Partilhar

Como prevenir a Aids

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como prevenir a Aids

A síndrome da imunodeficiência adquirida, AIDS, afeta as pessoas que foram contagiadas com o HIV (vírus da imunodeficiência humana). Seus efeitos traduzem-se na perda progressiva da capacidade do nosso corpo para defender-se contra as infecções e doenças que o afetam. Esta doença é uma das mais difundidas no mundo, no entanto, sua relação com o sexo tem feito com que uma importante porcentagem da população mundial saiba pouco sobre o assunto; por isso em umComo.com.br preparamos um artigo especial para que você saiba como prevenir a Aids e cuidar da sua saúde e a do(a) parceiro(a).

Também lhe pode interessar: Quais são os sintomas da Aids

Contato sexual com penetração

A Aids é uma doença de transmissão sexual, embora também possa contagiar-se por outras vias que citaremos mais adiante. Durante as relações sexuais é muito importante que esteja atento SEMPRE às seguintes recomendações:

  • Se você mantém relações sexuais esporadicamente com alguém ou não sabe se o(a) parceiro(a) está saudável, use sempre o preservativo e não permita o contato sexual sem proteção.
  • Durante o sexo anal é necessário usar uma camisinha especial para este coito, tenha em conta que os tecidos do ânus são delicados e mais propensos a roçaduras e danos na pele. Hoje sabe-se que um importante número de infectados têm contagiado a doença através do sexo anal, por isso tome precauções.
  • As camisinhas sempre devem ser de látex e estar bem colocadas. Descubra como usá-las corretamente e alguns dados úteis que deve saber sobre este aspecto.

Via sanguínea

As pessoas viciadas em drogas injetáveis sofrem um alto risco de serem contagiadas pelo vírus da Aids devido ao uso de seringas compartilhadas. Conscientizar a população sobre este aspecto é uma premissa importante na luta contra a Aids.

  • Sempre que precise usar uma seringa ou agulha (por exemplo ao fazer uma tatuagem), assegure-se de que a mesma esteja em embalagem fechada, esterilizada e seja de procedência confiável.
  • Se você é candidato a uma transfusão de sangue, assegure-se de que o sangue vem de um lugar seguro e tenha sido submetido a todos os exames para descartar a presença de alguma doença.
  • Não compartilhe agulhas ou seringas com ninguém.
  • Se você manipula sangue ou feridos em virtude do seu trabalho, sempre utilize a proteção adequada: luvas de látex e protetores faciais das mucosas.

Pacientes com HIV grávidas

No continente africano, bem como no resto do mundo, a transmissão da Aids mediante via perinatal, isto é, durante a gravidez, é uma das causas mais frequentes de contágio. Se você padece de HIV é importante informar o seu médico o quanto antes para que ele possa tomar as medidas necessárias e tentar proteger o feto do contágio.

Recomendações que se deve ter em conta

Muitas pessoas indicarão que a abstinência é a melhor forma de prevenir o HIV, mas na realidade não há aliado mais eficiente do que a informação e a divulgação das formas de prevenção; por isso, além do anterior, sugerimos que você tenha em conta estas recomendações:

  • não importa se você tem um ou vários(as) parceiros(as), pelo menos uma vez por ano, tanto você como seu/sua parceiro(a) fixo(a) devem fazer um exame de sangue para descartar o HIV e outras doenças de transmissão sexual (DTS).
  • Evite a promiscuidade ou pelo menos proteja-se durante cada encontro sexual. Lembre-se que a sua saúde não é um jogo.
  • Lembre-se que os anticoncepcionais orais funcionam na prevenção das gravidezes, mas não na proteção contra as DTS; por isso, não hesite em levar sempre com você um preservativo para o caso de que o seu parceiro não tenha.
  • O sexo não é só um ato de prazer, requer maturidade e responsabilidade para assumir todas as suas consequências, por isso, leve a sério a questão.
  • Informe-se e consulte o seu médico se tiver qualquer dúvida.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como prevenir a Aids, recomendamos que entre na nossa categoria de Doenças e Efeitos Secundários.

Escrever comentário sobre Como prevenir a Aids

O que lhe pareceu o artigo?

Como prevenir a Aids
Como prevenir a Aids

Voltar ao topo da página