sua exposição mediante a dieta pode ser importante no aparecimento de câncer de pâncreas.
  • Aminas heterocíclicas: trata-se de um composto químico que está presente em certos alimentos cozidos a altas temperaturas, como por exemplo, a carne. Uma das funções biológicas desta amina é a criação de carcinógenos, agentes capazes de produzir câncer quando se expõem a agentes vivos.

Atualmente, não há um estudo que possa concluir que o consumo de alimentos queimados causa câncer. No entanto, e baseando-nos no que anteriormente foi explicado, estar frequentemente exposto às substâncias que se geram nos ingredientes ao cozinhá-los a altas temperaturas, poderia aumentar o risco de sofrer desta condição, especialmente de câncer de estômago, cólon, pâncreas, entre outros.

Por este motivo, diversos especialistas médicos e assessores de saúde da União Europeia, pediram para limitar o consumo de comida queimada pelo seu conteúdo de acrilamida, que poderia ser prejudicial para a saúde.

Comer comida queimada faz mal para a saúde? - Relação entre a comida queimada e o câncer

Tudo com moderação

Não é a primeira vez que se estabelece uma relação direta entre certos tipos de alimentos e o câncer. A Organização Mundial da Saúde já avisou que comer em excesso carnes processadas aumenta o risco de câncer colorretal, portanto, a chave para impedir que comer alimentos queimados se converta em um problema para nossa saúde, é fazê-lo com moderação.

Um pedaço de frango ou carne queimados de vez em quando, ou uma pizza que passou um pouco de dourada uma vez ou outra, certamente não afetarão você de forma trágica. Mas, se esta é a sua maneira de comer com frequência, então é conveniente corrigir e aprender a comer com o cozimento adequado, de outro modo, estará arriscando a sua saúde e bem-estar.

Comer comida queimada faz mal para a saúde? - Tudo com moderação

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Comer comida queimada faz mal para a saúde?, recomendamos que entre na nossa categoria de Vida Saudável.

Escrever comentário sobre Comer comida queimada faz mal para a saúde?

O que lhe pareceu o artigo?

Comer comida queimada faz mal para a saúde?
1 de 4
Comer comida queimada faz mal para a saúde?

Voltar ao topo da página