Partilhar

Como identificar e tratar candidíase no homem

 
Por Sara Viega. Atualizado: 19 março 2018
Como identificar e tratar candidíase no homem

O Candida albicans é um fungo que vive na nossa pele, órgãos genitais e boca, é relativamente inofensivo e não se propaga graças ao nosso sistema imunológico que controla a sua população. Contudo podem surgir complicações provocadas pelo crescimento exponencial desse fungo, crescimento esse que ocorre em casos de toma de antibióticos continuada, quando a nossa imunidade fica comprometida por estarmos doentes ou por falta de descanso entre outros problemas de saúde. Embora afete maioritariamente as mulheres em especial a zona genital devido às condições propícias para o seu desenvolvimento, a candidíase também pode afetar o pênis dos homens e provocar uma infeção. Neste artigo do umComo vamos explicar como identificar e tratar a candidíase no homem.

Também lhe pode interessar: Como tratar a uretrite

Causas da infeção fúngica

A infeção por Candidas albicans chamada de candidíase só se manifesta nos homens quando estes têm a sua imunidade debilitada. Quando é assim as grandes causas são:

  • Relações sexuais com alguém que esteja infetado;
  • Toma continuada de antibióticos, antidepressivos e corticoides;
  • Diabetes;
  • Quimioterapia;
  • Doenças que debilitam o sistema imunológico, como o HIV, etc;
  • Alimentação abundante em doces;
  • Falta de higiene;
  • Consumo de drogas pesadas;
  • Desnutrição/Má Alimentação.
Como identificar e tratar candidíase no homem - Causas da infeção fúngica

Sinais de infeção Candida

A candidíase é possível diagnosticar através de alguns sinais patentes na zona genital do homem. Nomeadamente:

  • Coceira;
  • Ardor quando em contato genital;
  • Vermelhidão;
  • Inflamação e dor na zona peniana;
  • Surgimento de pequenos nódulos brancos na glande;
  • Secreção semelhante ao sêmen.

Caso a sua companheira também tenha contraído candidíase ou haja possibilidade de ter sido infetada o melhor é também ela começar os tratamentos para curar a infeção. Se ainda não está contaminada o melhor será adotar comportamentos de defesa, prevenindo o aparecimento da candidíase vaginal.

Como identificar e tratar candidíase no homem - Sinais de infeção Candida

Tratando a Candidíase

Felizmente a Candidíase tem tratamento que deve ser receitado pelo médico que o acompanha nessa situação. Para que o tratamento funcione melhor e mais rapidamente o homem deve adotar alguns comportamentos que diminuam a evolução da população fúngica. São eles:

  • Boa higiene, mantendo a zona genital limpa e seca;
  • Abstinência sexual durante o surto da infeção e o tratamento;
  • Privar-se de alimentos gordurosos ou açucarados;
  • Ingerir bastantes líquidos, de preferência água;
  • Privar-se de bebidas alcoólicas;
  • Não fumar;
  • Uso de preservativo caso tenha relações;
  • Não utilizar roupas demasiado justas.

Confira como tratar a candidíase peniana com mais detalhe nesse outro artigo do umCOMO.

Como identificar e tratar candidíase no homem - Tratando a Candidíase

Indícios de melhora

Após falar com o seu médico para verem os melhores medicamentos para o seu caso tais como o Cetoconazol ou o Fluoconazol, e de começar a seguir os comportamentos para acelerar o processo de cura, deverá começar a notar algumas melhoras relativamente à sua candidíase. A vermelhidão diminui, a coceira e inchaço também, a dor em contato desaparece, e também aquelas bolhas brancas na zona da glande.

Veja também: Prepúcio inflamado - Tratamento, causas e recomendações

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como identificar e tratar candidíase no homem, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre Como identificar e tratar candidíase no homem

O que lhe pareceu o artigo?

Como identificar e tratar candidíase no homem
1 de 4
Como identificar e tratar candidíase no homem

Voltar ao topo da página