Partilhar

Como indentificar a bulimia

Por Sara Viega. Atualizado: 4 dezembro 2019
Como indentificar a bulimia

Acredita que alguém à sua volta pode estar sofrendo de bulimia? Esta é uma doença de saúde mental que afeta a percepção da realidade do paciente. Uma pessoa com bulimia tem um grande complexo físico que a faz colocar em risco a sua saúde, provocando o vômito depois de cada refeição ou tomando laxantes para que a comida seja descartada pelo organismo. O resultado desta doença é uma pessoa com má nutrição que vai perdendo peso de forma gradual e que nunca, por muito magra que esteja, conseguirá gostar de si e sentir-se bem com o seu corpo. É importante ajudar tanto psicológica como fisicamente estas pessoas, por isso, neste artigo de umComo vamos explicamos para você como identificar a bulimia.

Também lhe pode interessar: Como ajudar um familiar com bulimia
Passos a seguir:
1

A melhor forma de conseguirmos identificar uma pessoa com bulimia é aprender a reconhecer os sintomas desta doença. Deve ter em conta que os bulímicos costumam apresentar sinais físicos e emocionais que são derivados desta condição, como o que explicamos de seguida:

  • Relação com a comida. Verá que uma pessoa com bulimia tem episódios nos quais come grandes quantidades de comida e de uma forma muito ansiosa, depois pode estar períodos comendo pouco.
  • Visitas ao banheiro depois das refeições. Se você perceber que logo depois de comer, a pessoa vai sempre ao banheiro e está ali um tempo, é provável que é porque esteja provocando o vômito. Preste atenção ao barulho que faz para saber se é isso ou não que está fazendo.
  • Uso de laxantes. Muitas pessoas ao invés de provocarem o vômito preferem optar por tomar laxantes diariamente para eliminar a comida. Se vir que o seu familiar tem sempre laxantes e os toma diariamente, pode ser que esteja sofrendo com bulimia.
  • Anemia, fadiga ou cansaço. A bulimia faz com que o doente, ao não contar os nutrientes essenciais, esteja em um mau estado de saúde.
  • Obsessão pelo peso e pelo seu físico. Uma pessoa que sofre de bulimia fala muito da sua aparência, faz dietas rigorosas, pesa-se com frequência... Se vir que a pessoa à sua volta está obcecada, pode ser que esteja sofrendo de bulimia.
  • Unhas, cabelo e pele seca. A falta de nutrientes também faz com que estas partes do corpo estejam deterioradas, sem vitaminas nem brilho. Além disso, se olhar para as mãos, as pessoas com bulimia costumam ter marcas nos nós dos dedos por provocarem o vômito com frequência.

Neste artigo de umComo explicamos-lhe de forma detalhada quais são os sintomas da bulimia.

Como indentificar a bulimia - Passo 1
2

É importante aprender a identificar um bulímico, porque se a doença não for tratada a tempo, as consequências a longo prazo podem ser graves. Assim, quanto mais cedo se der conta que a pessoa sofre de algum dos sintomas indicados acima, é fundamental que fale com a pessoa afetada e lhe mostre o seu apoio e ajuda para evitar que a sua saúde fique ainda mais prejudicada. As complicações da bulimia são:

  • Problemas cardíacos: a bulimia pode provocar alterações no funcionamento do coração e levar a arritmias, uma pressão arterial baixa, etc.
  • Problemas estomacais: também pode produzir condições digestivas como prisão de ventre, hérnias ou cólon irritável.
  • Lesões no esófago: quando se provoca o vômito, os ácidos do estômago sobem pelo esófago e podem chegar a lesioná-lo.
  • Ossos sem cálcio: a falta de nutrientes que as pessoas com bulimia sofrem pode fazer com que o doente sofra de osteoporose de forma prematura.
  • Menstruações irregulares: as mulheres costumam ficar com o seu ciclo menstrual alterado, uma vez que o seu corpo não funciona com a energia nem nutrientes essenciais.
Como indentificar a bulimia - Passo 2
3

Uma vez que tenha identificado uma pessoa com bulimia, a primeira coisa que tem de fazer é falar com ela, tentar que a comunicação seja fluída e, sobretudo, nunca colocar o paciente contra você. A sua sensação de insegurança em si mesmo e a sua falta de autoestima irão fazê-lo estar na defensiva pelo que é importante que se mostre como um ombro ao qual se pode apoiar e não como uma pessoa que lhe dá lições.

Depois, para ajudar uma pessoa com bulimia deve recomendar-lhe uma visita a especialistas médicos, sobretudo os psicólogos e nutricionistas que se responsabilizam por restabelecer os níveis normais tanto da alimentação como da autoestima. As consultas ao médico deverão ser em diferentes momentos da semana mas, o resto do dia, terá que lhe servir como exemplo, ou seja, quando comer, faça-o de uma forma saudável e equilibrada e tente que coma sempre consigo.

É recomendável que a paciente vá a grupos de apoio para falar com outras pessoas que esteja na mesma situação e queiram superá-la. Por muito que você a queira entender, será difícil não cair no erro de a tratar como se fosse o seu psicológico, lembre-se que ela já tem um. Limite-se a estar perto dela, a fazer-lhe companhia e a controlar (sem ela se aperceber) das suas idas ao banheiro e da sua forma de se relacionar com a comida.

Como indentificar a bulimia - Passo 3

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como indentificar a bulimia, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Mental.

Escrever comentário sobre Como indentificar a bulimia

O que lhe pareceu o artigo?

Como indentificar a bulimia
1 de 4
Como indentificar a bulimia

Voltar ao topo da página