Partilhar

O que é o tecido epitelial

 
Por Lucas Baptista. 5 maio 2017
O que é o tecido epitelial

O corpo humano, como a gente já sabe, é bem complexo. E por ser complexo é cheio de pequenos detalhes. Detalhes os quais, os médicos estudam bem afundo. Um desses detalhes - que são complexos - é que nosso corpo é revestido por vários tipos de tecidos. Um deles: é o tecido epitelial ou epitélio, um tecido que reveste a superfície externa e as cavidades corporais internas da gente e dos animais. Ele tem como função no organismo, proteger a pele, absorver substâncias úteis e perceber sensações, também de pele, além de secreção e excreção. Esse tecido forma glândulas e é originado a partir das camadas de pele.

Mas não é só isso. Existem diversos tipos de tecidos epiteliais ou tipos de epitélio. Tem uns bem simples, que são formados por apenas uma camada, tem uns estratificados e tem até os cúbicos, que existem devido as células serem formadas em formas de cubo. É tão louco que tem que ser estudado a fundo, mas dá para entender bem se a gente explicar. Pensando nisso, o umCOMO preparou este artigo explicando o que é o tecido epitelial.

Também lhe pode interessar: O que é o DNA

Características do tecido epitelial

O tecido epitelial tem características bem fortes. É que, por suas células terem pouco material intracelular, elas são muito juntas, meio que inseparáveis. É por isso que os médicos e biólogos têm o costume de dizer que elas são justapostas, que é exatamente isso: união ao extremo. Além disso, outra característica importantíssima nesse tecido é que não existe nada de vaso sanguíneo nele. Então o que nutre a coisa toda vai ser o conjuntivo, um outro tecido (que é vascularizado) que é ligado ao epitélio (elas são grudadas por uma espécie de cola chamada região basal).

São diversas as responsabilidades desse tecido. É meio óbvio, não é mesmo, até porque, como dito, ele faz absorção e excreção, protege e reveste órgãos e é responsável por formar glândulas. Ele é originado do ectoderma, endoderma e mesoderma.

É importante ressaltar que o epitélio é relacionado com funções muito importantes do corpo, como a proteção contra organismos e microrganismos, produção de hormônios e falta de água.

Tipos de epitélio

O tecido epitelial pode ser classificado conforme o formato de suas células, do seus arranjos ou de sua função. Portanto teremos inúmeros tipos. Dentre eles existe o cúbito que, como dito, apresenta células em formato de cubo. Um dos principais lugares do organismo onde esse epitélio é encontrado, é no ovário. Nesse mesmo esquema, porém com células em forma de retângulo, encontramos, lá no estômago e em alguns outros lugares, o tipo prismático.

Há também, os tipos de epitélio que, diferentemente do tipo simples, que só tem uma camada, apresentam diversas camadas de célula. São eles o estratificado, o pseudoestratificado, que tem as células fincadas na membrana basal e transição que participa do sistema excretor e é o que mais tem capacidade de formar camadas celulares.

O que é o tecido epitelial - Tipos de epitélio

Tecido epitelial glandular

Como você já deve ter percebido, todos esses tipos de tecidos epiteliais apresentados têm alguma função importante no organismo humano. Acontece que existem alguns tipos que têm um trabalho um pouco mais importante (claro, sem tirar o mérito dos outros ali, né?). Um deles é o tecido glandular. Esse aí é o cara responsável pela síntese de substâncias. E tem várias classificações que podemos fazer. Por exemplo: tem as glândulas endócrinas, mistas e exócrinas.

As endócrinas jogam a secreção no sangue e não têm ductos excretores, ou seja, a função é deixar o negócio ficar por lá mesmo. Além disso é de responsabilidade das glândulas endócrinas produzir hormônios. Já as exócrinas, essas sim, apresentam lugar para excretar a secreção que produz para fora do corpo ou para dentro das cavidades dos órgãos. Em relação às mistas, como o nome já diz, é uma mistura dos dois tipos de glândula, portanto, tem características de ambas.

Tecido epitelial pavimentoso

Outro tipo de tecido epitelial mais “especial” é o pavimentoso, onde as células são achatadas para entrar em lugares mais estreitos do corpo e formar tecidos menores como a epiderme. Isso tudo é formado de forma irregular numa superfície contínua. Por fim, ele fica localizado em lugares envolvidos no transporte de gases e líquidos, como pulmão e peritônio.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a O que é o tecido epitelial, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre O que é o tecido epitelial

O que lhe pareceu o artigo?

O que é o tecido epitelial
1 de 2
O que é o tecido epitelial

Voltar ao topo da página