Partilhar

Por que tenho corrimento amarelo

Por Sara Viega. Atualizado: 18 abril 2018
Por que tenho corrimento amarelo

O fluxo vaginal é um líquido transparente ou branco sem cheiro segregado pelas glândulas do colo do útero e da vagina, necessário para eliminar impurezas e células mortas do nosso organismo. Além de prevenir a zona de infecções, o fluxo também atua como lubrificante, mas a sua presença é muito importante na vagina da mulher.

Algumas vezes, ele não é suficiente e podemos apresentar infecções que identificaremos graças à mudança na cor e no cheiro do fluxo, tornando-se amarelado e soltando um cheiro forte e ruim. É aí que temos de estar alerta para ir a um médico especialista que diagnostique o nosso possível problema. De seguida, em umComo vamos mostrar para você as causas do corrimento amarelo.

Passos a seguir:
1

A quantidade de fluxo vaginal que nós, mulheres, expulsamos varia de uma para a outra, principalmente dependendo de fatores como a ovulação, a amamentação, a gravidez ou a própria excitação de cada uma. Por isso, dependendo do momento do ciclo em que se encontre, a quantidade será maior ou menor.

Quando falamos de um fluxo vaginal normal, estamos falando de um fluxo de cor transparente ou branco e sem nenhum tipo de cheiro. Neste caso não temos que nos preocupar.

2

Agora, se o fluxo for amarelo podemos estar perante uma inflamação ou uma infecção, normalmente de caráter sexual, que teríamos que resolver o quanto antes para evitar doenças crônicas que levem à infertilidade, como contrair a DIP (Doença Inflamatória Pélvica).

3

Diante um fluxo amarelo podemos estar falando de gonorreia. Trata-se de uma doença de transmissão sexual causada pela bactéria Neisseria gonorrhoeae cujos sintomas são corrimento amarelado e, às vezes, ardor ao urinar ou sangramentos entre as menstruações.

A gonorreia deve ser tratada à base de uma combinação de antibióticos receitados por um ginecologista, pois esta doença poderia levar a algo mais grave e irremediável como a DIP.

Por que tenho corrimento amarelo - Passo 3
4

A clamídia é outra infecção que o corrimento amarelo pode estar anunciando e a bactéria chamada Chlamydia Trachomatis também é transmitida sexualmente, apesar dos seus sintomas aparecerem 2 ou 3 semanas após o contágio. Neste caso, o corrimento amarelo é acompanhado de um cheiro ruim e coceira na vagina, sendo a febre e as náuseas os sintomas nos casos mais graves.

Também deve se tratar com antibióticos se não quiser desenvolver um problema de infertilidade a longo prazo. Em umComo contamos a você de forma específica como tratar a clamídia para que saiba a melhor forma de combater esta infecção.

5

Podemos ter um corrimento amarelo por causa de outra infecção sexual entre as mais comuns, como a chamada tricomoníase, onde a cor do fluxo também pode chegar a adquirir um tom esverdeado e nossos genitais podem sofrer irritação, por isso o fato de urinar ou de ter relações sexuais pode chegar a ser muito doloroso.

A administração de antibióticos será essencial para acabar com esta doença de caráter sexual, onde o homem também terá que fazer um tratamento para evitar um novo contágio.

6

Além das infecções, também podemos estar perante um problema de inflamação do colo do útero e que nosso fluxo adquira um tom amarelado, junto com dor e sangramentos nas relações sexuais ou durante os ciclos.

Trata-se da cervicite e pode ser contraída não só ao ter tido uma doença de transmissão sexual, mas também por causa de um uso incorreto do diafragma ou alergia aos preservativos e aos espermicidas. Essa inflamação pode se prolongar no tempo, por isso tem de encontrar a sua causa para tratá-la e só um médico poderá nos diagnosticar com segurança.

Por que tenho corrimento amarelo - Passo 6
7

Além destes problemas, uma das infecções mais comuns que as mulheres podem ter na vagina é a vaginose, que se trata de um desequilíbrio entre uma bactéria anaeróbica que temos em pequenas quantidades com a bactéria lactobacillus que se encarrega de desinfetar de forma natural e manter os organismos da vagina em níveis normais. Este desequilíbrio conduz a esta infecção que muitas vezes ocorre ao realizar duchas vaginais ou ao trocar muitas vezes de parceiro sexual. Em umComo damos algumas dicas para que saiba como curar a vaginose bacteriana.

8

Não devemos confundir a cor do corrimento quando ele é branco e tem textura de requeijão junto aos sintomas de coceira, porque aqui estamos diante de uma infecção por fungos, conhecido normalmente como Candida albicans, e neste caso existe outro tipo de tratamento.

Lembre-se que perante uma mudança na cor do seu fluxo, acompanhado de outros sintomas que desconhece em seu corpo, deve sempre consultar um profissional, pois como muitos sintomas são parecidos, não podemos saber exatamente o que enfrentamos até fazermos os exames específicos. A automedicação não é a solução em nenhum dos casos.

Veja também: Corrimento amarelado e coceira, o que pode ser? - 9 causas comuns

Este artigo é meramente informativo, no umCOMO não temos capacidade de receitar nenhum tratamento médico nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamos você a recorrer a um médico no caso de apresentar qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Por que tenho corrimento amarelo, recomendamos que entre na nossa categoria de Saúde Familiar.

Escrever comentário sobre Por que tenho corrimento amarelo

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
faustino
E bom que conhecamos o nosso corpo para conserva-lo saudavel.

Por que tenho corrimento amarelo
1 de 3
Por que tenho corrimento amarelo

Voltar ao topo da página