menu
Partilhar

Intersexualidade: o que é e tipos

 
Por Juliana Ribeiro. 23 setembro 2022
Intersexualidade: o que é e tipos

O medo do desconhecido e a ignorância fomentam uma intolerância ainda presente na sociedade atual em relação à liberdade de gênero e à sexualidade. A intersexualidade é um conceito pouco conhecido e, apesar de estar presente em um percentual muito baixo da população mundial (em torno de 0,05 e 1,7%), os avanços e progressos nos direitos humanos e ideológicos ensejam uma maior exposição social dessas pessoas.

Mas o que é intersexualidade? Você provavelmente já leu ou ouviu esse termo na mídia em alguma ocasião, mas se você não tem clareza sobre o significado desse termo, é importante se aprofundar nele antes de cair em preconceitos ou mal-entendidos. Para descobrir intersexualidade e seus tipos, no umCOMO recomendamos que você continue lendo este artigo.

Também lhe pode interessar: O que é o tecido epitelial

O que é intersexual

A intersexualidade é um conceito utilizado para designar a condição de pessoas nascidas com características sexuais que não correspondem às noções binárias hegemônicas e tradicionais sobre corpos masculino e feminino (padrões cromossômicos, genitais ou gônadas, ou seja, testículos e ovários).

Portanto, uma pessoa intersexual é aquela que possui características sexuais que não se enquadram em nível anatômico dentro dos parâmetros sexuais constituídos no modelo binário de homem-mulher. As características de um indivíduo intersexual são muito diversas: para você entendê-lo, é fundamental considerar o conceito de 'variação'.

É que a intersexualidade se refere a todas as situações em que um corpo varia em relação ao padrão culturalmente válido de corporalidade masculina ou feminina. Essas variações são diferentes, então as características do indivíduo que as possui também são diferentes.

Intersexo: o que é

Em suma, não há um corpo específico que possa ser categorizado como intersexual, mas sim um amplo conjunto de corporalidades possíveis. Essas variações se devem a uma forma de olhar e mensurar os corpos a partir de uma perspectiva cultural e biomédica.

Assim, os corpos intersexuais podem ser classificados em 4 tipos diferentes: interssexualidade 46 XX, interssexualidade 46 XY, interssexualidade gonadal verdadeira e interssexualidade complexa ou indeterminada.

Intersexualidade: o que é e tipos - O que é intersexual

Intersexualidade 46 XX

A pessoa intersexual com esse tipo de interssexualidade tem cromossomos e ovários de uma mulher, mas genitália externa de aparência masculina. Muitas vezes ocorre como resultado de um feto feminino sendo superexposto aos hormônios masculinos antes do nascimento. Os grandes lábios da genitália externa feminina são fundidos, o clitóris é aumentado e se assemelha a um pênis.

Na maioria dos casos, a pessoa tem um útero comum e trompas de falópio. É uma condição também conhecida como 46 XX com virilização. Costumava ser chamado de pseudo-hermafroditismo feminino. Estas são algumas de suas possíveis causas:

  • Hormônios masculinos consumidos pela mãe durante a gravidez, como a testosterona.
  • Hiperplasia suprarrenal congênita, ou seja, a causa mais comum.
  • Deficiências de aromatase, uma enzima que normalmente converte hormônios masculinos em femininos.
  • Tumores que produzem hormônios masculinos na mãe, sendo os tumores ovarianos os mais comuns.

Recomendamos este outro artigo do umCOMO sobre os alimentos que aumentam a testosterona.

Intersexualidade: o que é e tipos - Intersexualidade 46 XX

Intersexualidade 46XY

Nesse caso, a pessoa possui os cromossomos de um homem, mas a genitália externa definida como feminina, pois não foram totalmente formadas e são ambíguas. Internamente, o estado dos testículos pode ser normal, ausente ou malformado.

Essa condição também é conhecida como 46 XY com subvirilização e costumava ser chamada de pseudo-hermafroditismo masculino. A formação da genitália masculina normal, externa, depende de um equilíbrio adequado entre os hormônios masculinos e femininos. Por isso, necessita de uma correta produção e funcionamento dos hormônios masculinos. As possíveis causas da interssexualidade 46 XY são as seguintes:

  • Problemas com a geração de testosterona.
  • Problemas com os testículos.
  • SIA, sua causa mais comum e também chamada de feminização testicular.
  • Problemas relacionados ao uso de testosterona.
  • Falta a enzima necessária para transformar a testosterona em desidrotestosterona (DHT).

Intersexualidade gonadal verdadeira

A pessoa intersexual neste caso tem tecido ovariano e testicular. Isso pode acontecer na mesma gônada (ovotestículo) ou o indivíduo pode ter um ovário e um testículo. Pode ter XY, XX ou ambos os cromossomos. A genitália externa pode ser feminina, masculina ou ambígua na aparência.

Esta é uma condição também conhecida como hermafroditismo verdadeiro. Na maioria dos casos, a causa subjacente de pessoas com interssexualidade gonadal verdadeira é desconhecida, embora se acredite que possa estar ligada à exposição a pesticidas agrícolas comuns.

Intersexualidade complexa ou indeterminada

Nesta categoria, também conhecida como intersexualidade indeterminada do desenvolvimento sexual, estão todos os casos de intersexualidade que não se enquadram nos tipos anteriores.

Nesse tipo de condição não há inconsistências entre as características sexuais externas e internas, mas o número de cromossomos (XO, XXY ou XXX, por exemplo), os hormônios sexuais ou o desenvolvimento sexual em geral podem ser afetados.

Se você quiser saber mais sobre como os hormônios funcionam, você pode consultar este artigo do umCOMO sobre Qual é a função dos hormônios.

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Intersexualidade: o que é e tipos, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
Intersexualidade: o que é e tipos
1 de 3
Intersexualidade: o que é e tipos

Voltar ao topo da página