Partilhar

Como evitar o contágio da catapora

Por Sara Viega. Atualizado: 20 janeiro 2017
Como evitar o contágio da catapora

A catapora é uma patologia muito contagiosa causada pelo vírus varicela-zoster (VVZ), e que se manifesta mediante o aparecimento de erupções da pele por todo o corpo da pessoa afetada. Estas erupções costumam conter um líquido amarelado em seu interior e à medida que os dias passam, começam a secar até formar a crosta. São acompanhadas de sintomas como mal-estar generalizado e febre. Ainda que seja bem mais comum na infância, os adolescentes e adultos também podem contrair catapora, sendo inclusive maiores as probabilidades de o quadro ser ainda mais delicado e complicado. No artigo a seguir de umComo, mostramos com detalhes como evitar o contágio da catapora.

Também lhe pode interessar: Como curar a catapora
Passos a seguir:
1

A catapora é uma doença muito contagiosa, como temos apontado, e pode ser transmitida por via direta, isto é, ao entrar em contato direto com as lesões da pele ou blisters da pessoa infectada, por contato salival ou ao inspirar as micropartículas presentes nas secreções respiratórias quando o afetado tosse ou espirra.

Também é possível o contágio por via indireta através do contato com objetos ou utensílios contaminados pelas secreções respiratórias do infectado ou pelo líquido que pode ser expelido pelas bolhas na pele.

2

Portanto, é importantíssimo que o paciente com catapora permaneça em repouso em casa, evitando os locais comumente frequentados. As indicações do médico devem ser seguidas para se evitar o contágio da catapora e extremar as precauções para preveni-la.

3

Quando estamos próximos de um doente com catapora e estamos expostos, as medidas a serem tomadas para evitar a transmissão do vírus devem ser as seguintes:

  • Não tocar as lesões da pele presentes no corpo da pessoa infectada.
  • Evitar entrar em contato com as secreções respiratórias do afetado quando ele tosse ou espirra.
  • Desinfetar muito bem todos os utensílios e objetos de higiene que o doente utiliza. Esse procedimento pode ser feito com uma solução de duas gotas de água sanitária para cada litro de água.
  • Evitar compartilhar o mesmo quarto com a pessoa infectada por catapora até que a recuperação não seja total.
  • Lavar os lençóis, toalhas e roupas que foram usadas recentemente pelo afetado separadamente.
  • No caso de atender o doente e ter que tocar alguns dos utensílios utilizados por ele, não se esqueça de lavar muito bem suas mãos assim que finalizar. Com esta pequena ação, as probabilidades de contágio são reduzidas.
  • Recomenda-se instalar no quarto do doente um purificador de ar, e este se encarregará de limpar o ambiente das partículas causadoras de doenças como a catapora.
4

É conveniente saber que a catapora também pode ser transmitida por pacientes com herpes zoster, mais conhecida popularmente como herpes. Essa doença é causada pelo mesmo vírus que causa a catapora, sendo possível que uma pessoa com herpes zoster contagie a outras que nunca tenha tido catapora. Se desejar saber mais a respeito da infecção de herpes zoster ou herpes, aconselhamos consultar os seguintes artigos:

5

Devido ao fácil contágio da catapora, é fundamental ir ao médico imediatamente diante do aparecimento dos primeiros sintomas ou suspeita de sofrer desta infecção. Será necessário iniciar um tratamento médico apropriado e permanecer em repouso absoluto o tempo recomendado pelo especialista.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como evitar o contágio da catapora, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre Como evitar o contágio da catapora

O que lhe pareceu o artigo?

Como evitar o contágio da catapora
Como evitar o contágio da catapora

Voltar ao topo da página