Partilhar

Fazer força para evacuar na gravidez prejudica o bebê?

 
Por Nathália Oliveira. 14 março 2018
Fazer força para evacuar na gravidez prejudica o bebê?

Fazer força na gravidez faz mal? O intestino preso por si só já é um grande incômodo, mas, na gravidez, ele vira um problema recorrente, cada vez mais à medida que a gestação avança. Diante desta situação, é comum que muitas mulheres sofram com a constipação e, com medo de fazer força ao evacuar e acabar por prejudicar o bebê, acabem prolongando a prisão de ventre.

Para ajudar as mulheres que estão nesta conjuntura, o umCOMO preparou no artigo de hoje um artigo para solucionar de uma vez por todas: Fazer força para evacuar na gravidez prejudica o bebê? A resposta é NÃO, fazer força para evacuar não estoura a bolsa e não aborta. Continue lendo para saber mais!

Intestino preso durante a gravidez - por que acontece?

O intestino preso na gravidez ocorre mais recorrentemente por dois motivos: o primeiro é que, à medida em que a barriga cresce, o útero se dilata, comprimindo o intestino e causando a prisão de ventre. O segundo motivo decorre do aumento de progesterona no corpo da mulher, que age de forma a deixar o intestino mais preguiçoso.

Alguns outros fatores podem piorar ainda mais essa situação, por exemplo. Pode-se citar a falta de ferro no organismo e também um maior intervalo (podendo durar dias, até) entre as evacuações. O ideal é evacuar todos os dias ou em dias alternados, pois menos que isso já indica algum mal funcionamento no intestino que deve ser remediado para que não vire uma enfermidade maior. Uma boa dica é andar na bolsa sempre com um rolo de papel higiênico e um frasco de álcool em gel, caso seja necessário evacuar fora de casa.

Caso a mulher já sofra de prisão de ventre antes de engravidar, deve-se tomar cuidado, pois essa condição tende a piorar com a gravidez. Uma das complicações que o intestino preso pode gerar é a hemorroida - a inflamação das veias ao redor do ânus e do reto -, que pode ser interna ou externa. O ressecamento das fezes acaba provocando a necessidade de fazer mais força ao evacuar.

Posso perder meu bebê fazendo força para evacuar?

A prisão de ventre não faz mal ao bebê, portanto, fique tranquila! Fazer força para evacuar não estoura a bolsa e não aborta. Mas gera um desconforto considerável e o próprio ato de fazer força pode machucar e fazer mal. O esforço feito para expulsar as fezes endurecidas e ressecadas aumenta a pressão nas paredes do intestino, impedindo a circulação do sangue, o que pode acarretar a dilatação das veias e na formação de varizes ou problemas como hemorroidas, fissura anal, colite, dentre outros.

Fezes ressecadas na gravidez, o que fazer?

Para evitar que a situação se complique, é preciso tomar um cuidado extra com a alimentação! Muitos remédios são restritos à gestantes e lactantes, no entanto, existem algumas alternativas mais naturais, como o leite de magnésia e supositórios de glicerina. O ideal, na verdade, é sempre ministrar qualquer remédio ou substância com a indicação e orientação do seu obstetra. Prefira sempre tratar a prisão de ventre dando uma maior atenção ao que você está ingerindo.

Uma série de alimentos e hábitos alimentares ajudam a recuperar rapidamente o fluxo normal do intestino. Enriqueça suas refeições com fibra e aumente a quantidade de litros de água ingeridos por dia. Coma pequenas porções de três em três horas, e mastigue devagar para digerir bem a comida.

Para aumentar sua ingestão de fibra, dê preferência a alimentos como:

  • Pão e arroz integral;
  • Castanhas-do-Pará;
  • Batata doce;
  • Barrinhas de cereal;
  • Lentilha;
  • Quinoa;
  • Grão-de-bico;
  • Aveia;
  • Vegetais como couve-de-Bruxelas, alcachofras e brócolis;
  • Frutas como banana, framboesa, maçã, abacate, morango e pera.

Além de comê-las, você pode preparar sucos e vitaminas. Opte também por frutas com grande quantidade de água, como caju, melancia, melão, abacaxi e ameixa. Inclua também nas suas refeições linhaça, gergelim e água-de-coco.

Evite alimentos muito industrializados e condimentados, dando preferência sempre a alimentos frescos. Cuidado com pimenta, mostarda, doces, queijos, massas que não sejam integrais e diversos enlatados.

Outra alternativa para aliviar a prisão de ventre são exercícios físicos. Pode não parecer, mas eles podem ser grandes aliados no combate ao intestino preso - e não exige grandes esforços! Uma simples caminhada de trinta minutos já ajuda a fazer com que o intestino funcione melhor.

Para ver mais dicas de como tratar a prisão de ventre, acesse nossos outros artigos "Como aliviar a prisão de ventre na gravidez" e "Melhor laxante natural: opções saudáveis e seguras".

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Fazer força para evacuar na gravidez prejudica o bebê?, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Fazer força para evacuar na gravidez prejudica o bebê?

O que lhe pareceu o artigo?

Fazer força para evacuar na gravidez prejudica o bebê?
Fazer força para evacuar na gravidez prejudica o bebê?

Voltar ao topo da página